1. Spirit Fanfics >
  2. Sobre clichês,eu e você- imagine Min Yoongi >
  3. - Artic Monkeys e Min Yoongi.

História Sobre clichês,eu e você- imagine Min Yoongi - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - - Artic Monkeys e Min Yoongi.


Fanfic / Fanfiction Sobre clichês,eu e você- imagine Min Yoongi - Capítulo 2 - - Artic Monkeys e Min Yoongi.

Seul, South Korea

5:18 am.

Meu braço está sendo calmamente alçado por Bree, que usa uma roupa de ginástica de cor amarela.

— Bree, eu sei que aceitei fazer alongamento com você, mas — ela larga meu ante-braço para puxar minha perna esquerda até seu ombro. — acho que não sou tão elástica assim.

Castigo-me mentalmente por ter aceitado a proposta de Brianna para uma seção de alongamento e relaxamento muscular. Vinte e três minutos se passaram desde que ela iniciou, e meu corpo já clama por misericórdia.

— Tem razão, amiga. Talvez seja melhor eu chamar a Lia. Ela é aqueles anos de ballet serão úteis.

Eu arquejo, aliviada. Cinco minutos depois, Bree e sua caixinha de som estão marchando quarto à fora. Me jogo na cama e encaro o relógio na cômoda.

Não acredito que acordei uma hora mais cedo por isso!

— Merda. — praguejando, aceito que não conseguirei voltar a dormir.

Perto das seis, estou de banho tomado, vestindo as jeans skinny que lembro-me vagamente de ter ganhado no Natal do ano passado, presente de tia Cloe,uma camisa de alcinhas que gruda em meu corpo e tênis Nike brancos, porque é a cor da blusinha.

Sorrio à minha imagem no espelho, parando de amassar os cachos secos e passando a escorregar o gloss de morango sobre os lábios. 

O telefone toca.

Vibra uma. Duas. Três vezes. É quando acordo é percebo que Artic Monkeys prendera minha atenção por tempo demais.

— Alô? — eu comprimo o aparelho sob a bochecha apertando meu ombro para segurá-lo.

Pego minha jaqueta de couro e deixo o tecido escuro sobre o ante-braço. Minha bolsa já está sobre o ombro livre e eu posso finalmente segurar o aparelho telefônico corretamente.

Bom dia, borboletinha.

Yoongi. — balbúrdio, revirando os olhos. Desde que - há um mês atrás. - coloquei os pés nessa faculdade, o jogador de basquete mais pálido da face da Terra vem me atormentando constantemente. O Min não cansa. Me quer em sua cama, e eu? Quero distância. — A que devo o prazer?

Ele ri, zombeteiro. 

— Pensei em te fazer companhia até sua sala.

Dessa vez quem ri sou eu. 

— Yoongi-ah! Não tente me conquistar me levando até a sala, citando Shakespeare ou comprando flores. — dito, descendo as escadas. Cumprimento Chelsea com beijinhos voadores. — Não vou transar com você, desista de uma vez, Min!

Eu pego um dos copos de café que jazem sobre o balcão de mármore com plaquinhas brancas e meu nome, num coreano languido em caneta azul. Estou bebericando o líquido quente, a espessa espuma de leite pincela meus lábios, o corpo aquece de dentro para fora e isso me aconchega.

Ah, minha borboletinha. — ele pragueja, como em repreensão. — Acha mesmo que vou desistir? Desistir de você? Logo você? Vo-cê?

Eu estou lufando ar em uma risadinha enquanto saio da casa, caminhando pelo campus até o prédio principal. Imagino o olhar debochado do branquelo e balanço minha cabeça em negação. Desistindo de tentar inverter a vontade Yoongi,eu digo:

— Já tenho companhia até a sala, mas obrigada Yoongi.

Já tem é? — resmungo um sim. — Quem?

 Lysandre e Ross me chamaram para tomar café antes de Ciência Política hoje.— explico, logo tratando de esclarecer :— não que eu lhe deva satisfações. 

E ele ri, em escárnio. 

Está transando com o Lynch mas não quer transar comigo? 

 Não seja assim! Não estamos transando seu idiota, Ross é meu colega de classe e você não ouviu quando eu mencionei o Lysandre? — ele bufa. 

Borboletinha, seja menos difícil! Eu não sou de implorar então aproveite enquanto não cheguei a esse nível. 

Yoongi vê se entende uma coisa, — eu respiro fundo, procurando palavras. — eu tô pouco me fudendo pra sua faminha idiota nessa faculdade! Não sei quem diabos você acha que eu sou, mas definitivamente não sou mais uma de suas vadiazinhas, e não pretendo ser. Vê se me esquece, porque não quero ser mais uma cachorra a gozar na sua cama. 

E desligo. 

(...) 

O fim do dia chega voando. Quando chego na casa, pronta para tomar um banho e me afundar na cama, Bree chega na cozinha sob o braço de Namjoon, que me cumprimenta com um aceno e um de sues sorrisos que fecham-no os olhos. 

Brianna diz:

— Por que ainda não está arrumada?

— Arrumada? — eu questiono, confusa. — Arrumada pra que Brianna? 

Ela se devencilha de Namjoon, caminha até a geladeira e pega uma cerveja. Me entrega - porque conhece minhas rotineiras noites de sexta. - e ainda me encara confusa. 

— Pra festa do Hoseok, oras. 

E eu tapeio minha próprio testa. Arquejo, e beberico a cerveja direto do gargalo. Nam está virando a garrafa na boca após roubá-la quando eu digo:

— Me esqueci completamente do Hobi. 

Jung Hoseok é mais um dos atletas, ele joga no time de futebol e mora no prédio 1,junto com nossos outros amigos. Conheci Hobi na minha primeira semana de aula. Estava voltando do almoço, destraída como sempre, e levei uma bolada na cabeça. Tonteei, e a caí no chão. Hoseok correu até mim, assustado, e me ajudou a levantar. Ele arrumou minhas roupas e meu cabelo com batidinhas frenéticas, enquanto eu ria de seus jeito desengonçado e desesperado. Ele se curvou milhares de vezes e pediu centenas de desculpas. Eu ainda estava rindo. Depois  de certo tempo, estávamos juntos gargalhando como loucos. 

É da risada dos bebês que se nasce uma fada, certo? Bom, foi da risada desses bebês que nasceu uma lindíssima amizade. 

— Fico pronta em vinte minutos. — Bree assente e Namjoon alça a garrafa esverdeada. 

Corro escada acima, tropeçando uma ou duas vezes. Quando chego no quarto, estou arrancando minhas roupas numa velocidade altíssima até ouvir o característico som de notificação do meu celular. 

J-hope :

Cadê você? 

20:15

You :

Chegou em meia hora com a Bree e o Nam. 

20:16

Estou desencaixando o fecho do sutiã quando mais uma mensagem chega. 

J-hope:

Me deseje feliz aniversário, idiota

20:17

Eu rio, e antes de correr para dentro do banheiro digito :

You:

Feliz aniversário idiota *blink emoticon*

20:19

J-hope está offline. 









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...