História Só precisava de um emprego (Imagine BTS) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Romance
Visualizações 11
Palavras 661
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu ia colocar tudo de uma vez só, mas desisti.
Então, está saindo os capítulos 1 e 2 no mesmo dia.

Capítulo 2 - A Busca de um Emprego


Fanfic / Fanfiction Só precisava de um emprego (Imagine BTS) - Capítulo 2 - A Busca de um Emprego

Agora, já faz mais ou menos uma semana que eu estou aqui, e tenho que à pressas procurar um emprego para eu poder me sustentar. Estou pesquisando uns empregos que não me sobrecarreguem demais para eu poder me dedicar aos meus estudos. Até que, uma vaga acabou de aparecer: ajudante de um grupo local bastante famoso. O seu nome é... Meu Deus! 

BTS!

Como assim!

Tem mais: a pessoa não pode ser ARMY, pois a última tentou se relacionar com os integrantes. 

Eu sou apenas uma garota que gosta de algumas musiquinhas perdidas deles mesmo.

Respondi os documentos. E logo chegou um novo e-mail, dizendo o endereço, o andar e tudo mais.

 

Quando eu entrei lá, me dei de cara com uma mulher muito gentil que me guiou à sala onde eu devo me dirigir. Chegando lá, ela diz:

-E quantos anos você tem, querida?

-Eu tenho 19.

-É o seu primeiro trabalho aqui na Coréia?

-É sim. Eu cheguei aqui mal faz duas semanas.

-A, ok. Pode entrar.-ela diz abrido a porta da sala.

Quando eu entro, ela fala com o homem que ali está e me diz que ele é o empresário principal dos garotos com quem eu irei ter que trabalhar. Ele me cumprimenta e nós conversamos um poco.

-Então o seu nome é S/n, tem 19 anos, é nascida em ___ (pode escolher o local de nascimento) e vive lá ainda, se mudou para a Coréia do Sul por conta dos estudos. Isso já é o bastante.

Mas, pelo jeito, eu me aliviei de um jeito muito notável, pois ele logo disse.

-Agora vamos ver o que os garotos irão achar de você.- ele diz se levantando e indo em direção à porta, acenando para que eu o seguisse.

Ele me guiou até uma sala que se parece uma sala de treino, e pelo jeito é uma sala de treino, pois todos os sete garotos estavam lá. E quando eu entrei, todos focaram o olhar em mim.

-Garotos, quero apresentar a vocês a garota que talvez trabalhe no lugar de nossa antiga ajudante.

Todos me cumprimentaram, e me analizaram. Depois, voltaram ao seu treino, colocando uma música deles- se eu me engano era DOPE, e começaram a dançar e cantar. Depois colocaram outra, depois outra, e eu estive o tempo inteiro apenas os assistido, sem demonstrar nenhum interesse no que eles faziam. notei que, ao passar do tempo, eles me olhavam como se estivessem me analizando.

Quando eles já estavam cansados, foram descansar, e o empresário me guiou até a sua sala novamente. chegando lá, se sentou em sua cadeira e frente á em notebook e começou a digitar. Depois de alguns minutos, ele voltou seu olhar para mim. Aquilo tudo estava me enlouquecendo.

-Então, senhorita S/n, tem como você começar a trabalhar amanhã às 9 horas?

Aquilo que ele disse quase me fez dar um grito, mas por pouco eu consegui me controlar.

-Tem, sim senhor.ee

-Ótimo- ele disse se levantando e estendendo a mão para mim- foi um prazer conhecê-la, e espero que chegue pontualmente. Amanhã, irão lhe contar tudo que você terá que fazer ao longo de seu trabalho-ele diz apertando minha mão, e depois a solta.- A, e não precisa se preocupar com seu tempo de estudo, os garotos também precisam de um tempo, então, você vai ter de sobra.

-Muito obrigado. Até mais.-eu digo saindo da sala.

Quando eu vou atravessar a rua, um dos garotos chega perto de mim e diz:

-Oi, você quer uma carona?

-Não precisa.

-Vamos, não precisa querer ficar longe de mim não, você irá me conhecer do mesmo jeito.

Acabo aceitando e nós fomos à minha casa. Chegando lá, eu desso de sua moto -que por acaso é muito grande e eu sou baixinha- e vou em direção ao meu apartamento, mas ele diz:

-Você irá para a empresa amanhã?

Eu me viro e digo:

-Sim.

-Então até amanhã.

-Até amanhã.


Notas Finais


Até amanhã talvez, pois eu irei colocar o capítulo de meu outro fic.
Espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...