1. Spirit Fanfics >
  2. SN: BTS no Brasil >
  3. Amor de Quenga?

História SN: BTS no Brasil - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Eiiiita que eu fiquei sem postar outro dia
Faz mal não.
Eu posto dois hoje
Não tenho o que fazer mesmo
;-;
Sou solitária
Sem amigos
Familia
Ou alguém que me diga um Eu Te Amo
Sou pescopata
Muito pescopata
;-;

Kkkkk

Capítulo 3 - Amor de Quenga?


Fanfic / Fanfiction SN: BTS no Brasil - Capítulo 3 - Amor de Quenga?

NJ: Não acredito nisso... - dizia subindo as escadas que levavam até o Cristo.

JM: Me leva mas costas Nam...

NJ: Eu não! Não sou seu pai nem sua mãe. Você que devia me carregar, pra agradecer tudo o que eu faço pra esse grupo ficar unido.

V: E olha que Belo trabalho, estamos separados.... uhuuu! - comemorou sem ânimo nenhum.

SG: Funcionário do mês. 

NJ: Pode sair algo pior que veneno da boca de duas jararacas. - suspirou.

JM: Ainda não entendi porque vamos subir... o que tem lá em cima que pode ajudar a gente...? 

SG: Você só não é mais burro por que é so um... veja bem. Quando nos perdemos decidimos que viriamos até aqui em busca de alguma autoridade que possa nos ajudar a achar os meninos. - explicava subindo os degraus sem ânimo algum.

V: A Justiça de Deus nunca falha, mas ir pedir ajuda ao filho dEle já é demais não acham?

Depois do comentário idiota de Kim Taehyung eles se jogaram no chão, sentados, sem mais forças para seguir.

V: .... Eu disse alguma coisa gente?

JM: Você sempre diz alguma coisa Taehyung...

V: É mania de perguntar mesmo.

Eles estavam sentados, o sol queimando. E estavam com sede. As pessoas passavam por eles, Suga estava com um boné, o tirou de sua cabeça e colocou no chão ao lado dele para coçar a cabeça.

SG: Tem muita areia ainda.

XX: Coitadinhos, devem estar sem dinheiro algum... tomem aqui umas moedinhas. - uma senhora colocou uma nota de 2 reais no boné de Suga. - Gertrudes, vem cá. Ajuda esses garotos também.

GT: Coitadinhos, não devem ter mãe. - a outra senhora colocou umas moedinhas no boné. - Tão triste Donizete, tão novos, tão vagabundos... Deus os Abençoe, tomara que saiam desse sufoco.

DT: O lá de casa se não se ligar vai pro mesmo caminho... o que resta é orar por eles né? - e saíram. 

Os meninos não entenderam nada mas Suga pegou o boné e viu o dinheirinho.

SG: Qual a moeda aqui? - perguntou.

NJ: Real, eu acho. Acho que quatro reais aqui são um dólar. Veja quanto tem aí. - disse pegando o boné da mão dele.

V: "Veja quanto tem aí" - vi imitou o líder do grupo enquanto tirava o boné da cabeça do Jimin.

JM: Ele pede pro Suga olhar e tira o boné dele... quero so ver... 

NJ: Temos três reais e umas moedinhas...

JM: Da pra comprar a passagem de volta pra casa?

V: Estou com fome.

NJ: Lógico que não né? Paga nem o uber isso aqui...

SG: Estamos bem então.

V: A gente podia cantar e ganhar umas moedinhas ao menos pra lanchar.

Todos: Gênio! 

V: Hmmm, e depois eu sou um idiota né? 

SG: Kim Taehyung... ás vezes você é noventa por cento burro, e dez por cento gênio. Mas as vezes a ordem muda. E você passa a ser dez por cento gênio e noventa por cento burro. - falou sorrindo e bagunçando os cabelos longos de Tae. 

V: Legal. 

Suga revirou os olhos após perceber que Tae não percebeu a piada, ele só trocou a ordem das palavras mas V continuava sendo 90 % burro e 10 % gênio. 

JM: O que podemos cantar? 

RM: Eu não sei... Boy With Luv? 

JM: Boy With Luv.

SG: Boy With Luv.

V: Boy With Luv.... ta bom então. 

Eles começaram a cantar, colocaram o bonezinho do Suga no chão e soltaram o gogó. 

.......

.......

.......


JY: Bixa tu vai fazer o que com esses três elemento? - perguntava pondo a moto de pé.

S/N: Vou atrás do Quarto né? Olha pra eles... - disse, Johnny obedeceu. 

JHope, JK e Jin estavam um ao lado do outro. Olhando o local, deslumbrados. Eram pessoas comuns, ninguém os reconhecia. Estavam um pouco livres. 

S/N: O engraçadinho ali sabe o basiquinho do português . Eles tem cara é de tá perdido. E eu tô com um pressentimento, se algo de ruim acontecer com eles a culpa vai ser nossa por não ter feito nada.

JY: Muié... deixa de ser besta Bixa! Eles SÓ tem cara de santo. Mas se tu vacilar otaria. Eles te dão um boa noite cinderela e levam tudo o que tu tem! - repreendia. 

S/N: Tudo o que eu tenho?! O quê que eu tenho? - disse com lágrimas nos olhos - eu perdi minha melhor amiga. Você matou! Assassino! A JuJu morreu por sua causa!

JY: Uma Juliett S/N! Você tá triste por culpa de uma juliett! Eu te compro uma nova depois que a gente subir o morro!

S/N: Eu não quero outra Juliett!  Eu quero a JuJu! - disse sentando no chão - todos os bailes, todas as noitadas ao lado dela, enrascadas, quando eu não tinha ninguém... Ela estava la. Comigo. Sempre. 

JH: Juliett... - o rapaz falou - Juliett?

JY: Que o de olho puxado tá querendo falar? 

S/N: Eu não sei - disse limpando as lágrimas dos olhos.

JH: Juliett - disse mostrando o resto do óculos que estava em suas mãos. 

S/N: Acho que ele sabe o que é... ou então quer aprender.

JN: Esse menino tem cada uma... - Jin sussurrou para Jungkook - e essa garota tá triste por que?

JK: Acho que o óculos era algo importante pra ela. - respondeu. 

S/N: Então você me entende? Bom... isso aqui. - disse mostrando o óculos - se chama, Juliett. -apontou para ela mesma- S/N... - apontou para JHope - JHope... - apontou para o óculos - Juliett... - apontou para o viado - Johnny. Okay?

JHope fez que sim com a cabeça cabeça foi até os outros dois coreanos.

JH: Bom, aquilo na mão dela... se chama Juliett. Ela se chama S/N, o outro rapaz se chama Johnny. 

JK: Juliett? S/N, Johnny... vai ser dureza falar português. 

JN: Julieta, S/N, Jonh?

JH: Não Jin... Ju... Li... Ett... repete. 

JN: Ju... Lê, ett. Juliêtt?

JK: Juliett! - gritou.

JN: Juliett!

JH: Isso! Você aprendeu... sabemos que aquilo se chama Juliett. Não vai servir de muita coisa mas é um avanço.

JY: Mas e agora? Qual sua grande idéia? Eles aprenderam o que é Juliett. Vamos levá-los pra onde? 

S/N: Um berçário seria bom, mas eles são muito grandes. Pra onde você iria se fosse um gringo perdido no Rio?

JY: Eu não sei. Eu nem viria pra ca. Estaria em Paris.

S/N: Idiota... vamos pensar... Eu iria pro Cristo.

JY: Eu quero que você entenda... que meu amor é amor de quenga... - cantava baixinho. 

JK: Quenga? - o garoto perguntou.

S/N: O que você falou Johnny?!

JY: nada! Eu tava cantando aquela da Pablo . Amor de quenga. 

JK: Amor de Quenga? 

S/N: Agora eu vou ter que explicar! !!

JK: Amoooor de Quenga! 

S/K: Jaokoo? Ne? 

JK: Jungkook...

S/N: What?

JK: JK. 

S/N: Certo... Okay. JK, Amor, A-mor. - dizia fazendo um coração com a mão. - Amor.. love... de Quenga... Bitch!

JH: Bitch? 

JN: Bitch?

JY: Essas sem-vergonhesas eles sabem... 

S/N: Amor de Quenga... Love of Bitch. 

JN: Amor de Quenga.

JH: Amor de Quenga.

JK: Amor de Quenga... oooh. Cool!

JY: Esse negócio de Cu não fui eu que ensinei.

S/N: Cool, e legal em inglês... Eu acho. 








Notas Finais


Estou sem tempo esses dias. Pretendo postar um capítulo dia Sim e um dia não.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...