História Soberania entre reinos - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Justin Bieber
Visualizações 32
Palavras 1.620
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi guys, como estão? Demorei né? Perdão por isso, mas é que minha vida está uma verdadeira confusão. Durante esse tempo sem escrever, uma falta de criatividade me atingiu em cheio. Obs: apenas para att as fics já postadas, porque estou com umas outras três aqui já começadas. Enfim, boa leitura, espero que gostem !❤👑

Capítulo 7 - Chapter seven


Reino White-Wolf.

26,05,1826-  13:36 PM

Point of view Madelaine Hall Back.

      - Safira.- chamo a atenção da dragão de cor arroxeada, e vejo-a me olhar feio, suspiro.

- Tempestade.- chamo a de tom azulado e faço um pequeno movimento levantando minhas mãos.- Tiro de espinhos.-digo e assim ela faz, acertando o alvo com alguns espinhos. No livro dos dragões, dizem que ela é uma Naftil Mortal, pertencente a classe afiada. É tão magnífico quando ela cospe magnésio, ou quando joga os espinhos presentes em sua calda, nos inimigos.

- Batatão- chamo a atenção da avermelhada.- "Lava flamejante".- digo e ela cospe lava nos bonecos de treinamento. A sua espécie é dos Brokens, a classe rocha, é impressionante vê-la comendo pedras e em seguida as cospe em forma de lava, resolvi nomeá-la desta maneira pelo fato do seu formato, parecido com o de uma batata gigante, ela é uma garota muito dócil.

-"Só faltou você amiga".-digo e Safira cospe fogo em minha direção. A irritação é vista em seus olhos, por que será que ela quer tanto me machucar? Batatão corre em direção e eu acaricio atrás de sua orelha, fazendo-a levantar sua pata traseira de maneira engraçada.

-" Ela sente ciúmes de você "- Batatão diz por link, me mostrando seu tom de voz calma.

-" De quem e do que ela sente isso?"- a pergunto curiosa.

-" De tudo, e todos".- ela lambe meu rosto. -" Em suas terras, ela era a rainha e líder, porém chegando aqui ocorreu o contrario".- sorrio em descobrir o motivo da raiva de Safira por mim.

-Madelaine? - assusto-me com Justin me chamando.

- Meu nome.- brinco ao olhar em sua direção.

- Estamos precisando de você na sala de reuniões.- concordo com um mal pressentimento. Ao seu lado caminhamos até ao sítio onde nos aguardavam.

- Rainha.- todos presentes se curvaram.

- O que aconteceu?-vou diretamente ao ponto, não tolerando a demora.

-Eles chegaram, e querem conversar com o vosso grande rei.- arregalo meus olhos.

- Isso é apenas uma desculpa esfarrapada, para atacar o Jus... rei- digo irritada.

- Vossa alteza, e se o que eles forem conversar seje sério? Ou um acordo, onde não ocorra a guerra?- acabo revirando meus olhos.

- Ninguém do castelo do trono de ferro, se encontrará com um do sul.- disparo rapidamente e todos assentem de cara fechada.

- Senhora, creio que quem ditará essa regra seje vosso marido, já que ele é de tal forma o rei.- um homem velho vem comentar, de maneira machista.

- Então para que insistem a minha presença na sala de reuniões, se quando eu digo algo não querem cumprir? Eu como descendente do sangue real dos White-Wolf, e agora rainha do trono de ferro, não irei tolerar nenhum tipo de atitude como essa, o próximo que vim a descumprir, ou questionar de maneira ridícula como esse senhor fez, terá a cabeça decapitada em plena placa.-digo pondo-me de pé e o olhar assustado de todos me irrita.

- Passar bem.-digo e me retiro da sala, vejo um jarro sobre uma mesa e o arremesso contra parede, soco os tijolos fortemente e logo digo nomes horríveis, causados pela dor .

- Por Thor, Madelaine.- ouço Justin dizer e logo segurar minha mão que doía. - Mais um pouco e você teria quebrado.- ele olha em meu rosto.- O que se passas? -

- E-eu não estou mais aguentando.- digo rápido e ele concorda sem jeito.- Justin... eu não nasci para governar algo tão grandioso assim, você não vê como ninguém aceitando isso? Eu causo medo ou ódio em todos eles, tenho certeza que se pudessem, eles já teriam me tirado do trono.- desabafo já sentindo minha voz falhar, engulo o nó que se formou em minha garganta e respiro fundo.

- E-eu não quero mais s.....- sou interrompida pelos seus lábios contra os meus.

- Você é perfeita, e está sendo uma óptima rainha, eles apenas acham diferente você, uma garota de 17 anos, ser rainha deles, e ainda por cima ter dragões como seguranças, eles tem inveja de você Madelaine.- ele diz tudo isso com sua testa colada na minha.- Tu não podes imaginar o quanto me agrada, quando os coloca no lugar de maneira curta e grossa. Não digo nada, porque sei que você é capaz de cala-los de maneira graciosa .- sorrio fracamente pela sua fala.

- Eu irei no seu lugar, eu irei conversar com o rei do sul.- digo e ele se afasta bruscamente.

-Claro que não, eu não permito a sua ida.-ele diz com seu semblante fechado.

- Eu posso ir, eles não me veem como um perigo....

- Eu já disse Madelaine, você não irá a nenhum lugar.- arqueio minha sobrancelha em sua direção.

- Você não manda em mim.- digo no mesmo tom que ele, e vejo o tão surpreso que ele fica.

- Espero não ter que puni você pequena.-ele diz sério.

A noite cai rápido trazendo junto a inquietação em meu peito, sei o quão irritado Justin pode ficar, mas eu preciso tentar isso. Levanto-me da cama na ponta dos pés e troco minha camisola, por um vestido preto de mangas e minha armadura com minha capa.

-" Drogon, vamos ai amigo."- digo por link e logo ele esta em minha frente.

-" Onde desejas ir Madelaine? - questiona ele ao se levantar de maneira preguiçosa.

- Até o acampamento dos homens do Sul.- digo e ele nega.- Drogon, eu ordeno que me leve .- digo seria e contra sua vontade ele se abaixa permitindo minha subida em suas costas.

Vejo o quão irritado Drogon se encontra, mas ele com toda certeza não viria a me obedecer caso não falasse com firmeza.

Assim que passamos a sobrevoar o acampamento vários homens começaram a se desesperar e como melhor solução pegaram suas espadas e arco e flechas.

- É a Grande Rainha.- dizem assim que eu desço de cima do Drogon. Ele começam a conversar entre si deixando-me curiosa.

- Chame o rei de Red Lion, eu preciso vê-lo.- digo atraindo a atenção de todos para mim novamente, logo vejo homens correndo e minutos depois voltarem.

- Pequena garota, ele espera-te em sua cabana.- assinto.

- Voe amigo, te chamarei caso aconteça algo.- digo e faço um sinal onde ele rapidamente entende. Sigo o senhor que me chamou de pequena menina, e logo estamos em frente a uma cabana.

- Veja só se não é a pequena Grande Rainha.- lança-lhe um olhar feio.

- O quê queres?- pergunto direto e ele sorri.

- Você é idêntica a sua mãe.- fecho minha cara.

- Não abra sua boca para referir-se a minha mãe. - digo irritada e ele levanta suas mãos em rendimento.

- Igualzinha a ela...- ele diz indo até uma bancada que possui um animal morto. Vejo-o arrancando os membros do coitado.

- O que você que para ir embora das minhas terras?- ele rapidamente se vira em minha direcção. Um sorriso perverso surge em seus lábios, revelando seus dentes amarelados.

- Eu só quero duas coisas...-sinto um pressentimento ruim a suas palavras.

- Digas...

- Quero me casar com você, e o ser o Grande Rei, quero morar no castelo do trono de ferro, juntamente a minha linda esposa...-ele passa a caminhar em minha direcção, sinto o ar ficando pesado em meus pulmões.

- Mantenha-se afastado de mim, seu nojento.-digo o empurrando. Sem muito sucesso por ele ser bem mais forte que eu, sou empurrada para cima de uma mesa, e seu corpo se prensa ao meu.

- Me largue seu troglodita.-grita me debatendo. Seus lábios se juntam em meu pescoço dando-me uma mordida.- Seu desgraçado.- grito chutando suas áreas baixas. Ele grita em descontentamento.

- Eu vou acabar com você garota.-ele diz partindo para cima de mim novamente. Pego minha espada rapidamente, e aponto em sua direcção.

- O que estás acontecendo aqui?-tremo ao ouvir a voz do Justin. Num piscar de olhos ele toma minha frente.

- Uma linda esposa essa sua.-ele sorri e Justin agarra minha cintura.

- O que tu tens na cabeça Madelaine?- meu rosto é rapidamente virado.- O que é isso em seu pescoço ?-coloco minha mão sobre e sinto uma pequena rodela inchada.

- Desculpe, marquei a sua esposa. - sorri sarcástico.- Espero que meu veneno não a faça mau.- arregalo meus olhos, mas logo tento disfarçar.

- Eu vou te matar.-Justin faz menção de ir para cima dele, mas eu o seguro.

- Vamos embora... por favor.- peço e ele sai puxando minha mão.

- Isso não vai ficar assim.-é tudo o que Justin diz antes de subir em Luna.

- Lobyscan.- Justin diz e sua loba uiva ambos fecham os olhos e assim que os abrem eles estão brancos. Vários lobos passam a uivar e logo estão atacando os homens do acampamento.

- Justin.....-

- Cale-se....- ele grita assustando-me.

Drogon desce, e tenta golpear Justin porém Luna o impede mordendo sua pata. Ambos ficam frente a frente rosnando.

Vejo Justin ir retirar Luna, porém Drogon se irrita e abre a boca disposto a cuspi fogo, corro abrindo meus braços na frente do Justin impedindo-o de ser queimado. Assim que o fogo cessa, uma moleza toma conta do meu corpo derrubando-me.

- Madelaine....

- Meu pescoço.- grito ao sentir o fogo subindo minha garganta.- Dra-gouns.-digo num sussurro antes da escuridão tomar conta. 


Notas Finais


Até o próximo, perdoem-me pelos erros❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...