História Imagine Kpop. - Capítulo 2


Escrita por:

Visualizações 56
Palavras 2.750
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Orange, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


⚠Este imagine exibe conteúdo para maiores de 18 anos. Caso você se sinta incomodado com este tipo de conteúdo, não leia.⚠

Capítulo 2 - Best Friend -- Jeon Jungkook


Fanfic / Fanfiction Imagine Kpop. - Capítulo 2 - Best Friend -- Jeon Jungkook

— YA! ME ESPERE! - A garota de cabelos longos e castanhos gritava para seu amigo que estava a alguns metros de distância. A pequena não obteve resposta, então deduziu que seu amigo não havia a ouvido. Com isso a garota deixou de dar passos calmos e curtos para começar a correr pelo corredor quase vazio até o mais velho. — Yah, Jeon eu pedi para que me esperasse não ouviu? - A garota perguntava ofegante e praticamente descabelada por causa da corrida que fez para alcançar seu amigo em frente aos portões da grande escola.

— O que você disse S/n? Não prestei atenção. Estava com meus fones ouvido. - Jungkook perguntou, assim que percebeu que sua querida amiga o encarava com uma cara que exibia cansaço. — Pequenina, você está bem? Está descabelada e me parece cansada...

— Esquece...E sim, eu estou bem, só um pouco de cansaço por ter que correr esses enormes corredores para te alcançar. Então vamos? Estou com fome. - ____ disse entrelaçando um de seus braços com o de Jungkook.

— Você é quem manda majestade! - Jungkook disse com um tom engraçado o que fez arrancar gargalhadas exageradas de sua amiga.

Você e Jungkook seguiram em direção a sua casa. Ainda com o braço entrelaçado um no outro. Durante o trajeto vocês conversaram sobre várias coisas aleatórias, e às vezes acabavam caindo na gargalhada assustando algumas pessoas que estavam ao redor. Você realmente adorava a companhia de Jungkook. Ele sempre fora uma ótima pessoa com você, sempre te ajudando quando precisa ou tirando seus melhores sorrisos quando está triste. Nunca pensou que aquele simples tombo te resultaria em uma grande e forte amizade.


Flashback on


Andava em passos apressados pelos corredores da escola. Era seu primeiro dia na nova escola e pelo jeito, chegaria atrasada. 

"Que lindo S/n, logo no primeiro dia chegando atrasada para a aula! Que impressão que eles iram ter de mim? Uma garota irresponsável? Talvez...Mas se eu correr pode dar tempo de chegar na sala antes do professor..." e assim fez. Você saiu correndo pelos grandes corredores da escola em busca de sua sala. Distraída, acabou por trombar com alguém, o que te fez cair sentada no chão.

— Aish, era o que me faltava...- Reclamava enquanto se levantava do chão e se pondo em frente ao garoto que havia tombado. — Ei! Quer ajuda? - A garota estendeu a mão para o menino a sua frente, mas o mesmo recusou dando um tapa na mão da garota.

— Não precisa! Estou bem e consigo me levantar sozinho. - O garoto com uma certa dificuldade se levantou do chão gelado e se pôs em frente para a pequena garota de cabelos castanhos. — Novata? - O mais velho perguntou e a pequena garota que apenas assentiu.— Já era de se esperar. A Propósito, me chamo Jeon Jungguk, mas pode me chamar de Jungguk ou kook. E como você, se chama?

— S/n. Me chamo S/n/c, prazer em conhecê-lo.- A garota estendeu a mão para Jungkook, mas o maior a ignorou. Constrangida, você rapidamente abaixou a mão. — Eh...Se não for muito incomodo, poderia me informar onde fica essa sala? - S/n disse entregando um pequeno papel com o número da sala onde ela passaria o primeiro período de aula.

— Ne! Por mera coincidência, essa e a mesma sala em que eu caí. Vamos, eu te levo até lá.

— Okay...

E assim os dois seguiram em silêncio para a sala de aula. Como de costume em quase todas as escolas que S/n já havia passado, as carteiras eram em duplas.

— YA! Estão atrasados! - Reclamou o professor.

— Desculpa... - Disseram em uníssono

— Sentem-se, agora! - O professor ordenou ao dois parados à sua frente. E assim eles fizeram, cada um foi em uma direção.

Você se sentou na última carteira solitária, enquanto Jungkook se direcionou a seu melhor amigo que aparentava estar com a carteira ao seu lado vaga.

— Annyeonghaseyo! - Jungkook disse se sentando ao lado de seu amigo

— Oh, Hello Jungguk! Pensei que não viria hoje...

— E realmente eu não viria, mas sabe como sã...

— Jiminie, você ficou com meu caderno? Ah, olá Kook - Uma garota de cabelos avermelhados e medianos, e de estatura baixa interrompeu Jungkook.

— Ficou comigo sim Mor. Tá aqui! - Jimin disse entregando um pequeno caderno a garota.

— Yu, só por curiosidade, você estava sentada aqui? - Jungkook perguntou meio sem graça, a garota de cabelos avermelhados fez um sinal com a cabeça concordando. — Oh, Miane! Eu não sabia...

— Não tem problema kook - A garota disse sorridente.

— Bem, até mais tarde! - O garoto se levantou e foi em direção a única carteira vaga da sala. — Desenho bonito, o que é? - O mais velho perguntou a garota que esbarrou mais cedo no corredor. A garota não esperava que alguém viesse se sentar com ela, então acabou por se assustar ao ouvir a voz do mais velho.

— A-ah isso era pra ser um auto retrato meu… Mas não está parecido. - S/n respondeu entortando a cabeça enquanto olhava fixamente para o desenho.

— Olha, para uma garota de doze anos você desenha super bem...

— Bem...Eu ainda não completei meus doze anos, mas mesmo assim obrigada! - A garota levantou o olhar na direção de Jungkook, que a encarava já havia alguns minutos, o que te deixou corada.

— Então parece que alguém aqui terá que me chamar de Oppa. - Jungkook brincou cutucando o braço da garota, deixando-a mais vermelha.

Você e Jungkook continuaram a aula assim, conversando sobre vários assuntos, e no intervalo não foi diferente. Mas na hora de embora que veio a maior surpresa para você; Jungkook seu novo amigo, também era seu vizinho.

Desde desse dia os dois construíram uma amizade forte e bonita de se ver. Inseparáveis; é quase impossível te afastar do garoto, ou vice-versa.

Sua história com Jungkook e realmente bonita, vocês se conhecem desde que tinham 12 anos praticamente, e hoje ambos estão com seus 19 anos. Nunca se desgrudaram, sempre estão protegendo um ao outro, realmente é difícil achar uma amizade igual a de vocês no mundo de hoje.


FlashBack Off


A garota foi tirada de seus devaneios por uma voz que ela conheceria a quilômetros de distância.

— S/n? S/N!

— Hã?! - Perguntou confusa. — Sim Oppa? - A menor virou o rosto, que antes se encontrava fixo para frente olhando para o nada.

— No que tanto pensava para me deixar falando sozinho?

— Apenas de como nós nos conhecemos. Nunca esperaria que um simples "acidente" iria resultar em uma amizade de anos.

— Verdade...Bem chegamos! Tchau pequena. - Jungkook abriu aquele sorriso que você tanto amava.

— Às 14:00 aqui em casa? - Jungkook apenas fez sim com a cabeça. — Então tchau, até mais tarde! - A menor respondeu devolvendo o sorriso e abrindo o portão.

A garota foi seguindo até a porta principal da casa e abrindo-a.

— Omma, Appa. Cheguei! 

Você entrou em casa tirando os sapatos e deixando-os ao lado da porta juntamente com sua mochila.

— Oh! Querida, venha! Estávamos apenas te esperando para almoçarmos! - Sua mãe gritou da entrada da cozinha.

— Claro Omma!. - A garota disse sorridente e correu em encontro com o resto da sua família. — Boa tarde Taetae. - Disse a garota e abraçou o moreno ao seu lado.

— Boa Tarde mana! Appa, poderia me deixar na casa do Hoseok quando estiver indo pra gravadora?

— Claro TaeHyung! E você S/n, vai querer que eu te leve à algum lugar?

— Anio Appa! Jungkook vai vir aqui em casa hoje.

— Juízo viu mocinha? Eu e seu pai vamos sair pra trabalhar e seu irmão não estará aqui. - Disse com um olhar malicioso.

— Omma! - Você repreendeu sua mãe corada e sua mãe apenas ria acompanhada de seu pai e seu irmão.


๑۩۞۩๑


— S/N! ESTOU SAINDO! SE CUIDA, BEIJOS. - Sua mãe gritou do andar de baixo. Enfim só. Sem seu irmão para lhe atormentar e seus pais para lhe mandarem fazer coisas desnecessárias.

Olhou no relógio, ainda estava cedo era 13:30, o que custa tirar um pequeno cochilo não é mesmo?

Foi só fechar os olhos que o irritante som da campainha ecoou pela casa. "Quem é o Demônio que está atrapalhando meu sono?!" pensou consigo mesma. Veio a sua cabeça que poderia ser TaeHyung, já que ele sempre esquece algo, ou Jin, seu pai já que ele está vivendo no mundo da lua nesses últimos meses por conta da gravadora onde trabalha. Mas você estava completamente errada, ao abrir a porta se deparou com JungKook, vestindo suas roupas ainda seu uniforme.

— Kookie? O que está fazendo aqui?

— Ué não está obviou que vim te ver, assim como combinamos mais cedo. Não está lembrada?

— Ne, eu me lembro! Só que está muito cedo, eu estava indo tirar um pequeno cochilo, mas...

— Oh Miane S/n! Não sabia que estava dormindo. 

— Não tem problema! - Deu um pequeno sorriso. — Pode entrar. Sinta-se em casa! Só vou lá em cima trocar de roupa e já volto. - E assim você seguiu para o segundo andar da casa, onde se encontrava-se os quartos. Queria trocar de roupa, não que não se sentia confortável de pijamas, mas convenhamos, seus pijamas são extremamente curtos e não se sente confortável quando está perde algum garoto com eles. 

Começou a se despir, ficando apenas de roupas íntimas enquanto procurava uma roupa confortável.

Foi quando sentiu dois braços rodearem a sua cintura e te rodar ficando cara a cara com a pessoa que te prensou contra a porta do guarda roupa.

— K-kookie o-o que está fazendo? - Perguntou ao sentir os lábios do mais velhos encostarem no seu pescoço, depositando um selar no local fazendo você se arrepiar por completa.

— Não está óbvio? O quanto te desejo? O quanto te amo? - O garoto disse com uma voz baixa e rouca perto do seu ouvido.

Foi quando você se paralisou. Seu sentimento escondido a anos dentro de si estava sendo correspondido? Jungkook realmente havia dito que te amava? Não isso não era possível; não para você que esconde esse sentimento a 5 anos.

Acordou de seus devaneias ao sentir suas costas se chocarem com algo macio, você logo deduziu ser sua cama. Seu palpite estava certo, descobriu isso após sentir Jungkook ficar sobre você.

— Você não sabe o quanto eu quero saber o gosto dos seus lábios. - Jungkook disse em um sussurro arrastado, logo umedecendo os lábios prendendo sua atenção em sua boca.

— Então, o que você está esperando? - Sanidade? O que essa palavra significa mesmo? Pois é, seja o que for você não a tenho mais agora.

Seus rostos que antes estavam a milímetro de distância, se juntaram. Iniciando um beijo rápido, porém repleto de paixão. Suas bocas se moviam em sincronia perfeita, suas línguas travavam uma batalha invencível por espaço. Separam o beijo, e puxou o lábio de Jungkook, fazendo o mesmo sangrar um pouco.

Jungkook desceu os beijos para o seu pescoço. Ele se revezava entre beijos, lambidas e chupões, que com certeza deixaria marcas.

Jungkook arrancou seu sutiã deixando seus seios amostra e livres para ele. Sem muita cerimônia, o garoto atacou um dos seus seios. Dava mordidas e chupava-o, como um bebê faminto chupa o seio da mãe. Você mordia os lábios tentando abafar os gemidos, o que não estava dando nem um pouco certo, já que eles davam um jeito de escapar de sua boca. O garoto trocou de seios, mantendo agora sua atenção somente em seu peito esquerdo.

— V-você não acha que está com muita roupa, hum? - Você perguntou em meio de gemidos.

— Então, por que não vem tirar, hum? - Você não perdeu tempo, e rapidamente trocou de posição. — Oh... - Jungkook deu um gemido arrastado quando seus íntimos se tocaram ainda cobertos. Você dava leves reboladas sobre seu colo, enquanto tirava sua camisa. A retirou por completo jogando -a para longe, começou a deslizar seus dedos pelo peitoral definido de Jungkook. Você foi descendo seus toques até a barra da calça de Jeon, onde começou a brincar com a mesma. — Ande logo com isso S/n! - Mandou o garoto.

Sem mais delongas, você desabotoou a calça de Jeon e desceu o zíper. Com calma foi a puxando até um pouco abaixo do joelho. 

Seus lábios começaram a fazer uma trilha de beijos do pescoço até o membro de Jungkook. Você depositou um beijo em seu membro coberto pela box preta. Ouviu o garoto arfar com seu beijo.

— S/n, vai logo por favor! - Jungkook implorava entre gemidos.

— Por que eu deveria ser tão bondosa com você, hum? - Você perguntou dando um beijo no canto de sua boca. — Estou esperando sua resposta- Sussurrou no ouvido do mais velho.

— P-porque...Oh - O garoto deu um gemido ao sentir sua mão dar um aperto em seu membro. — P-porque eu s-sou...Oh S/n! - Jungkook gemeu ao perceber que você havia abaixado sua box e despejado um beijo em sua glande.

Com movimentos lentos, sua boca percorria o pênis de Jeon. Você se divertia com as expressões maravilhosas do garoto. Era engraçado vê-lo se contorcer a cada chupão dado em sua glande.

— Oh...E-essa sua boca é maravilhosa! - O mais velho disse entre gemidos. — Se continuar assim irei gozar em sua boquinha,Baby. - Jungkook disse arrastado. 

Você nem deu ouvidos ao que Jungkook disse, estava focada em seu "serviço". Parou com os movimentos com a boca e ouviu um suspiro de reclamação de Jungkook.

— Oppa! Acho que algo em mim está precisando de atenção, você não acha? - Você se sentou novamente sobre o sexo de Jungkook. Vocês dois gemeram ao encostarem sua intimidades.

— Verdade! - Ele rapidamente te colocou por baixo. — Acho que está na hora do Daddy provar o gosto da sua Babygirl, não acha? - O garoto perguntou enquanto fazia uma trilha de beijos do seu pescoço até a barra da sua calcinha.

Jungkook brincava com a barra da sua calcinha, o que estava te deixando irritada com essa provocação boba.

— Jungguk! Ande logo! - Sua impaciência era nítida em seu tom de voz, o que assustou o garoto.

— Calma amor! Estou apenas pagando na mesma moeda. - Jungkook deu uma piscadela e tirou a última peça de roupa de seu corpo. — Tão linda! - O garoto encarava sua intimidade enquanto acariciava a mesma.

— Ah! - Você gemeu ao sentir a língua quente de Jeon passando por todo seu sexo.

Você puxava os cabelos negros e macios de Jungkook, fazendo o aproximar mais de sua intimidade.

Jungkook estava adorando ver você gemer. Ele alternava entre lambidas e chupões. As vezes o garoto pressionava sua língua sobre seu clitóris, arrancando gemidos muito mais altos. Não demorou muito para que você tivesse seu primeiro orgasmo.

— Seu gosto e maravilhoso, ­S/n - Jungkook levou o rosto de encontro do seu, em seguida iniciou um beijo quente fazendo com que você sentisse seu próprio gosto. — Mas vamos para a parte que mais importa! - O garoto disse abrindo um pouco e posicionou o membro sobre sua entrada.

— J-jungguk, espera! - Ele parou o que ia fazer e te olhou. — Eu sou...

— Virgem? Serei mesmo seu primeiro S/n? - Você assentiu e viu os olhos do garoto brilharem. — Eu vou ser cuidadoso com você princesa! - Ele depositou um beijo em sua testa.

Com calma, Jeon foi te penetrando, quanto mais ele te adentrava, mais você apertava os lençóis. Após ter te adentrado por completo, Jungkook parou para que você se acostuma-se com ele.

— Kookie...Continue, por favor. - Você pediu com dificuldade.

O garoto não respondeu, mas atendeu sua ordem. Jungkook começou com estocadas leves e fracas, mas logo elas aceleraram e ficaram mais forte.

— Aw… Mais rápido… Hm...

— Quero ouvir você gemer meu nome, Baby. - Jungkook intensificou mais ainda -se é que isso e possível- as estocadas.

Você gemia loucamente. Estavam pouco se fudendo para os vizinhos. Foda-se se eles estavam ouvindo seus gemidos.

Não demorou muito para Jungkook atingir seu ponto G, fazendo com que você soltasse um grito de prazer e se desfez pela segunda vez.

Mais algumas estocadas, e Jeon te preencheu com seu gozo. Ele saiu de cima de você e se deitou ao seu lado te puxando para um abraço.

— E se eu te dizer que sou apaixonado por você desde a 7ª série, você acredita? - O garoto te perguntou olhando em seus olhos.

— Sim Kookie, eu acredito! Eu te amo meu coelhinho! - Você roubou um selinho de Jungkook.

— Eu também te amo S/n! Agora só para deixar nosso amor claro ao mundo, quer namorar comigo? - Te perguntou brincando com seu cabelo.

— Sim!



Notas Finais


Olá humaninhos, turu bom?
Este é meu primeiro livro de imagines, e eu espero do Fundo do meu coração que vocês gostem!

Caso notem uma pequena diferença na escrita, e por que este imagine foi escrito e publicado aqui no Spirit há dois anos atrás. Mas eu resolvi apagar a estória e reaproveita-la aqui no book.
Me desculpe qualquer erro, e se vocês quiserem, podem fazer algum pedido!

Ps: Este livro também está sendo postando na plataforma digital: Wattpad! (Meu user lá é: @nakalover)

Até a próxima e XOXO❤.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...