História Smile - Imagine V - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Kim Taehyung (V), Personagens Originais
Tags Imagine Kim Taehyung, Imagine Taehyung, Imagine V
Visualizações 538
Palavras 867
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura 💙

Capítulo 4 - Fechado


Fanfic / Fanfiction Smile - Imagine V - Capítulo 4 - Fechado

Era quase sexta-feira e não havia outro assunto na escola que não fosse a festa de Baek.


Baekhyun era um dos garotos mais “famosos” na escola. Todas as garotas o almejavam, se duvidar, haviam até fã clubes para ele. Você não entendia o porquê de tudo aquilo, afinal, Baek, assim como todos os outros, era apenas mais um adolescente em meio a tantos.


— Oi S/N— Era ele. Baekhyun. Ele não costumava falar com você, mas de vez em quando, o garoto sempre trocava algumas palavras com você por educação.


— Ah, oi — Continuou ouvindo música, apenas abaixou um pouco o volume e o olhou.


— Então… Eu queria saber porque você é tão teimosa e não quer ir à minha festa — ele riu


— Apenas não quero Baek. — Disse batucando os dedos na tela do celular — Vai ter muita gente… muitas bebidas… som alto, isso não é pra mim — inventou uma desculpa que fez o maior levantar uma sobrancelha.


— Vamos… por favor… Taehyung não para de falar que está indignado por você não ir. Quero que o bobalhão cale a boca — Ele riu e apontou para Tae que tentava disfarçar enquanto olhava os dois.


Você acabou soltando um sorriso quando viu ele levantar as sobrancelhas por cima do livro de história aberto em sua frente.


— Me fale que vá, por favor — Baek pede e você apenas sorri balançando a cabeça


— Tudo bem… agora vá lá com o bobalhão — empurrou o garoto de leve e ele riu


— Te vejo lá hein. — ele vai andando — COMEÇA ÀS DEZ — ele grita já longe


•∆•


— Por que quando eu pedi você recusou? — Tae apareceu do seu lado


— Não sei — olhou para ele


— Você não gosta do Baek não, né? — disse meio tristonho com um bico triste nos lábios


— Não, por que pensa isso? — Riu e lhe deu um soquinho no braço


— Ah sei lá — ele sorriu — Posso acompanhar você? Eu e Jung vamos acabar aquele trabalho — ele olha para os pés e coloca as mãos nos bolsos


— Tudo bem… — Abaixou a cabeça e chutou uma pedrinha do asfalto


— Você achou o bilhete? — perguntou sorrindo e você concordou


— Por que raios o deixou lá? — disse se lembrando do envelope em sua escrivaninha


— Ah… você parece ser tão solitária por aquela escola… não te vejo sorrir muito — ele suspira em meio às frases


— Por acaso você fica me observando Sr. Kim Taehyung? — Pergunta divertida e ele cora de forma leve


— Isso não vem ao caso… mas então… — você o corta


— me observa ou não Tae? — Olhou para o fim da rua na qual tinham entrado e viu sua casa


— É… as vezes eu faço isso… Por quê? Algum problema? — ele ri envergonhado


— Não Tae… não vejo nenhum problema — Bateu as mãos nas coxas ouvindo o silêncio instalado entre os dois.


Andaram o resto da rua sem dizer nada.


— que dia é hoje? — Perguntou ao garoto enquanto abria a porta


— Quarta… por quê? — ele entrou logo atrás de você


— Jung tem aula de dança hoje… ela vai chegar tarde… mas se quiser esperar — Foi até a cozinha depois de ter deixado a bolsa na sala


— Mas ela falou que estaria livre hoje — ele te seguiu


— Ela mentiu — Você disse como se fosse óbvio, e na verdade era.


— Ou talvez eu tenha mentido, nunca saberemos — ele sorri e você virá vendo um sorriso sarcástico nos lábios do rapaz


— Por que queria tanto vir aqui, se sabia que Jung não estaria? — se apoiou no balcão


— Queria conversar com você… e a Jung é muito barulhenta — ele fez cara de nojo


— Desembucha — Olhou para ele e ele se sentou na mesa


— Quero que me ajude com um trabalho… eu preciso compor uma música e apresentá-la na aula de música daqui a um mês… e como já vi você tocando violão, achei que poderia me ajudar com os arranjos — ele diz como se fosse a coisa mais normal a se pedir


— Por que ajuda minha? Podia pedir ao Jin, o Chanyeol… eles tocam violão muito bem — Colocou a mão na cintura


— se eles lerem minhas letras vão começar a rir — ele sorriu envergonhado


— O que eu ganho se te ajudar? — Andou até ele


— Ganhar? Por que tem que ganhar algo em troca? — Ele cruzou os braços


— Por que eu quero — disse simples e ele bufou — Quero ajuda em cálculo — Ele te olhou meio encabulado — O que? Eu não entendi quase nada do conteúdo deste bimestre… preciso de ajuda, e você é um dos melhores da classe — Cruzou os braços e ele abaixou a cabeça pensativo


— Tudo bem… fechado — lhe estendeu a mão


Fechado — apertou a mão do maior rindo — Agora vai embora antes que alguém chegue — O puxou na mesa e ele riu


Notas Finais


Tá saindo atrasado? Está saindo atrasado

Mas a culpa não é minha que eu sou preguiçosa e voltei a assistir dorama


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...