1. Spirit Fanfics >
  2. Só mais um cliche >
  3. Por que?

História Só mais um cliche - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Minha primeira fic Brulipe
Espero que gostem.

Capítulo 1 - Por que?


Por que? 

Só, por que?

Não entendia como conseguia se sentir atraído por aque sorriso, ou aquele jeito rabugento de ser, ou até mesmo, pela forma que ele o tratava.

Bruno Corrêa não conseguia entender como havia se apaixonado por Felipe Neto. Sequer lembrava da primeira vez que achou aquele sorriso mais atraente, ou quando sentiu, pela primeira vez, vontade de marcar aquela pele alva com sua boca. Ao menos ligava para isso. Estava mais preocupado com o que fazer.

O problema não era estar apaixonado por Felipe Neto. O problema era estar apaixonado por Felipe Neto. Já havia conversado sobre isso com Mirella, que entendeu e o apoiou, aconselhando gentilmente que o mesmo se declarasse. Mas a pergunta era, como?

Já era amigo de felipe a anos, não queria acabar com uma amizade de longa data por um motivo fútil. Aliás, Felipe já era comprometido, e nunca acabaria com o namoro por sua causa. Era fora de questão.

Por isso andava triste ultimamente, o que não passou despercebido por ninguém. Não fazia mais suas típicas piadas imbecis e ria forçado nos vídeos. Felipe também percebeu. Até porque, Bruno Corrêa quieto só significava duas coisas, ou preparava uma piada bem ruim, ou se preparava pra peidar, e como não era nenhum dos dois...

Resolveu chama-lo em seu escritório ao final das gravações que já haviam sido enviadas para a equipe de edição. Ouviu batidas tímidas na porta e respondeu um "entre". Bruno entrou, parecendo bem triste por estar ali.

Passou pela porta e se sentou em um dos sofás que havia na sala. Por impulso, Felipe se sentou ao seu lado.

- Bruno...- fez pausa, ano sabia o que falar, menos como começar.

- Felipe, eu sei o que você quer saber, é só que eu...- também parou, sem ter ideia de como continuar.

- São as piadas? Se for, eu posso parar, desc-

- Felipe!- o interrompeu- Não são as piadas, é só que...- queria abrir o jogo, revelar todos os seu sentimentos.  Mas não podia. Sabia que se o fizesse poderia perder não só a amizade como talvez seu emprego - é complicado.- Felipe suspirou.

Estava preocupado, mesmo que odiasse admitir. Não entendia muito bem, mas sempre sentia algo diferente ao olhar para o amigo, diferente mesmo, nunca era ameaça coisa. Simplesmente inexplicável. Talvez estivesse enlouquecendo, mas havia algo diferente naquele sorriso que o atraía, não via a mesma coisa em Bruna, mesmo que ela fosse sua namorada.

Não soube o que responder, nem mesmo se deu conta de que encarava demais os lábios alheios, menos ainda quando começou a se aproximar demais. Só que a sensação de ter seus lábios colados aos de Bruno era uma sensação maravilhosa. Era um selinho longo, mas que o fez prender a respiração de tamanha intensidade. Já Bruno não conseguia acreditar que consegui o que mais ansiava à anos, e nem precisou tomar iniciativa.

Mas tudo o que é bom dura pouco. Felipe se deu conta do que estava fazendo e se separou abruptamente,  com a expressão mais assustada que Bruno já havia prescensiado, se não, quase.

Se levantou e levou as duas mãos à boca, completamente descrente. Bruno teria achado fofo se não fosse trágico.

- Bruno, eu...- nem sequer conseguia formular uma frase de tão chocado. O fato de ter o beijado nem era o problema, era que havia gostado do beijo, que nem sequer havia sido um beijo de verdade.

- Felipe, eu.... entendo...- Bruno se levantou, triste por essa reação. Andou até a porta e saiu, deixando um Felipe atônito para trás.

Ainda assustado, Felipe correu para o banheiro do escritório e jogou água no rosto, secou e se olhou no espelho. Pode perceber como sua tez pálida continha vários tons de vermelho, indicando seu nível de vergonha.

Estava surpreso por  tomar a iniciativa, e ainda mais surpreso  por ter gostado. Não conseguia imaginar como olharia para Bruno outra vez, e sequer podia demiti-lo , seria injusto, ele não tinha culpa se era um maldito covarde. E talvez isso ainda estivesse bom, pois ainda teria que gravar um vídeo exclusivo pra menbros.

Chegou à uma conclusão.

Estava fudido. 


Notas Finais


Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...