História SMS (Min Yoongi -BTS) - Capítulo 44


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Hoseok, Jimin, Jin, Jungkook, Namjoon, Taehyung, Yoongi
Visualizações 62
Palavras 828
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa Leitura. 💜

Capítulo 44 - 44 Vitória


Fanfic / Fanfiction SMS (Min Yoongi -BTS) - Capítulo 44 - 44 Vitória

Aí meu Deus é hoje. Júlia chega hoje no Brasil, estou tão feliz, faz bastante tempo que não a vejo

- Bom a casa está arrumada, e o quarto de hóspedes também - digo revisando a casa pela terceira e última vez no dia - Então está tudo certo, agora é só aguardar - Me sento no sofá e começo a pensar

Tenho a sensação de estar me esquecendo de alguma coisa, ou talvez só esteja animada e sem nada para fazer mesmo. Ah!

Esqueci de preparar o almoço. Que droga!

Levanto rápida do sofá e vou direto para a cozinha. Estou sem ideia do que cozinhar. Depois de dois minutos pensando sobre uma receita, decido cozinhar Espaguete, era simples e rápido

Preparei tudo certo, e para não ficar sem sobremesa fiz um bolo de chocolate que ainda estava no forno, era só esperar por Júlia agora. Fui para a sala e fiquei assistindo um filme qualquer que estava passando. Sete minutos se passaram e Júlia ainda não havia chegado. Talvez seja por causa do tempo lá fora, está chovendo muito hoje. Ouço a campainha tocar

- JESUS! - grito levantando do sofá e correndo para a porta - Ah Oi, tem carta para mim?

Se o carteiro para e toca a minha campainha, é por que tem carta para mim. Burra!

- Tenho! - Me entrega duas cartas e se retira. Ouço a campainha tocar novamente, e abro a porta

- OI MANA! - grita Júlia soltando suas duas malas no chão junto com o guarda-chuva, em seguida pulando em cima de mim

- Quanto tempo, parece já ter feito um ano que não nos vemos-

Na verdade faz três anos que não nos vemos Vitória - ri

- Nossa, tudo isso? - ri também

- Espero que tenha sentido a minha falta

- Eu senti muita - digo a abraçando - Venha o almoço está pronto, e eu fiz um bolo para comermos, vejo seus olhos brilharem. Júlia ama comer, igual a irmã

Fomos para cozinha e eu preparo a mesa, ponho os pratos. Pego a panela que está com o Espaguete e ponho em cima da mesa também

- Nossa está com uma aparência tão boa, estou com muita fome - diz babando com a comida na sua frente

- Pode se servir, fique à vontade - digo sorrindo para a mesma

[...]

Já estava de noite e Júlia estava terminando seu banho para depois ir dormir. Eu já tomei o meu, então vou espera-la na sala

Meu celular que estava em cima da escrivaninha vibra. Pego o mesmo e o desbloqueio, vejo que era uma mensagem de Wesley.

*Mensagem on*

Wesley: Vitória?

Wesley : Onde você está?

Vitória : Em casa com a minha irmã que acabou de chegar

Wesley : Ela vai ficar na minha casa?

Vitória: Vai '-'

Wesley : E você não me perguntou se ela pode ficar aí com a gente?

Vitória: Achei que não precisaria, e além do mas a casa é minha!

Wesley : Mas eu pago as contas, por tanto ela é minha também

Vitória : O que há de errado com você hoje?

Vitória: Você está bem? Andou bebendo de novo?

Wesley : Se eu andei bebendo ou não o problema é meu, vagabunda!

Vitória: Tem alguém aí com você para lhe ajudar a voltar pra casa?

Wesley: Eu não vou voltar hoje, não me espere por que irei demorar mas um tempinho aqui

Vitória: Wesley onde você está?

Wesley: Não interessa a você!

Vitória: E como está sua mãe?

Wesley: Meu Deus Vitória, quantas perguntas você faz

Wesley: Eu estou bem tá. voltarei para casa quando eu acabar aqui, Tchau

*Mensagem Of*

- Já acabei Vitória, vamos dormir? - pergunta do meu lado

- Vamos sim - a levo para o quarto de hóspedes. Vou para o meu e fecho a porta, começou a chover mas forte e estava trovejando bastante, eu estava sozinha naquele quarto escuro, parecia uma cena de terror, e do nada a porta vai se abrindo lentamente. Me cubro com o edredom e fecho os olhos com força

Deus me ajuda, eu não quero morrer agora, eu quero ter filhos e me casar um dia, quero poder beijar mais na boca e comer mais Nutella..

- Vitória? - Ouço uma voz me chamar, olho para a porta e vejo Júlia parada me encarando

- Será que eu posso dormir aqui com você hoje, não quero dormir sozinha!

Júlia já é uma pessoa adulta, mas as vezes age igual uma criança, amo esse jeitinho dela!

- Claro, venha deite aqui - digo dando tapinhas do meu lado na cama - Não precisa ficar com medo, faça igual a mim, só pense em coisas boas

- Parecia que você estava com medo - diz deitando do meu lado e se cobrindo

- Eu não estava com medo coisa nenhuma, agora vai dormir! - Virei para o outro lado da cama e logo adormecida 


Notas Finais


Espero que tenham gostado <3

Fic com o Jungkook >
https://www.spiritfanfiction.com/historia/nothing-like-us-jungkook--bts-13933766

Até logo. 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...