História Sob a Chuva - Capítulo 1


Escrita por: e ProjectAvenger

Postado
Categorias Guardiões da Galáxia, Thor
Personagens Frigga, Gamora, Jane Foster, Loki, Peter Quill (Senhor das Estrelas), Thor
Tags Frigga, Gamora, Jane Foster, Loki, Peter Quill, Thor, Thormora
Visualizações 10
Palavras 830
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Quem foi que chegou com a primeira Thormora da plataforma em português? Exatamente

Capítulo 1 - Capítulo Único


As palavras de Jane Foster ecoavam na mente de Thor enquanto gotas chicoteavam seu rosto. A chuva estava fraca, o Odinson nem sequer notara quando ela teve início, mas deveria ter sido há muito tempo, considerando o quão encharcado ele se encontrava. 

Ele e Jane mantiveram um relacionamento por quase dois anos, por isso deveria estar arrasado com o término... Mas não estava. 

Ele sentira algo por Jane, sim, mas isso até um sentimento maior e mais forte tomar conta dele.

Foster foi quem terminou consigo, sabia que ele estava apaixonado por outra — a jovem de cabelos negros e olhos castanhos que conhecera pouco antes de eles iniciarem o namoro.

Thor riu ao perceber que fora num dia chuvoso como aquele que a conhecera, ele havia saído de casa após ter terminado de ter uma longa discussão com seu irmão adotivo, Loki. Estava tão zangado que acabara por colidir com alguém e ela caiu em seus braços. 

Seus olhos escuros brilhavam contra os azuis dele, ela não disse seu nome, apenas agradeceu e desapareceu, tão repentinamente como surgira. Não voltou a vê-la por quase um ano, até Loki o convencer a ir com ele receber a família da sua melhor amiga, que viera de Buenos Áries à Cancún. Gamora, era o seu nome, ela viera junto com o pai, Thanos, e a irmã, Nebulosa. 

Ela também tinha um namorado, Peter Quill, e um grupo de amigos que fizera na sua última viagem, mas foi Thor quem fez questão de apresentar-lhe tudo que se tinha para ver em Cancún. A levara a Chichen-Itzá, descobrira por Nebula que ela amava a cultura maia então achou que seria uma boa ideia levá-la ao sítio arqueológico. Também a levara a muitos outros lugares, incluindo as cavernas de águas cristalinas da cidade. 

E ele acabara se apaixonando ainda mais pela cidade e pela morena. 

Thor parou quando viu em sua frente a Playa Delfines, ele sorriu e se aproximou. 

O mar estava furioso e as ondas altas, o som da água chegando à areia se misturava aos sons dos trovões formando algo como uma bela canção. 

Isso fez com que se lembrasse de uma das histórias que a mãe contava quando ele e o irmão eram pequenos. "Existe uma lenda que diz que quando um casal escreve seus nomes na areia do mar, as ondas os levam embora", Frigga contou, "Mas, um dia, o mar os devolve e o amor deles se torna eterno". Thor sorriu com a recordação, sabia que era só uma história, todavia ainda assim... O loiro caminhou até chegar próximo as ondas e se abaixou. 

"Pareço uma criança", ele pensou e escreveu seu nome na areia molhada com o dela em seguida. E as ondas os levaram.

Caminhou pela praia, observando as ondas se desmancharem ao chegarem perto da areia. Apesar da chuva estar fraca, relâmpagos iluminavam o céu e trovões soavam fortemente, sua mãe provavelmente brigaria com ele por estar tão próximo ao mar naquele momento. 

Thor percebeu que havia mais alguém na praia, a princípio não soube identificá-la, mas depois que encurtou a distância, a reconheceu.

— Gamora?

Ela o olhou, sorrindo de canto, logo voltando a observar o mar. Thor não pôde deixar de notar como ela parecia confusa, assustada... bela. Sua roupa estava tão molhada quanto a dele e seus cabelos escuros grudavam em seu rosto. Ele sentou-se ao lado dela para olhar para a imensidão azul daquele lugar.

— Eu... Eu e a Jane terminamos — disse, deitando sobre a areia e fechando os olhos, sentindo as gotas de chuva sobre a pele.

— Eu lamento muito — ela murmurou, porém não parecia lamentar tanto quanto ele. 

— Por que parece tão triste? 

Ela se deitou ao lado dele, sem se importar em sujar os cabelos.

— Terminei com o Peter, também — anunciou, suspirando.

Ele não podia dizer que lamentava, muito pelo contrário, porém não iria expressar alegria por isso. Se ela estava triste com o fim do relacionamento, então ainda devia sentir algo por Quill.

— Não quero perder a amizade dele — Gamora disse, finalmente o olhando. — Por que terminou com a Jane?

"Porque não podia pensar em outra pessoa que não fosse você", ele pensou.

— Não era para ser.

— Entendo. Às vezes as coisas não saem como queremos, não é? 

Thor olhou para ela, estava a uma distância perigosamente próxima e ele podia sentir o calor da respiração dela contra a dele.

— Você quer saber o que eu quero agora? — Thor se virou para ela e pôs suas mãos sobre o seu rosto, beijando-a sem parar para pensar em qual seria a sua reação.

Foi um beijo calmo e lento, suas línguas dançaram em uma sintonia perfeita.

Quando o momento se findou, eles se encararam. Ambos sabiam que era o início de algo, mesmo que não soubessem do quê. 

Tudo começou ali, sob a chuva, onde o som das ondas e dos trovões se transformaram em sua canção.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...