História So Far Away - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 1.105
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Min Suga pra vcs.. espero que gostem.. Notas finais por favor leiam..

Capítulo 1 - So Far Away - Capítulo Único


        

           Hoje acordei com uma vontade de sair, as coisas estão um pouco corridas, premiações, preparação para o Comeback, e quase não estamos tendo tempo pra nada.
           Decido ir dar uma volta na praça, sentir a brisa, e ver se consigo relaxar.
            - Suga-hyung, onde vai? - era o Taehyung.
            - Vou dar uma volta..
            - Não demore, temos que ir ensaiar. O Namjoon está com a Ninfa, mas logo vai vir, e ele disse que ela vai trazer as outras pra gente conhecer. Parece que uma delas vai trabalhar com a gente, Namjoon apresentou ela pro Bang PDnim e ele gostou dela.
              - Tá, que seja.
              A Ninfa é a namorada do Namjoon, e ao que parece ela veio do Brasil com mais 6 garotas e uma menininha. A Ninfa é legal, gosto dela. Espero que as outras também sejam. Já fazem 8 meses que eles namoram, e vai ser a primeira vez que ela vai trazer as outras pra nos conhecer. Coisa do Bang, pra não chamar atenção da imprensa. O namoro dele já movimentou bastante as coisas, não precisávamos mais da Dispatch no nosso pé.
              Fui andando até a praça de Seoul, era perto da empresa, caminhar faz bem, e as pessoas aqui, mesmo sabendo quem nós somos, respeitavam nosso espaço, as vezes acontecia uma coisa aqui e ali, mas geralmente era tranquilo. Ofícios de um idol, difícil, eu sei.
             Olhei para o banco da praça em que o Namjoon gostava de sentar para escrever as vezes, e fiquei surpreso e ao mesmo tempo com uma vontade de rir.
             Havia uma garota deitada nele, algumas malas estavam encostadas no banco. Resolvi me aproximar.
              Ela não parecia ser asiática, tinha feições estrangeiras.
              Toquei no ombro dela, mas ela não se mexeu, ela estava dormindo. Meu Deus, essa é pior que eu, dorme em todo canto.
              - Ei, moça, acorde..
               Ela mexeu um pouco e fez alguns sons inaudíveis.
              - Ei, você precisa acordar.
              - Há, não tô dormindo, tô perdida.. - ela falou em um idioma que eu não entendi. Então ela levantou a cabeça e me olhou.
              - I'm Sorry, i don't understand.. - tentei falar em inglês. Ela sorriu, pegou o celular e digitou algo. Ela usou o tradutor.
               - Desculpa, não falo coreano e nem inglês, apenas um mísero português. - o tradutor "falou". Ela me olhou e finalmente se assustou. - Aí meu Deus, você é o Yoongi!
               Peguei o celular da mão dela e digitei.
              - Sim, eu sou o Yoongi e você?..
              - Meu Deus! Eu sou Leslie, muito prazer em te conhecer. Você é meu Utt. - ela escreveu tudo apressado como se a vida dela dependesse disso. O que me fez rir.
              - Ah, você é Army. Obrigado. Então, você disse ...
              - Estou perdida. Preciso ir pro aeroporto. Minha amiga teve que ir trabalhar e não pôde me acompanhar, a outra foi para uma entrevista de emprego, as outras duas estão na escola, e as outras duas estão nesse momento fazendo um teste pra entrar pra uma escola de dança. E eu fiquei sozinha, tendo que voltar urgente pro Brasil.
               - Eu posso te ajudar. Posso te levar lá.
               - Sério?!? Eu ia amar.
               Chamei o Sejin, staff do grupo, e ele veio com o carro, expliquei a ele, e ele foi comigo e ela até o aeroporto.
                Quando chegamos lá, ajudei ela com as malas, e ela me pediu que eu ajudasse ela com o check-in, para que ela não precisasse usar o tradutor.
                - Oi, check-in em nome de Leslie, São Paulo, Brasil a Fortaleza. - ela me informou as cidades.
                A moça pegou os documentos dela, e fez todos os procedimentos e depois entregou.
                - Pronto, seu vôo sai daqui a 40 minutos, melhor você já ficar na zona de embarque para que você não se perca de novo.
                - Tudo bem, muito obrigado, Yoongi. Eu nem acredito que justo hoje eu te conheci. 8 meses que estou aqui. 8 benditos meses e minha amiga ainda namora um de vocês.
              Nesse momento fiquei confuso.
              - Espera. Você é amiga da Ninfa?
              - Sim. E justo hoje, ela ia levar a gente pra conhecer vocês. Mas preciso ir ver minha mãe.
              - Mas você volta?
              - Sim, daqui a 3 meses. Combinei com a minha mãe. Fiquei de férias aqui e terei que passar 3 meses lá com ela.
              - 3 meses. É. Legal.
               Não sei porque, mas algo dentro de mim queria pular e agarrar ela ali mesmo e não perder a chance, mas chance não sei de que. Era como se algo dentro de mim soubesse mais coisas do que eu mesmo.
                - Yoongi? Tudo bem?
                - Ah, tudo. Então, boa viagem. Na volta a gente se vê?
                 - Sim. Eu espero que sim. E Yoongi?
                 - Hum..
                 - Eu te amo.
                Ela falou e saiu, pois a fila do embarque do vôo dela começou a andar, e eu fiquei com aquelas simples palavras ressoando em meu ouvido.
                Yoongi ela é Army, claro que ela te ama. Mas não, senti que tinha um significado a mais, não sei por que, mas eu senti isso.
                E eu teria que esperar benditos 3 meses para saber se eu não estava ficando louco.
               A última vez que me apaixonei, não soube demonstrar, eu era muito jovem, imaturo, não tinha como saber expressar os sentimentos. Mas agora eu sei.
               Peguei o celular e passei uma mensagem para o Namjoon.
                " Ei, você vai levar as outras junto com a Ninfa hoje?"
                Logo recebo uma resposta.
                " Sim, porque?"
                " Preciso falar com ela."
                " Com a Ninfa?"
                " Exato."
                " Sobre?"
                " Você vai saber. Onde está o Jimin?"
                "Foi até a antiga escola de dança dele, ele foi convidado para ser jurado nas seleções desse ano para escolha de novos alunos, sabe, para o próximo ano."
                 Estranho. Sensação estranha.
                " Tudo bem. E o Hobi?"
                " Foi com ele, ele é o coreógrafo da turma."
                Mais uma sensação estranha.
                 " Onde você está?"
                 " Estou indo com o Jungguk até a sala do Bang, vamos conhecer a nova staff, que por acaso, é a irmã da Ninfa."
                  " Tudo bem."
                   Isso era tudo muito estranho. Seria por isso as histórias se interligarem?
                  Seria possível que tudo isso era coincidência ou coisa do destino?
                   Eu não sei, só sei que meu coração pulsava por uma pessoa que estava indo para muito longe de mim, e mesmo tendo acabado de a conhecer, sinto que ela levou um pedaço de mim com ela.
                3 meses.. 3 meses.. Seria possível aguentar a distância?
                 


Notas Finais


Mesma linha de raciocínio das One Shot de Namjoon e Jin, leiam para poder entender..


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...