História Smoke Cigarettes - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara
Tags Black Veil Brides, Bring Me The Horizon, Naruto, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Sasusaku
Visualizações 52
Palavras 1.456
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Temos muitas referências neste capítulo e tudo mais! Então fiquem ligadinhos nas notas finais!

(Rimado não propositalmente)

Capítulo 1 - 1 - Eu vou finalmente vê-los!


Finalmente havia chegado o grande dia. Haruno Sakura, a menina mais doce de sua turma de medicina estava pulando de alegria em todas as aulas naquela sexta-feira. Nem mesmo parava quando precisava fazer algum experimento. Foi chamada a atenção várias e várias vezes, mas na realidade ela nem ligava de fato para aquilo.

Por debaixo do jaleco bem branco, sua camiseta preta de sua banda favorita estava a agasalhando. Era um dia muito importante para uma fã. Afinal TrashMetal estaria em sua cidade para um evento beneficente.

TrashMetal se formou a três anos atrás do acontecido atual, com cinco integrantes dos quais a rosada gostavam muito, mais em especial o vocalista. Quase que imediatamente eles tomaram proporções gigantescas com sua música heavy metal e atingiram pessoas ao redor do mundo. O fandom era bem tranquilo, e geralmente não rolavam brigas bobas. Chegavam até a ser maduros, desde os mais novos até os mais velhos.

A menina era totalmente louca pela música e pelas letras, pois estas falavam, ou pelo menos ela dizia falar muito sobre sua vida e que a motivava a continuar todos os dias seguindo seu rumo, para não despencar no meio do caminho.

Naquele sábado aconteceria um evento beneficente para arrecadação de fundos para um colégio que portava crianças com certas doenças, deficiências e carentes. Então era importante que pelo menos o ingresso do show fosse comprado. Ela não pensou duas vezes, quando viu a notícia, já havia comprado o ticket pela internet, sendo a primeira a adquirir. Ela estaria bem lá na frente. Nem que precisasse acampar na frente do palco. Não fazia isso só pela banda e diversão própria, afinal, ela seria médica também. 

Só de imaginar que TrashMetal estaria na cidade seu coração tremia em ansiedade, o que fazia seu corpo remexer e suar frio. No ônibus, em seus fones tocavam suas músicas, em especial uma chamada "Fallen Angels". Algumas delas eram mais tranquilas, e Sakura gostava de como eles misturavam seus estilos para ficarem cada vez melhores e crescerem cada vez mais para atingir ainda mais o público. Eles eram incríveis! Os olhos verdes de Haruno chegavam a brilhar e quase lacrimejar só de imaginar estar bem coladinha com eles. Só ela, suor, e eles.

Se imaginou pegando na mão do vocalista enquanto ela fazia aquela famosa onda de tocar nos fãs. Oh Deus! Ela desmaiaria e ficaria rouca de tanto, mas tanto gritar de felicidade.

Quando acabou a aula rapidamente foi para casa. Naquela noite ela faria uma revisão das letras que tocariam no show, assim ela poderia lembrar a música de ponta a ponta sem errar nada. Além de rever os shows que ela mais gostava, incluindo o do Canadá que foi seu preferido de todos. Neles as pessoas vibravam e pulavam fazendo o símbolo do rock com as mãos. Quem a via assim, com cabelo rosado e olhos verde claro nem imaginava que nos fones tocava heavymetal pesado e triste. Dá de imaginar? 

Sentou-se em sua cama e colocou os fones. Deitou e aproveitou a batida. "Knives and Pens" a fazia arrepiar, em seguida na playlist já havia decorado que seria "In the end". Ela havia decorado tudo sobre eles afinal. Sua música favorita era "Heart on Fire", na qual ela havia feito uma tatuagem do refrão em seu pulso esquerdo, bem perto da palma da mão, virada para ela. Assim, ela nunca esqueceria dela e nunca esqueceria deles, os meninos, a banda, da qual a salvou de muito sofrimento no passado, pois sempre que estava triste ou querendo morrer ela os ouvia

Sem perceber que havia parado de cantar, dormiu sem mais nem menos. Quando abriu os olhos novamente já era o outro dia. Sábado, o dia tão esperado para o show e para finalmente ver sua banda favorita de perto. Afinal, não tinha dinheiro para ir em outros lugares apenas para ver a banda

Com toda sua ansiedade correu para o banheiro ao som de "Wake up". Tomou um banho quente deixando que o vapor embasasse o vidro do box, onde ela escreveu várias vezes TrashMetal com os dedos, vendo a água escorrer.

Ao se secar buscou a sua camiseta favorita, óbvio, do grupo tão adorado. Calças jeans rasgadas nos joelhos, blusa comprida xadrez vermelha, que amarrou na cintura. Brincos de argola largos e seus coturnos pretos. Adornou um óculos Rayban de lentes vermelhas e armação dourada bem fina. Por debaixo da calça meia arrastão para combinar. Uma verdadeira rockeira que nunca se vestia daquela forma, mas não fazia mal escapar de seus padrões se fosse pela banda, pois seu show era naquele dia e não perderia a chance de se destacar.

Pegou o ingresso e correndo foi até o lugar. Não estava muito cheio, pois ainda era cedo. Procurou uma barraquinha e comeu algo simples e salgado, para que pelo menos não desmaiasse perto dos meninos. Viu algumas crianças da instituição dando palestras em um dos palcos e observou-as de longe. Elas mereciam o mundo e assim que se formasse em medicina poderia cuidar delas bem de perto, afinal, adorava crianças. Caminhou até o palco principal onde ficaria o grupo na devida hora. Existiam alguns fãs alocados perto do palco, mas não que fosse encher. Uma barreira de ferro, como uma grade apenas impedia o público de chegar mais perto, pois não queriam se incomodar com fãs loucos os agarrando a ponto de se machucarem, até mesmo por segurança dos que estavam na platéia. Ficou em um ponto no centro, onde poderia ter melhor visão do show, seu objetivo mesmo era ficar perto do vocalista e tocar sua mão, na melhor das hipóteses.

As horas foram se passando durante o dia e não desanimou a ficar de pé, Sakura era persistente e os amava muito para simplesmente desistir por conta do conforto. Mais gente ainda foi chegando e logo ficou tudo muito cheio. Quase não dava de se mexer e sinceramente Haruno imaginou que aquilo no mínimo não chamaria tanta atenção por ser uma cidade pequena. Porém, o local ficou imensamente turbulento e intenso. Com toda certeza o show arrecadou muito dinheiro para a instituição. TrashMetal sem pensar estava ajudando milhares de pessoas mesmo em uma cidade quase deserta.

A rosada estava ficando eufórica e faltavam apenas cinco minutos para os meninos subirem ao palco. A bateria já estava montada assim como todos os outros equipamentos, incluindo o famoso microfone do vocalista que era vermelho e tinha vários detalhes que combinavam muito com ele. Com toda certeza era dele. Oh Deus!

Os cinco minutos passaram e com eles mais meia hora e nada deles, nem sinal, nem um aviso. Ficou preocupada ao ponto de roer as unhas. Em nenhum momento considerou a hipótese deles não chegarem. Isso não poderia acontecer, né? Não, TrashMetal nunca faria isso, eles amam os fãs e fariam de tudo por eles.

Um homem meio gordo e de cabelos grisalhos subiu e pegou outro microfone. Viu uma equipe de seguranças retirando os equipamentos e levando para detrás das grandes cortinas. Que merda estava acontecendo. O homem arranhou a garganta e puxou um papel dos bolsos.

— Boa tarde a todos! Sou empresário do TrashMetal. — Apresentou-se formalmente e todos ouviam com atenção. — A banda teve muitos problemas técnicos em sua viagem de ônibus e somente eu que vim de carro pude comparecer nesta tarde. — "Oh's" foram proferidos e xingamentos vieram junto. Obviamente aquilo era um anúncio que o show da banda não poderia ser efetuado. Sakura se desapontou na hora e seus olhos já ficavam marejados. Não era possível, a sua única chance foi destruída! — TrashMetal oficialmente não poderá comparecer hoje neste recinto. — E então gritos e vaiadas foram ouvidas, assim como todo tipo de coisa voando em um formato de reclamações. O público estava muito chateado e muito bravo com a situação. Já a Haruno não conseguia se quer proferir uma palavra contra aquilo. Paralisada ela só conseguiu chorar.

A banda que tanto amava não havia aparecido e agora ela estava de coração partido. Toda a sua felicidade foi coberta por uma neblina de tristeza e seus olhos suavam. Chorou silenciosamente enquanto se fundo o resto do povo parecia ouvir seus prantos e uivava por ela.

— Meus sentimentos por isto. Porém, por favor não desanimem, para validar o show e não deixá-los na mão resolvemos este problema. — De repente tudo ficou quieto. — Smoke Cigarettes é uma banda que nasceu atualmente e decidimos fazer um contrato com a mesma para que viesse cobrir o Trash, e fazer esta caridade para o evento e para o bem das crianças. Pedimos por favor que continuem aqui para este bem maior e curtam o show destes meninos muito talentosos.

Smoke Cigarettes? Mas quem diabos eram esses cuzões?!


Notas Finais


Vamos as referências, que só quem gosta pegou:

Todas as músicas citadas do TrashMetal foram pegas da banda Black Veil Brides, uma das qual gosto bastante e foi a primeira que me trouxe para o mundo do heavy metal.

TrashMetal metal foi escolhido por conta de uma banda brasileira com o nome de DeadFish, por conta do nome bem idiota, afinal se chama peixe morto em Português. Pensei em um nome bem idiota para a banda também.

Apesar do nome, Smoke Cigarettes não tem nada a ver com Arctic Monkeys.

A tatuagem no pulso veio de referência a mim que também tem uma tatuagem de letra em meu pulso, porém é da música We Are do One Ok Rock.

Acho que é isto.

Aproveitem e dêem ideias de que músicas a banda Smoke Cigarettes irá tocar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...