História Sob Seu Olhar (Min Yoongi) - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Dirty Talk, Drama, Hentai, Romance, Sexo, Tragedia, Yoongi
Visualizações 150
Palavras 1.686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


🙆🙆 Annyeong!
Capitulo saindo mais cedo porque nesse final de semana não vou ter tempo nem pra cagar! Enfim..Desculpem se houver algum erro !

💋 boa leitura!

Capítulo 8 - Vaca Loira


Fanfic / Fanfiction Sob Seu Olhar (Min Yoongi) - Capítulo 8 - Vaca Loira

Pov (S/n)

O resto da semana passou normalmente , e  já tinha voltado pro dormitório. Minha relação com o senhor Min? Bom , depois daquela noite digamos que melhorou um pouco , mesmo ele sendo fechado e na dele , sempre que estava em casa ,estávamos conversando. Posso dizer que ele é um homem e tanto não só na cama mas também em outros aspectos, trabalhou duro pra conquistar o que tem hoje e não sente vergonha de olhar pra trás e ver o caminho que percorreu.

Minhas aulas de balé começaram na segunda e a professora é um tanto rígida, o que me ocasiona dores por todo o corpo, na academia não é muito diferente. Suspiro pesadamente deitada em minha cama conectada nos fones de ouvido sem ter absolutamente nada pra fazer, hoje não teria aula , nem depois por conta de um seminário que os professores iriam participar ou seja , aula só na segunda.

Sook me abandonou! Okay , ela foi pra casa dos pais em Busan , eu até iria mas meu trabalho  não permite , o jeito é ficar esperando.

Sinto o celular vibrar e destrquiser mesmo vendo o nome do loiro brilhar na tela. Suspiro e atendo.

- Sim?!.- Minha voz saiu totalmente preguiçosa. Eu estava quase fechando os olhos.

- Você estava dormindo?.- sua voz rouca e melodiosa me fez abrir os olhos.

- Não..

- Não?.- reviro os olhos enquanto me sento. O que tem de gostoso , tem de mandão. 

- Não senhor.- ouço um murmúrio de aprovação.- precisa de algo senhor?.

-Sim! eu vou dar um jantar de negócios. Um velho conhecido virá, ele e a esposa vão passar o final de semana aqui.- deixei o celular entre o ombro e o ouvido enquanto prendia os cabelos.- Quero que venha passar aqui também! Você vai vir hoje, já que não tem aula.

Eu nem pergunto como ele sabe dessas coisas , o pouco tempo que passei com ele deu pra entender que ele sabe de tudo , inclusive de cada passo meu o que é extremamente irritante.

-Certo! Eu vou arrumar uma..-

-Não precisa trazer roupas daí! Eu providenciei roupas pra você!.- murmurei um okay.- Daqui a pouco o Marcus irá busca-la.- logo após ouvi o bip indicando o encerramento da ligação.

- Desligou na minha cara esse filho da pu.. Arg!- tomei um banho rápido e vesti uma roupa descente e quente de preferência já que o tempo estava deliciosamente frio. Coloquei algumas coisas necessárias em minha bolsa e sai do dormitório em direção ao elevador que me levaria ao térreo.

Pouco tempo depois de espera Marcus chega e partimos em direção a mansão em Gangnam. Assim que entro na mansão , subo as escadas em direção ao "meu quarto" ,deixo minha bolsa na cama e saio novamente. Quando vou descer as escadas um som melodioso me faz parar no meio do caminho. 

Olhei pro fim do corredor que era de onde vinha o som , eu nunca tinha ido ver o que tinha virando no final dele.  Caminhei devagar até dobrar a esquina do corredor , me deparei com uma porta de madeira escura bem polida. O som saia meio abafado mas eu podia identificar as notas , era um piano acompanhado de uma voz rouca e doce que eu sabia muito bem de quem era.

Girei a maçaneta vagarosamente fazendo o mínimo de barulho , ao entrara fechei novamente e observei o local. Era uma espécie de studio de música , com vários aparelhos que eu realmente não sabia para o que serviam. Algumas prateleiras pinduradas na parede com alguns objetos decorativos , uma bancada com uns botões estranhos e uma tela grande na parede a frente. Um sofá branco com algumas almofadas encostado na parede e claro , um lindo piano branco de calda onde o loiro tocava.

Tocava com uma paixão e delicadeza que eu nunca tinha visto, seus dedos pálidos deslizavam pelas teclas com uma naturalidade incrível , ele fazia aquilo de olhos fechados enquanto cantava uma música que eu nunca tinha escutado.

Me encostei na parede ao lado de uma das prateleiras e como eu não seria eu se não houvesse algum desastre , meu cotovelo encostou em um pote de alguma coisa em uma das prateleiras o que ocasionou na queda do mesmo , o barulho foi o suficiente pra fazer o mais velho parar de tocar e se virar um pouco olhando por cima dos ombros.

- err..desculpa eu não queria atrapalhar.- dei um sorriso amarelo e sai na velocidade da luz. Quando cheguei na sala me joguei no sofá com a resoiravaou descompassada pela pequena corrida.

-S/n!!.-Gelei ao escutar sua voz rouca. Ouvi seus passos descerem os degraus da escada , respirei fundo e me coloquei de pé, o maior se aproximou e suas orbes negras me analisaram.- O que estava fazendo uh?.- abaixei o olhar e senti um de seus dedos em meu queixo levantando minha cabeça.- olhe pra mim quando estiver falando com você jagi.

-E-u escutei um som e fui olhar o que era..não queria atrapalhar senhor.-um pequeno sorriso surgiu no canto de seus lábios. 

Me sentia uma adolescente cheia de hormônios perto dele , com apenas um olhar eu me desestruturada toda.

- Não sabe como é bom ouvi-la me Chanar assim jagi.- seu polegar destro emoldurou meus lábios .Meus pelos se arrepiaram quando senti sua respiração bater em meu ouvido.- mas eu ainda prefiro ouvi-la me chamar de Yoongi-oppa enquanto estou entrando forte e fundo em você.

Esse homem vai ser a minha morte.

20:16, Mansão Min

No espelho que tomava boa parte da porta do guarda roupa , observava o longo vestido na cor vinho que caiu perfeitamente em meu corpo abraçando todas as minhas curvas. Ele era de alças e não tinha decote , mas a fenda que ia da metade de minha coxa esquerda até os pés substituia sua ausência. Os pés estavam calçados em um delicado salto na cor nude o que casava perfeitamente com o vestido. Meu cabelo estava preso em um coque perfeito com alguns cachos soltos o que dava um certo charme ao penteado, os olhos levemente marcados com uma sombra nude e levemente esfumados com um brilho dourado , os lábios cobertos por um batom na mesma cor vinho do vestido. 

Suspirei e terminei de colocar os brincos delicados , ajeitei a gargantilha e borrifei um pouco de perfume nos pulsos e pescoço. Assim que coloquei os pés pra fora me deparei com o loiro em um de seus maravilhosos ternos. Seus fios claros estavam perfeitamente desalinhados , sorri ao ver em uma de suas orelhas um  brinco , ele ficava tão sexy usando aquilo.

-Vejo que acertei ao comprar esse vestido , ficou perfeito em você.- se aproximou me permitindo sentir seu perfume inebriante , tomou uma de minhas mãos em sua destra e me fez dar uma pequena volta.- Não foi fácil achar roupas do seu número , vinheram tudo de fora.- arqueei uma sombrancelha o encarando.

- Está dizendo que sou gorda senhor.- um sorriso brotou em seus lábios rosados me permitindo ver seus pequenos dentes branquinhos. Suas orbes cor de carvão encaram meus olhos.

- Não! Estou afirmando que você é gostosa! E não foi fácil achar roupas que coubessem no seu corpo cheio de curvas.- meu corpo reagiu a cada palavra que saiu de sua boca.- Vamos descer.

Assim que terminamos de descer os degraus a campainha tocou. O mais velho soltou meu braço do seu delicadamente , assim que abriu a porta , um de seus sorrisos ladinos surgiu em seus lábios. Um senhor vestido em um terno entrou o cumprimentando seguido de uma bela loira que suponho ser sua esposa, essa que praticamente comeu com os olhos o loiro a sua frente. Certo , não gostei dessa mulher.

-Ora! Não falou que sua garota era tão bela.-dei um pequeno sorriso ao mais velho se aproximar e tomar uma de minhas mãos levando-a aos lábios.-Me chamo Lee Kihyum ! E a bela moça como se chama?.

Senti um braço circular minha cintura me puxando pra perto, não precisei olhar pra saber quem era.

- Ela se chama S/n.-seu tom se tornou sério.- E obrigado sei que minha mulher  é muito linda.- sua mão segurou a minha com o braço ainda entrelaçado em minha cintura. 

Nos dirigimos até a sala de jantar , aquele lugar me trazia lembranças que jamais esqueceria. Não fui a única a lembrar , o sorrisinho estampado nos lábios do loiro ao meu lado o entregava. Nos sentamos e logo o jantar foi servido , em nenhum momento a mulher loira falou alguma coisa , nem mesmo fomos apresentadas.

Os dois homens falavam sobre negócios e eu estava quase dormindo ali , já fui a jantares mais animados. Só percebi que estávamos apenas eu e a loira na mesa , quando ouvi sua voz.

- Não fomos apresentadas uh?.- proferiu enquanto bebericava seu vinho.

-Ah sim, é verdade!- ela me olhava por cima da taça.- Me chamo S/n.

- Lindo nome.- dei um pequeno sorriso.- Meu nome é  Lee Chaelin, mas pode me chamar de CL.

Assenti devagar , peguei minha taça e a levei a boca terminando com o líquido que tinha ali.

- Você não é daqui é?.- engoli o líquido e a encarei.

- Não! Eu sou brasileira, vim estudar aqui.

- Seu coreano é ótimo.

-Obrigado.

-Yonngi até que soube escolher seu novo brinquedinho.- arqueei uma das sobrancelhas a encarando.- Pena que não vai ficar por muito tempo.

- Perdão?...- a loira deu um sorriso pra lá de cínico e encarou suas unhas bem feitas cobertas de um vermelho vivo.

- Estou dizendo pra você aproveitar seu tempo aqui fofa.- apertei as mãos no tecido do vestido.- Não demora muito e eu voltarei ao meu lugar de direito , ao lado do meu  homem.

Resoirei fundo tentando controlar a raiva. Se essa vava loira acha que vai conseguir alguma coisa aqui , esta muito enganada.

-Okay.- sorri com deboche.- Boa sorte com isso.

-Melhor não se meter no meu caminho pirralha.- apertei os olhos em sua direção.

- E eu acho bom você não mecher com quem esta quieto. Se tentar alguma coisa contra mim vai se arrepender sua loira oxigenada.

Se ela acha que vou ficar parada enquanto me ameaça é bom tirar o cavalo da chuva.


Notas Finais


❤❤A gostosa da CL malvada.. Não to bem com isso (͡° ͜ʖ ͡°)!!

Até o próximo bbs 💋💋💋!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...