História So Wrong but is so Right - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias NOW UNITED
Tags Beauany, Dimar, Joaley, Noart, Now United, Shifya
Visualizações 48
Palavras 3.296
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, LGBT, Musical (Songfic), Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee, mil desculpas pela demora. Confesso que eu mesma não gostei TAAANTO desse capítulo, mas espero que gostem. ❤️ Enjoy

Capítulo 9 - Chapter 9 - Planning a party


Fanfic / Fanfiction So Wrong but is so Right - Capítulo 9 - Chapter 9 - Planning a party


          P.O.V Any 

Nem acredito que eu realmente consegui um lugar para morar e ao mesmo tempo trabalhar. Vou poder comprar minhas próprias coisas sem precisar da ajuda de ninguém, com o "Ninguém", eu quis dizer minha mãe. Enfim... Como eu não tive carona nem do Joshua idiota Beauchamp e nem do Bailey, eu fui a pé pro colégio.



Estou correndo desesperadamente para chegar pelo menos a tempo da segunda aula. Não há ninguém nos corredores e as portas de todas as salas estão fechadas, minha aula agora é educação física, o professor Patterson é até que bem tranquilo quanto a atrasos.



Chego no vestiário e vou correndo até meu armário, o uniforme de educação física é um short azul escuro grudado no corpo, uma regata branca e um tênis esportivo branco. Prendo o meu cabelo em um rabo de cavalo e corro para a quadra, pelo jeito, por conta da chuva de ontem, a aula de hoje será na quadra coberta, no caso a de basquete e vôlei... EU ODEIO BASQUETE, vôlei é até aceitável mas basquete? Ninguém merece, espero que ele passe algo diferente.



Entro e logo Joalin me vê e vem até mim




Joalin: - Garota, onde você tava? Já é o segundo atraso só em uma semana.



Any: - É que... - Sou interrompida quando o professor grita meu nome atraindo olhares de todos para mim



Patterson: - Mais atrasos? Eu sou bem tolerável, mas na semana passada e na semana retrasada você também se atrasou. Posso saber o motivo? - Ele está parado na minha frente com uma bola de futebol nas mãos e uma expressão bem séria.



Any: - Então né... É que o irmão da Sina, fez o favor de me expulsar da casa deles - No mesmo instante Sina se aproxima - Aí eu tive que arrumar algum outro lugar pra morar



Sina: - Eu não tô acreditando que ele fez isso. Você vai voltar pra lá



Any: - Relaxa, Sina. Eu já arrumei um lugar pra morar, é o hostel do lado do seu prédio



Sina: - Aaaaaaataaaa



Patterson: - Ok, chega de papo furado e vamos para a aula. O que vai ser hoje? Vou deixar vocês escolherem



Bailey: - EU QUERO FUTEBOL - Levanta o braço



Any: - PROBLEMA É SEU, EU QUERO VÔLEI



Diarra: - QUEM QUER VÔLEI LEVANTA A MÃO - 12 alunos levantam a mão e os outros 10 fazem cara feia



Any: - Vai ser vôlei, May. Sorryyyy - Ele ri e todos começamos à jogar.





P.O.V Josh



Eu sei que a minha atitude de expulsar a Any, não foi nada legal, mas o que vocês não entendem, é que mais um dia na minha casa e eu não responderia por mim, se é que me entendem. Essa garota tem um jeito que me deixa louco, o problema, é que QUALQUER coisa que ela faça, como cantar, comer, usar roupas curtas, ficar do meu lado, me tocar ou até mesmo agir normalmente, eu só consigo levar para o lado malicioso e viajar nos meus pensamentos sujos. Eu sei que eu amo a Dytto, mas uma parte de mim só quer agarrar a Any e fazê-la implorar por mais.



Estou à caminho do trabalho e sou tirado de meus devaneios quando o carro para no meio da rua, checo a gasolina e vejo que está cheia. Saio do veículo para ver o que estava acontecendo e para a minha sorte, é uma rua pouco movimentada, então não estou atrapalhando ninguém. Abro o capô do carro e fumaça sai do mesmo. PUTA QUE PARIU MANO, JÁ É A SEXTA VEZ QUE ESSA PORRA DE CARRO FALHA. Sem ter muito o que fazer, eu ligo para o guincho e não demora muito para o mesmo chegar e tirar o automóvel dalí. Consegui uma carona no guincho, e me levou pra academia. Ele perguntou se eu queria que o carro fosse concertado, mas eu neguei, pois já tinha mandado arrumar essa merda, seis vezes seguidas.



Chego no trabalho e logo Déborah brota na minha frente




Déborah: - Sr Beauchamp, o senhor Fuller está te chamando na sala dele.




Josh: - Ah, tá bom, obrigado. Já vou lá... - Ela sorri e sai. Respiro fundo e entro no elevador. Aperto o botão do último andar, ando pelo extenso corredor e bato na porta, "Entre". Abro a porta - Bom dia, senhor Fuller! Como vai? - Aperto sua mão e me sento na cadeira à sua frente.




Simon: - Eu vou bem, e o senhor?




Josh: - Vou indo né...




Simon: - Alguma problema aqui na academia?




Josh: - Mulheres senhor Fuller, mulheres...




Simon: - Está apaixonado ?



Josh: - Esse é o problema, já não reconheço mas meus sentimentos há um tempo... Mas enfim, o que o senhor queria falar comigo?




Simon: - Ah, sim. Bom, você é um rapaz trabalhador, sempre cumpre os horários de entregas de documentos, é um ótimo profissional e dá pra ver em seu comportamento, que você é confiável e responsável. - Sorri




Josh: - Muito obrigado, ouvir isso vindo de você, é muito significativo pra mim...




Simon: - Por conta de todas essas qualidades... Eu andei conversando com Déborah, e chegamos à um acordo sobre o seu cargo aqui dentro - Nessa hora meu coração quase pula pra fora. Será que ele vai me colocar como você presidente no lugar da Déborah? Não é meu emprego dos sonhos mas será um ótimo salário pra eu sair de casa - Você ganhará um aumento - Bom... Não é A notícia, mas já é alguma coisa. - O senhor, está ganhando 4.000 dólares por mês certo?




Josh: - Exato - Assinto com a cabeça




Simon: - Então vamos dobrar o seu salário, você agora, ganha 8.000 por mês. Começando agora - Abro o maior sorriso do mundo e ele abre uma maleta - Esse é o seu primeiro salário




Josh: - S-senhor Fuller, eu nem sei como te agradecer, isso é... Incrível - Falo ainda olhando para o dinheiro já maleta.




Simon: - Por enquanto é isso, rapaz. Porém, se continuar no mesmo ritmo, será o mais novo Vice presidente





Josh: - "Aí meu Deus", isso é ótimo...




Simon: - O que você disse?




Josh: - Ah, ignora... - Ele continua esperando minha resposta - Significa "Oh my God" em português




Simon: - Quem te ensinou? A mulher que é a razão das suas distrações? - Coçei a nuca sorrindo




Josh: - Foi ela sim... Bom obrigado, por tudo - Aperto sua mão e me levanto




Simon: - Que nada, é mérito seu




Josh: - Senhor Fuller... Eu sei que isso não é coisa que se pergunte para um chefe mas... Você já amou alguém, mas ao mesmo tempo sente uma imensa vontade de ter outra pessoa do seu lado?




Simon: - Por que a pergunta?




Josh: - É que eu... Estou meio enrolado nos sentimentos, sabe?




Simon: - Olha Josh, eu vou dizer o que meu pai sempre dizia pra mim... Se você acha que gosta de duas pessoas ao mesmo tempo, escolha sempre a segunda, porque se amasse mesmo a primeira não haveria uma segunda opção




Josh: - Mas e se... Essa segunda pessoa, for de um estilo de vida completamente diferente, costumes diferentes, gostos...




Simon: - Já ouviu falar em os "opostos se atraem"? Diga para a menina que gosta que... - Interrompo o mesmo




Josh: - Não, eu não gosto dela, Simon...




Simon: - Rapaz, só pelo fato de você gastar o seu tempo pensando nela, já é uma ótima prova de que algo dentro de você quer tê-la... E essa parte... É a que mais se manifesta...




Josh: - Não... Eu... Eu amo muito minha namorada




Simon: - Bom, pediu minha opinião e eu disse. Espero que reflita sobre isso e não deixe de ficar com essa outra garota apenas pelo fato de ela gostar de coisas totalmente diferentes. Até mais - Assinto e saio da sala pensativo. E se ele estiver certo? E se "os opostos se atraem", for realmente a frase que mais me define agora? Será que eu realmente amo a Dytto? Essas perguntas circulam minha cabeça o dia inteiro, eu literalmente não estou conseguindo me concentrar.





P.O.V Hina



Estou no vestiário trocando de roupa e tomando um banho, a educação física hoje foi bem divertida e pra variar tiveram algumas brigas em ambos os times, mas acabou com o grupo da Sofya vencedor, eu sou do grupo da Shivani, mas tudo bem, perdemos por apenas um ponto.


Saio do vestiário e vou diretamente para o refeitório, não há ninguém do meu grupo por lá, então eu me sento e fico mexendo no celular até o pessoal chegar. De repente eu sinto alguém se sentar bem só meu lado... Seu perfume é inconfundível... Krys




Krystian: - Hey Bro, beleza? - Fala sorrindo e eu Reviro os olhos



Hina: - Nunca vai se esquecer disso, não é? - Digo e ele faz uma expressão pensativa




Krystian: - Eu posso até esquecer, com uma única condição. - Levanta o dedo indicador




Hina: - Qual? - Pergunto e ele põe sua mão por cima da minha, o contanto faz uma corrente elétrica correr pelo meu corpo.




Krystian: - Quer sair comigo?




Hina: - Sair? Eu e você? - Assente




Krystian: - Eu e você, Você e eu... Quer? - Um sorriso fica evidente em meu rosto. Sempre gostei MUITO do Krystian, mas sei lá... Por algum motivo, eu pensei que ele gostasse da Any.





Hina: - Pra onde iríamos? - Pergunto e ele se mostra pensativo




Krystian: - Pra onde você quiser ir... - Diz malicioso e eu coro




Hina: - Cinema e depois um jantar? - Pergunto e ele sorri




Krystian: - Por mim, tá mais que perfeito - Sorrimos um para o outro e ficamos nos olhando por um tempo. De repente, Bailey e Joalin chegam e se sentam na nossa frente, o olhar de Joalin vai diretamente para as nossas mãos juntas




Joalin: - Estamos atrapalhando o casal? - Pergunta sorrindo maliciosa e nós rapidamente separamos nossas mãos.




Bailey: - Que casal? - Pergunta enquanto franzia a testa




Joalin: - Hina e Krys




Bailey: - O quê que tem eles? - Pergunta e todos nós reviramos os olhos, muleque lerdo mano.





Joalin: - Eles são o casal !




Bailey: - Quem ? Onde ? Cadê ? - Pergunta olhando em volta




Krystian: - EU E A HINA SOMOS O CASAL, PORRA - Grita assustando todos alí. DO NADA, a Sina e a Any brotam lá na mesa




Any: - Como é que é? - Pergunta e eu bato na minha própria testa como forma de reprovação





Sina: - Finalmente resolveram se assumir? Tava na hora já





Hina: - Não é nada disso, gente. O Krys só falou isso, porque o Bailey é lerdo




Any: - Ei, não fala mal do BayBay - Faz carinho já cabeça do mesmo





Krystian: - É que antes de vocês chegarem... - Enquanto Krys expilcava o ocorrido, eu só conseguia pensar no nosso encontro, não sei quando vai ser, mas já estou extremamente ansiosa pra que aconteça o quanto antes.





P.O.V Josh



Vou resumir meu dia em duas palavras... UMA BOSTA. Eu tô atolado de coisas pra fazer aqui no escritório, meu carro quebrou, a Dytto não para de me mandar mensagem falando pra almoçarmos juntos e eu tô me sentindo muito mal ter expulsado a Any. Tudo bem que ela me provoca de um jeito que ninguém nunca provocou, mas independente disso, ela é menor de idade e brigou com a mãe recentemente... Só sei que quando eu chegar em casa, a Sina vai comer o meu cú por causa disso. Provavelmente a Any deve ter comentado, e aí é que eu me fodo. Apesar de ser mais nova que eu, a Sina digamos que é BEM mais responsável e decidida.



Sou tirado de meus devaneios quando alguém bate na porta.




Josh: - ENTRA - Falo claro e em bom som. Quando a porta se abre e Dytto entra sorridente.




Dytto: - Oiii Amorr - Me dá um selinho e se senta na cadeira na minha frente




Josh: - Oi... - Falo sem olhá-la




Dytto: - Vish, que voz de estresse é essa? Muita coisa pra resolver?




Josh: - É... Na verdade eu tô na internet procurando algum carro que caiba nos meus orçamentos, mas são todos muito caros.





Dytto: - E cadê o SEU carro? Não vai me dizer que quebrou outra vez




Josh: - Pois é, quebrou. Aí eu cansei de ficar mandando pro concerto e mandei guinchar, quem sabe reutilizar as peças dele, sei lá, só sei que preciso de um novo




Dytto: - Tem que ser um carro de quanto?





Josh: - Só até 10.800 dólares




Dytto: - Mas e a você mudar um pouco? Compra uma moto, além de ser mais barata, é mais econômica em questão de gasolina




Josh: - Cê acha? - Pergunto e ela assente - Tá, vou pesquisar - Ligo a tela do computador e entro no Google





Dytto: - Eu quero ver também - Se senta no meu colo ficando de frente com o computador. Começamos à navegar por TODOS os sites procurando alguma moto que estivesse dentro das minhas posses, mas tava difícil para um caralho. Quando eu estava quase perdendo as esperanças, Dytto quase pula da cadeira e aponta para a tela - AQUI AMOR.





Josh: - "Moto Honda Fan160 Esdi 19/19 Zero por 9.800 dólares. Mais informações venha até a "Vehicle Agency", na rua Xxxx Xxxx, 230, nosso telefone está na biografia do site" - Leio e olho para Dytto





Dytto: - Acha que vale a pena?




Josh: - Depende, no final da compra só vai sobrar 1 dólar, aí não vai ter como eu comprar o capacete





Dytto: - Eu compro ué. Vamos fazer assim, entra em contato com essa agência automobilística, procura saber mais informações sobre a moto, as vantagens e desvantagens dela, e se no final você chegar a conclusão de comprar, eu compro dois capacetes.




Josh: - Você é incrível, sabia?! - Sorrimos e eu selo nossos lábios em um beijo calmo. - Eu vou dar uma passada lá ainda hoje




Dytto: - Se quiser eu posso ir com você - Fala enquanto mexia no meu cabelo




Josh: - Não sei amor, eu vou sair mais tarde que o normal hoje. Hora extra





Dytto: - Ah, que pena - Me beija devagar e logo para - Então, assim que você tiver a resposta, me liga pra eu providenciar o capacete, ok?





Josh: - Não precisa do capacete, isso é o de menos. Normalmente essas motos vem com um capacete




Dytto: - Mas você tem que ter dois pra me levar pra passear também - Sorrimos - Te amo, até mais - Deixa um selinho demorado em meus lábios





Josh: - Também te amo - Sorri e ela sai. Assim que fico sozinho de novo, eu pego o celular e ligo pra agência, espero que tudo dê certo.






P.O.V Sina



A aula acabou, GRAÇAS À DEUS, não estava aguentando mais, ficar dentro daquela sala de química, negócio chato da peste.



No momento em que saio da sala, vejo Bailey vindo em minha direção




Bailey: - Sina, vem comigo - Fala e segura meu braço




Sina: - Pra onde?




Bailey: - Pro refeitório, precisamos conversar rapidinho




Sina: - É alguma coisa séria? - pergunto assustada




Bailey: - Não, mas não deixa de ser importante, agora vem logo - Me puxa e nós vamos até o refeitório. Quando chegamos, todos os nossos amigos (excepto Any) estão sentados na mesa de sempre apenas nos esperando. Nos sentamos do lado da Diarra e da Sabina - Gente, eu reuni todos aqui, porque o aniversário da Any é no sábado e eu quero dar uma festa surpresa pra ela.





Heyoon: - Boa idéia, até porque ela vai fazer 18, e querendo ou não é uma idade importante




Sabina: - Eu amei a idéia, Bailey




Sina: - Também tô dentro




Bailey: - Então estão todos de acordo? - Todos assentem




Diarra: - Eu tenho uma idéia - Levanta o braço e olhamos a mesma - A festa poderia ser a fantasia





Hina: - Tá aí, eu gostei disso




Krystian: - É, até porque a Any AMA essas coisas




Joalin: - Mas onde vai ser a festa? A gente podia tentar alugar um salão, sei lá, tem que ser especial




Shivani: - Também acho... Tem um salão de festas no prédio da Sina, por quê não fazemos lá?





Sina: - Não dá, meu vizinho vai dar uma festa de boas vindas pro filho dele que volta da Suécia na sexta. - Todos se mostram pensativos. Pensando bem ... - Gente, o Noah pode ajudar a gente nessa. Ele conhece bastante de Los Angeles




Sofya: - Não é má idéia. Você pode perguntar se ele sabe de alguém esteja alugando. Podemos até criar um grupo pra isso.





Diarra: - Você podia colocar o Lamar no grupo também, né... - Olhamos maliciosos em sua direção e ela disfançar - Que foi gente? Ele é engraçado




Krystian: - Engraçado... Sei, geral acredita nisso, Diarra, fica tranquila.




Bailey: - Então vamos resolver direito. Sina você cria o grupo do WhatsApp, porque só você tem o Noah e o Lamar, a Any Não pode saber de absolutamente NADA... Humm... - Pensando em algo - ... Quem vai comprar a fantasia da Any?




Heyoon: - Pode ser eu e a Sofya, até porque hoje nós vamos em uma loja de roupas comprar o uniforme de trabalho da Any. Nós duas podemos aproveitar e comprar a fantasia sem que ela veja.





Sabina: - Quem vai ser o responsável pela lista de convidados?





Bailey: - Eu e a Joalin vamos cuidar dessa parte, Krys, eu vou precisar que no sábado você leve a Any pra algum lugar e por acaso comente sobre uma balada, aí você a leva até o salão que vamos alugar e começamos a festa.




Krystian: - Pode deixar, posso levar alguém comigo?




Bailey: - Pode, Hina, Shivani e Sabina. Diarra, você ajuda a Sina com a escolha do salão.





Diarra: - Beleza.




Sabina: - Já sabem quem vão convidar? - Pergunta pra mim e Joalin





Joalin: - Acho que só o nosso grupo, o Noah e o Lamar, porque vão ajudar, alguns colegas da escola, Pepe e os amigos dele e o irmão da Sina... Acho que é só isso.





Shivani: - Vish, Isso não vai dar confusão, não?




Bailey: - Por quê daria?





Sofya: - Bom, se o Josh vai, provavelmente a Dytto também vai querer ir, e a Any é afim do namorado dela então...




Hina: - É verdade, mas vai ficar chato se a gente convidar os dois melhores amigos do Josh menos ele, tadinho




Sina: - Pois é, e meu irmão é muito legal, não pode ficar fora dessa... - Falo puxando saco dele





Krystian: - Aaaawwwwwnnnn - Todos rimos - Então tá resolvido?





Joalin: - Sim, mas é melhor revisar tudo, amor - Fala olhando para o Bailey.





Bailey: - Bom vamos lá... Sina e Diarra, vocês ficam com a parte do salão de festas, Sofya e Heyoon com a parte da fantasia, Krys, Hina, Shivani e Sabina, ficam com a parte de levarem a Any até a festa, eu e a Joalin vamos ficar com a organização e lista de convidados. Todos entenderam? - Só pra zuar o Bailey, nós gritamos " SIM, CAPITÃO" e rimos logo depois. - Só mais uma coisa, gente, lembrem-se de que é o aniversário dela de 18 anos, então NADA pode dar errado, ok? - " SIM, SENHOR CAPITÃO". Terminamos de combinar tudo e cada um foi pra sua casa.


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim❤️ O próximo só sai sexta feira da semana que vem, estou com algumas provas de bimestre, mas assim que acabarem, eu posto o capítulo 10 e o 11 no mesmo dia. Beijoosss❤️❤️ Até semana que vem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...