1. Spirit Fanfics >
  2. Só aconteceu... >
  3. Por uma noite?

História Só aconteceu... - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem!
Se houver erros por favor me avisem <3

Capítulo 2 - Por uma noite?


Fanfic / Fanfiction Só aconteceu... - Capítulo 2 - Por uma noite?

Ruby veio 'pra minha casa para nos arrumarmos juntas e ir de vez pra festa. Como somos amigas de longa data e essa loba é folgada, tem muitas roupas dela aqui. Confesso que na casa dela tem algumas minhas também, mas não quase um guarda roupa inteiro, que é o que ela tem aqui.

Tomo um banho rápido e gelado apenas para tirar um pouco do estresse do dia a dia e vou me arrumar. 

Escolho um vestido vermelho com um decote em forma de V bem generoso. Se Lily achou que eu iria ceder só por que ela colocou nossos nomes na lista da boate mais cobiçada da cidade, ela está enganada! E por ter feito isso, com certeza irei provoca-la. Deixo meus cabelo solto e bem cacheado. Faço uma maquiagem não tão cheguei e por fim coloco um batom vermelho.

—  Uau! - Ruby entra no quarto já toda arrumada com um vestido preto colado no corpo e uma bota cano longo. Bem o estilo dela. — Quer impressionar quem? Porque a Lily eu sei que não é.

— Não posso querer só me sentir bonita? - Digo inocentemente. 

— Sei, você quer é provocar ela e depois jogar na cara que não vão ter nada. - Ela fala rindo. — Não entendo porque você não fica com ela, ela é bonita...

— É bonita mas insuportável né? - Digo revirando os olhos. 

— A vai me dizer que só não vai pra cama com ela porque não gosta dela? - Ela arqueia a sobrancelha. — Só falta me dizer que se uma Regina da vida der mole pra você, você não pegaria? 

— Ah querida, Regina vai além do insuportável né? - Digo rindo, mas parando pra pensar uma noite não iria matar ninguém. — Mas sendo só uma noite... Por ela valeria o "esforço."

— Depois eu que não presto. - Ruby diz gargalhando.

[...]

Chegando na boate, tinha uma fila gigante na entrada. Algumas pessoas discutindo, inventando que o nome estava ali ou apenas dando nomes falsos. Ruby passa direto pelas pessoas indo até o segurança, e claro que ela não podia deixar passar de ficar se exibindo para os outros na fila. Ela fala nossos nomes e o segurança logo libera nossa entrada. Confesso que até eu me achei um pouquinho.

Já dentro da boate fico de boca aberta, parecia ter bem mais gente do que tinha do lado de fora. E se mais algumas pessoas daquela fila fossem entrar, quase não daria pra andar aqui. 

Logo vejo Lily vindo em nossa direção com um sorriso enorme no rosto. Ela cumprimenta Ruby com dois beijos na bochecha e depois faz o mesmo comigo. 

— Vocês estão lindas! - Ela diz sorrindo. — Principalmente você Emma, toda essa produção é pra mim? - Pergunta com um sorriso malicioso.

— Ah, com toda certeza! - Digo arqueando a sobrancelha.

— Relaxa que hoje não estou de olho em você, de inicio era, mas vi uma mulher na área vip que meu deus. - Ela finge se abanar com a mão. — Venham, vou levar vocês até lá, acho que vão gostar do lugar. 

Fomos até um segurança que logo liberou a entrada para Lily. A seguimos até uma área mais alta onde estava escrito "V.I.P". Entramos lá e de cara deu pra perceber que a atmosfera era completamente diferente do andar de baixo. Era mais sensual e um pouco mais calma. Tinha um barzinho exclusivo ali, onde quase todos os bancos estavam ocupados. Até mesmo a área vip estava cheia, mas ainda assim era um lugar muito "confortável". E com uma vista para a pista de dança lá de baixo.

— Me esperem aqui, podem pedir algo pra beber ou pra comer se quiserem. - Ela diz e sai andando cumprimentando outras pessoas.

— Como é bom ter amigas importantes. - Ruby diz se sentando na mesa que estava encostada no canto da parede.

— Lily já deve pensar diferente, "como é bom ter amigas interesseiras" - Digo rindo. 

— Esse lugar ta maravilho né? Amei! 

— Sim, acho que já sei onde vou vir relaxar.

Lily logo volta segurando duas pulseirinhas e entrega uma pra mim e outra para Ruby.

— São pulseiras V.I.P, com elas vocês podem entrar e sair daqui sem precisar de mim. - Ela diz sorrindo. — Eu já vou ir, preciso encontrar com a Margott para falar com os investidores. 

— Obrigada Lily. - Agradeço e coloco a pulseira no pulso.

Ela piscou para mim e deu um tchauzinho para Ruby. 

Ficamos ali por um tempinho apenas bebendo e conversando, enquanto observávamos as pessoas entrando e saindo da área V.I.P. Peguei meu celular e comecei a olhar fotos no instagram, quando uma em especial me chama a atenção. Era de Regina, em frente a uma boate que se parece muito com essa, na verdade... eu acho que é essa...

— EMMA! - Escuto Ruby gritar e me cutucar olhando para o andar de baixo. — OLHA AGORA QUEM TA AQUI! 

Olho para o andar de baixo e vejo Regina junto com Zelena atravessando a pista de dança indo em direção a entrada V.I.P. Por alguns segundos reparo na beleza de Regina, mesmo aqui de cima e com ela andando no meio das pessoas. O que tem de linda tem de ignorante penso lembrando quem ela é.

Logo as irmãs Mills chegam na área V.I.P e eu finalmente posso observar a beleza de Regina mais de perto, e realmente, valeria a pena tolerar toda a ignorância dela só pra te-la na cama por uma noite. Fico a observando por uns segundos até que nossos olhares se cruzam e eu dou um sorriso fraco. Zelena olha para onde a irmã estava olhando e da um sorriso enorme vindo em nossa direção. Regina revira os olhos e vem atrás da irmã. 

— Meninas! Vocês por aqui. - Zelena diz animada se sentando do lado de Ruby. 

— Oi verdinha! - Ruby diz e abraça Zelena que retribui o abraço animada, elas sempre foram assim, desconfio que as duas querem se pegar mas por conta de uma ser chefe e outra funcionária não o fazem. 

— Oi loba, e oi Emma. - Ela diz sorrindo para mim.

— Olá Zel. - Sorrio e depois olho para Regina que estava do lado da irmã, consequentemente na minha frente. — Senhorita Mills. - Aceno com a cabeça.

— Swan. - Me olha e depois olha para Ruby. — Luccas.

— Ah, deixem de formalidades! - Zelena fala revirando os olhos. — Eu to afim de dançar, quem mais quer?

— Eu, com toda certeza! - Ruby fala se levantando assim como Zelena. — Vem Emma? 

— Agora não, vou ficar aqui e beber mais um pouco. - Digo levantando o copo.

— Gina? - Zelena pergunta. 

— Vou mais tarde, acabamos de chegar né Sis. - Regina diz olhando para irmã e depois para mim. — Vou acompanhar a senhorita Swan em uns drinks. - Diz dando um sorriso rápido.

— Tudo bem, vocês que estão perdendo! - A ruiva diz e sai puxando minha amiga para o andar de baixo.

— E então, o que está bebendo Emma? - Ela pergunta me assustando, nunca pensei que Regina seria de conversar com suas funcionarias, nem dentro nem fora do trabalho.

— Whisky com gelo. - Digo levando a taça até a boca. 

— Ótima escolha. - Ela diz sorrindo o que novamente me assusta, acho que não estou pronta para uma Regina sociável. 

A morena se levanta indo até o bar e logo volta com dois copos de Whisky e entrega um pra mim. Vendo minha cara de confusa ela responde.

— Vi que o seu estava acabando, e como eu já estava lá resolvi pegar outro. - Ela sorri novamente.

 — Obrigada. - Digo pegando o Whisky. 

Ficamos ali bebendo sem trocar muitas palavras, e de vez em quando eu observava disfarçadamente a beleza da Regina. Eu nunca parei pra ficar admirando ela. Claro que eu sempre achei ela linda, mas agora parece bem mais, talvez eu tente ter aquela noite... Espera o que? Ok, eu acho que já bebi de mais, ela é minha chefe, isso nunca aconteceria... Se bem que se acontecesse seria ainda mais sexy... Droga! O que eu estou pensando? 

— Tudo bem Swan? - Ela pergunta arqueando a sobrancelha. 

— Emma. - Digo.

— Desculpe? - Ela diz confusa.

— Me chame de Emma, não estamos em ambiente de trabalho, e tem apenas nós duas aqui. - Digo bebendo o Whisky e desviando o olhar.

— Se não se importa prefiro manter a formalidade. - Ela diz. Pronto, ai está a Regina que eu conheço. — Acho que vou ir para a pista, você vai ficar ai? 

— Vou lhe acompanhar. - Digo levantando. 

Vamos até a pista de dança indo em direção a Ruby e Zelena, que dançavam coladas uma na outra, quem olhasse de longe juraria que elas tem algo a mais. Logo eu e Regina começamos a dançar. De vez em quando eu ia até o bar pegar uma bebida, tanto que já comecei a ficar bastante alterada. Em um certo momento enquanto dançava eu me aproximo de Regina e começo a dançar bem perto dela, que se vira pra mim e continua dançando enquanto olhava nos meus olhos com um sorriso malicioso. Ok, talvez eu esteja vendo coisas mas é o que parece. Talvez eu tente ter aquela noite com Regina hoje, e qualquer coisa, se ela recusar digo que é a bebida falando, e realmente é. Peço para ela ir no banheiro comigo, saímos da pista de dança e entramos em um corredor escuro indo em direção ao banheiro. 

Em um surto de "coragem" me viro e prendo Regina na parede ficando próxima a ela. Olho para sua boca e depois para seus olhos, que agora estavam bem mais escuros que o normal. Eu não estava a segurando, se ela quisesse sair dali, ela facilmente conseguiria.

— Oque está fazendo Em-ma? - Ela diz alternando o olhar dos meus lábios para meus olhos. Nossa, como eu queria ouvir ela falando meu nome de novo, só que em outra ocasião, se é que me entendem.

— Sabe, Henry me disse uma coisa interessante enquanto estávamos no carro. - Digo me aproximando mais. 

— Ah, ele disse? - Ela morde o lábio, estava claramente me provocando. — O que ele disse? 

— Que.. - De repente sinto meu estomago embrulhar e eu corro direto para o banheiro.

Começo a colocar tudo para fora quando Regina chega a segura meu cabelo com as mãos nas minhas costas. Droga! Consegui estragar tudo, maldito estomago. Depois de um tempo, já me sinto melhor. Regina me ajuda ir até o bar e pede um copo d'água pra mim. 

— Eu vou chamar a Ruby, espere aqui Swan. - Ela diz e sai.

Eu estou muito, muito, muito envergonhada! Primeiro eu quase agarro ela, depois pego e saio correndo pra vomitar? Regina nunca mais vai olhar para minha cara, não quero nem ver como vai ser no trabalho amanhã. Droga! 

— Patinho, o que tu aprontou em? Exagerou na bebida de novo? - Ruby pergunta se sentando no banco ao meu lado.

— Então isso é frequente? - Regina pergunta arqueando a sobrancelha.

— Nem tanto, mas as vezes acontece, e ela nunca aprende. - Nessa hora me da vontade de socar a Ruby. —  Quer ir embora Emma? Eu já estou cansada mesmo, e amanhã nós duas temos trabalho, melhor ir agora que ainda não ta tão tarde, temos trabalho amanhã né. - Ela diz olhando para Regina e Zelena. 

— É, acho melhor irmos. - Digo me levantando, ainda meio tonta. — Me desculpe pelo incomodo, principalmente para você senhorita Mills. - Digo sem encara-la. — Boa noite.

Saímos da boate e pegamos um táxi para casa. Chegando em casa eu vou direto para o chuveiro tomar um banho frio. 

Quando saio visto um pijama e vou atrás de Ruby que estava fazendo algo na cozinha. Ela me entrega um prato de macarronada falando para eu comer, que isso melhoraria a ressaca amanhã. E como não posso me dar ao luxo de fingir que estou passando mal por qualquer outro motivo além de ter exagerado na bebida, porque Regina estava lá comigo assistindo tudo de camarote, resolve comer, mesmo a contragosto. 

Depois de comer escovo os dentes e me deito na cama com a intenção de dormir, mas os acontecimentos dessa noite ficavam rodando na minha cabeça. Quando foi que eu comecei a desejar a Regina? Será que foi depois de eu descobrir que ela realmente gosta de mulheres? Não, não posso ficar com isso na cabeça, ela é minha chefe, e é muito arrogante e nariz em pé... Vou apenas esquecer.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Comentem! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...