História Só queria dizer que te amo. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 30
Palavras 401
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, LGBT, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo Único


A gente se conheceu no teatro. Eu era novata, tu me acolheu e me aceitou. 

O teu primeiro sorriso disparado em minha direção, pra mim era como se fosse um "Eu te amo". 

Voltando a pé para casa: Sorrindo para estranhos, dançando feito louca com os fones no ouvido. Tu fez isso. 

Quando eu te via nos corredores, eu sorria de canto e dava uma piscadinha. Tu não ligava, afinal eu era só uma pirralha dois anos mais nova. 

Enfim, era quarta-feira novamente, teríamos teatro. Fizemos uma dinâmica com toques. Teus toques eram macios, suaves e carinhosos. 

Na quarta seguinte, tu apareceu com o cabelo curto, e estava linda. Eu te elogiei. Elogiei de novo. Não cansava de te elogiar. Estava realmente linda. 

Eu senti algo estranho dentro de mim. Era como se cada palavra que saísse pela tua boca, significasse muitas coisas. 

"Eu acho que... Estou apaixonada", pensei. E eu estava. Completamente hipnotizada pelos teus encantos, eu me deixei levar. 

Eu queria muito te falar, mas havia um problema: Eu tinha medo da tua reação. Afinal, eu sou uma garota, e você também. 

...

O dia da peça de teatro chegou. Passei a semana inteira nervosa tentando me acalmar. Tentei de vários jeitos, nenhum adiantou.  

Nós estávamos atrás das cortinas, todo o grupo de teatro. Maquiados, com as falas decoradas e aquela emoção de quando cai a ficha e a gente pensa "É agora!". Ouvíamos um murmuro na platéia. 

Eu olhei pra ti e disse:

-Estou nervosa.

Tu olhou pra mim e disse:

-Calma Anna, tu sabe as falas. Vamos arrasar e deixar a galera de boca no chão. Tu é linda, e hoje é o teu dia. Nada vai te fazer cair. 

Tu pegou em minhas mãos e as apertou. Com os olhos fechados, trocamos energias positivas. Aquilo sim me acalmou. Tuas palavras e teus toques. 

Mais algumas semanas e as aulas acabaram. Durante as férias eu pensei, e escolhi te falar. 

Na primeira aula de teatro de 2018 tu não estava. Nem na segunda. 

-Vini, a Aléxia não vem mais?

-Não. Ela mudou de escola, pois está morando em outra cidade.

-Ah, Okay.  

-Porque?

-Nada, não. 

"Nada não". Nada? Será mesmo nada? Não.  Por dentro, eu queria chorar. Eu nunca mais tive a oportunidade de te ver. 

O que eu aprendi com isso?

Sim, as vezes é tarde. Eu nunca mais vou esperar tanto tempo pra fazer qualquer coisa. Eu só queria dizer que te amo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...