História Smallville-As novas aventuras da filha do Super-Homem - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony, Smallville
Tags Camila Cabello, Camren, Drama, Lauren Jauregui, Romance
Visualizações 114
Palavras 868
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem e uma boa leitura pra todos.

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Smallville-As novas aventuras da filha do Super-Homem - Capítulo 3 - Capítulo 3


POV Lauren




Voltamos para casa e Chris estranha o fato dos meus óculos estarem quebrados então ele resolve perguntar o que aconteceu para eles terem quebrados.





-Lauren o que aconteceu com os seus óculos? —Ele pergunta curioso.




-Eu salvei uma garotinha de ser atropelada de um carro em alta velocidade! 





Falo de uma vez fazendo Chris se assustar e frear o carro bruscamente ainda bem que estou usando cinto o de segurança se não teria batido a minha cabeça.





-Você fez o que? 




Ele pergunta espantado olhando pra mim esperando uma resposta, após passar 15 minutos explicando o ocorrido para  meu irmão, tudo que ele me pergunta era se a irmã da garotinha é gostosa.




-Chris fala sério. —Falo dando um tapa no seu braço.



-Qual é Lauren eu só quero saber disso pra ver se as garotas daqui pelo menos são bonitas comparadas as da cidades.




-Quanta sensibilidade acabei de te contar que uma garotinha foi quase atropelada e a única coisa que você quer saber se a irmã dela é gostosa. —Falo incrédula.



-Bom você disse que a garotinha não sofreu nenhum arranhão, então não vi mal nenhum pergunta sobre a irmã dela. —Ele fala como se fosse a coisa mais logica do mundo.



-É faz sentindo.



-Viu que eu tenho razão então.




-Então o que? —Pergunto confusa.




-A irmã da garotinha é gostosa?




-Não sei Chris não reparei.



-Você nunca repara em nada. —Ele fala ligando o carro seguindo o caminho até a nossa nova casa.



-Mas mudando de assunto to você conseguiu comprar as suas chuteiras?



-Sim, achei as chuteiras perfeitas.



-Que bom fico feliz por você.



-E você?


-Eu o que? —Pergunto confusa.




-Pensou sobre entrar na equipe de líder de torcida?




-Pensei e a minha resposta é não.




-Mas por que Lauren pensei que nos mudando para cá você fosse querer mudar um pouco e deixar de ser a nerd da escola.




-Eu sei Chris, mas não vou mudar fingido ser quem eu não sou.




-Entendo irmãzinha. —Ele fala com um pesar.



-Então por que você ficou assim desanimado? —Pergunto curiosa.




-Ah porque você sendo da equipe de líder de torcidas você iria me apresentar algumas de suas colegas. —Ele fala malicioso.




-Fala sério Chris você só pensa nisso é? —Pergunto já sabendo a sua resposta.




-E tem coisa melhor nessa vida?




-Não sei, mas imagino que sim.



-Sabe você já esta na idade de arranjar alguém sabe disso né.




-Lá vem você de novo com essa história.



-OK irmãzinha eu vou parar.




-Mas falando sério eu só quero que você tenha um bom ano sabe, sem que você tenha que passar tudo que passou como nossa última escola só porque você é uma nerd de carteirinha.




-Eu sei Chris.




-Não que isso seja uma coisa ruim, é que este ano é o meu último na escola e nem vou esta lá para te proteger.




-Eu sei Chris, mas não precisa se preocupar tenho certeza que este ano as coisas serão diferente.




-Espero que sim Lauren.




Conversamos tanto que quando percebi já estávamos na fazenda rapidamente desci da picape e fui direto para o celeiro que o meu avô biológico construiu para o meu pai Clark, apesar de não lembrar muito dele lembro que ele contava que esse lugar era um de seus preferidos ele dizia que aqui era a sua fortaleza da solidão, na época eu não sabia o que significava agora sei.




Estava distraída com os meus pensamentos quando ouço a voz do meu pai Michael atrás de mim dizer.



-Esse lugar é a sua cara sabia disso?



-Sim pai, ele é igualzinho como eu imaginava.




-Fico feliz em saber disso.




-Mas quero conversar com você sobre o que Chris me contou o que aconteceu.




-Ele já contou pra a senhor? —Pergunto co certo receio.




-Sim, mas não se preocupe ele só contou pra mim.




-E você sabe que tem que tomar cuidado as pessoas não sabe lidar muito bem com pessoas diferentes ha elas.





-Eu sei pai. —Falo indo até o telescópio que era do meu pai Clark.




-Não estou falando isso de modo negativo, na verdade estou muito orgulhoso de você pelo o que fez.



-Sério pai?




-Sim minha filha.




-Só peço que você tenha cuidado o que?




-Sim senhor eu terei.




-Tudo bem, eu já vou indo ajudar a sua mãe com algumas coisas.



-Tudo bem pai.




-Vai ficar bem aqui sozinha?




-Vou sim, não se preocupe.





-OK.



Ele sai me deixando com os meus pensamentos, eu sei que ele só quer o meu bem devido alguns incidentes que cansei quando era mais jovem chamei atenção de algumas pessoas más que queriam se aproveitar dos meus poderes, além de super força, posso correr rápido como o flash, e não me Machuco de jeito nenhum.




Eu sei que deveria contar para Chris, mas eu tenho medo que ele me ache uma aberração por ser diferente, além de mim só o meu pai sabe que eu sou assim, é melhor assim quanto menos pessoas souber eu poderei ter uma vida normal.



E pensando nisso fico imaginando se irei encontrar com aquela linda garota de olhos castanhos expressivos de novo e se seremos amigas ou quem sabe algo a mais.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...