História SO FAR AWAY - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Bts, Novela, Romance
Visualizações 2
Palavras 1.558
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Capítulo 12


Fanfic / Fanfiction SO FAR AWAY - Capítulo 12 - Capítulo 12

 

MARIA

 

Já se passaram trinta e dois dias que os meninos viajaram para a America. Eles ganharam o premio de Top Social Artist 2017 da Billboard. Yoongi me mandou uma foto dele e dos meninos na premiação segurando o  troféu.

[Yoongi me mandou uma foto dele e dos meninos na premiação segurando o  troféu]

 

 

Eu fiquei muito feliz por eles. Vejo que o sonho deles não tem limites. Que eles podem alcançar tudo o que queiram na vida. O potencial deles é gigantesco, e ainda não foi totalmente explorado.

Confesso que estou morrendo de saudade do Yoongi. São 32 dias sem ver aquele branquelo azedo. 32 dias sem ouvir pessoalmente a sua voz. Nos falamos todos os dias desde que ele viajou e isso faz eu não me sentir sozinha.

Passeei por Seul, conheci vários pontos turísticos, e é realmente muito bonita essa cidade. Pude sair todos os dias a noite pra caminhar sem medo de ser assaltada, sequestrada ou morta por algum bandido. Essas coisas também acontecem aqui, mas eu ainda não presenciei nada do tipo.

 Todos os dias eu saio com meu caderno de poemas, um lápis, uma borracha e uma caneta e me sento em um gramado com vista para o rio Han. Descobri em mim, uma compositora. Descobri que eu posso escrever e as pessoas vão gostar do que escrevo. Graças ao BTS.

Quando mandei meu poema pro Yoongi, não imaginei que ele mostraria para os meninos, e muito menos que eles amariam a minha letra e queriam gravar ela o mais rápido possível. No começo fiquei com medo, não queria que eles usassem a letra, mas Namjoon me fez acreditar que a minha letra era boa. Acabei cedendo, e autorizei o uso do meu poema. Eles me disseram que eu teria  todos os direitos dela e que ganharia um dinheirinho bom com isso.

Quando me disseram que ganharia um dinheirinho, pensei que seria um valor simbólico pelo meu esforço de escrever a música e por eles terem gostado tanto. Mas quando me mandaram os papeis por email eu fiquei assustada com o valor que a minha música valia.

Com esse dinheiro eu posso viver mais 3 meses na Coreia. Então eu vou ficar aqui oficialmente  neste país lindo e confortável por 6 meses. Namjoon me pediu pra continuar escrevendo que ele queria ver as minhas músicas quando voltasse. E é o que eu tenho feito todos os dias. E eu realmente tenho amado isso.

Eles fizeram os acordes e chamaram uma dupla de DJ's para ajudá-los no som da música. The Chainsmokers co-produziram a minha letra, ela virou BEST OF ME. Uma das musicas mais tocadas nas rádios da Coréia do Sul e do mundo em menos de 20 dias. 

Nunca senti tanto orgulho de mim mesma na vida. De algo que escrevi e que saiu do meu coração.

Faltam 15 dias para os meninos voltar, pois estão fazendo uma mini turnê nos Estados Unidos. Não vou mentir, sinto muita falta do Yoongi, mas eles tem que seguir o sonho deles e eu sou apenas uma conhecida que teve uma noite com o famoso Suga.

Mesmo aquela sendo a melhor noite da minha vida, não devo me prender em algo casual. E principalmente, não devo me apaixonar por ele. Mesmo sentindo que isso é praticamente impossível.

Hoje eu estou a fim de ir a uma balada, beber um pouco. Fazem meses que eu não bebo nenhum tipo de bebida alcoólica. O mais estranho vai ser ir sozinha, mas como nunca tive muitos amigos, estou acostumada a ir praticamente sozinha a baladas. 

Pesquiso na internet lugares que tenham baladas nessa cidade e descubro que temos dois lugares/ bairros bem populares: Hongdae, lá concentra uma grande quantidade de comércios e baladas pra todas as idade. E temos Gangnam, é um bairro mais rico com as melhores baladas do país. E o mais importante, é o bairro que eu moro.

Decido ficar no bairro e ir em alguma balada local. E posso ir e voltar a pé.

Chego em casa indo em direção ao banheiro para tomar um banho e começo a tirar a roupa e meu computador começa a tocar.  Corro pro quarto e vejo que é o Yoongi no Skype.

- Fala ai açucarado - digo sorrindo.

- Wow, você ta linda,isso é pra me provocar? Eu tinha uma surpresa, mas quem me surpreendeu foi você - fala me analisando e percebo que estou só de sutiã de renda vermelha. Puxo o lençol da cama e me cubro. 

- Ta melhor assim? - falo rindo dele.

- Preferia sem nada, como você está? - percebo que ele está com uma carinha de cansaço.

- Eu to bem, mas você ta com uma cara de cansado. Por que não foi descansar em vez de me ligar? - pergunto séria.

- Estou te incomodando? Se quiser eu desligo - pergunta fingindo estar ofendido.

- Nããããão, não desliga. Não está me incomodando. Eu só estava indo tomar banho, vou sair daqui a pouco. Mas qual a surpresa?

- Sair? Sair onde, com quem? - percebo que ele ficou nervoso.

- Estou com vontade de sair, tomar alguma bebida, dançar um pouco. Aqui perto de casa tem um clube que parece ser bem famoso e vai ser lá que eu vou. - falo pensativa.

- Mari, é perigoso sair sozinha. Ainda mais perigoso se você vai beber. Você não vai a lugar nenhum. Por que você não espera eu voltar e eu te levo. Pode ter algum bandido ou na pior hipótese um estuprador/ assassino. - ele fala querendo mandar em mim. Autoritário.

- Como assim, não vou a lugar nenhum? Você não é meu namorado ou marido pra mandar em mim. E mesmo que fosse nunca deixaria alguém mandar em mim de novo. Vê se se toca Suga!!!! - falo desligando a vídeo chamada.

Não acredito que ele me tratou desse jeito. Ele ta achando que tem algum direito sobre mim. Prometi pra mim mesma que iria viver e não deixaria mais ninguém ditar o que posso ou não fazer na minha vida.

Quem ele pensa que é pra mandar em mim? Mas o que mais eu poderia esperar de um cara famoso. Percebo que estou chorando de raiva. Seco meus olhos e vou tomar meu banho. Não vou deixar isso estragar a minha noite.

Como estamos entrando no verão aqui na Coréia, então está muito quente hoje. Então decido colocar um vestido preto de alças e com bojo nos seios, o que faz eu não precisar usar sutiã e levemente soltinho no quadril, não é tão curto, que o deixa muito confortável, coloco meu coturno marrom guerreiro de todos os momentos. Coloco um colar grande também preto e brilhoso, decido deixar meu cabelo solto. Então eu os seco e faço ondas com a chapinha mesmo. Maquio meu rosto com apenas corretivo, pó e bronzer. Nos olhos, eu faço um delineado gatinho e muitas camadas de máscara pra dar poder ao olhar. Nos lábios, uso um batom vermelho mate,  estou pronta pra sair.

Pego minha bolsa preta de glitter de alça transversal e coloco minha carteira com dinheiro e documento, meu celular e meu batom no caso de precisar retocar. Já são quase 00:00.

Vejo no GPS que a balada era a algumas quadras de casa  e decido ir caminhando. Talvez uns 10 minutos de caminhada. Já na rua, percebo que os homens estão me olhando. Será que tem alguma coisa de errada comigo? Então chego ao clube e pago a minha entrada sendo paquerada pelo segurança, que era muito gato e ENORME. Eu sou alta, mas minha cabeça bate no seu ombro. Pisco pra ele e entro na festa.

Está lotado, vou até o bar e peço uma dose de vodca com gelo. Me sento em frente ao balcão para esperar e fico escutando a musica que ta tocando. Está tocando No Promises  do Cheat Codes feat Demi Lovato -  e automaticamente me lembro do Yoongi. 

Canto junto com a música:

- Oh na na, just be careful, na na /Love ain't simple, na na /Promise me no promises

Oh na na, just be careful, na na /Love ain't simple, na na / Promise me no promises

Estou cantando alto depois de 1 dose de vodca e 4 de tequila. Ainda não sei por que me importo com o Yoongi, ele não me fez nenhuma promessa. Só passamos uma noite juntos e nos falamos todos os dias desde que ele viajou.

 Começa a tocar MIC DROP e como sei a coreografia, fui para a pista. Estou dançando quando sinto mãos pegar em minha cintura. Ele dança junto comigo, sincronizado. 

 Não olho pra ver quem é, mas é um toque aconchegante, então continuo a dançar agarrada naquele desconhecido. Quando ele subiu as mãos apertando meus seios fico assustada, tiro as mãos dele de mim e me afasto indo em direção ao bar ainda sem olhar pra trás.

Peço mais uma dose de tequila e tomo tudo de uma vez quando sinto alguém sentar ao meu lado. Mas não viro pra saber quem é. Mas sinto que é o cara que passou a mão em mim. Me levanto para ir ao banheiro quando sinto que pegaram no meu braço me impedindo de andar.

Me viro pra xingar quem quer que seja e fico estática, era o Yoongi.

 

CONTINUA...

 

 
 


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...