1. Spirit Fanfics >
  2. Sobre guitarras velhas e All star furado. >
  3. Único; Um amor simples como esse.

História Sobre guitarras velhas e All star furado. - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Sabe, existi um outro plot aqui, mas fazia pelo menos 1 semana que eu não conseguia escrever (além do tempo que a capa foi feita) e eu resolvi mudar, ficou super curto, mas eu preferi assim, algo curto que provavelmente está sem sentido e confuso, só que pra mim faz então sei lá kkkk

Me pergunto se o sol vai voltar amanha, mas se não voltar, vou esperar o dia que ele voltar. Essa fanfic diz muito sobre um relacionamento que está longe de ser perfeito, mas que as pessoas envolvidas se amam intensamente e por alguma rezão preferem viver no mundinho só delas, vivendo uma vida simples e sempre que podem, estão juntas. É como se a paz existisse e mesmo que exista defeitos, a fato de estar junto já muda tudo e o clima fica melhor.

Estou meio triste esses dias, meio distante de todo mundo que eu amo, então eu peço desculpa, sei que não deveria, mas peço por deixar quem eu confio e amo preocupado, então sinto muito por ignorar vocês, minha cabeça está bagunçada e nem mesmo minhas estórias fazem sentido.

Edit 06.04 (18.42): o sol me visitou rapidamente enquanto eu estava publicando a fic. To chorosa.

Boa leitura.

Capítulo 1 - Único; Um amor simples como esse.


Chan e Sejun eram um daqueles casais calmos, que quase nunca brigavam, viviam juntos,  e acima de tudo eram bons amigos. Na maior parte das vezes eles estavam juntos tocando guitarra ou andando de mão dada em cima de um meio fio qualquer pela cidade. 

 

Não se importavam muito com o que os outros pensavam e parecia até ousado, mas eles só queriam viver felizes em meio a uma sociedade terrível. Queriam poder andar de mãos dadas, ficar um com o outro sem que alguém desconfiasse de nada e até mesmo andar com o all star furado um do outro. 

 

Eles faziam isso, todavia, era quase impossível fazer tudo que queriam sem ao menos terem um ou dois pares de olhos os julgando a todo instante. Mas o que podiam fazer? Gostavam um do outro e era somente amor

 

Aqueles paredes de All star furados e as guitarras velhas faziam mais sentido do que o mundo onde vivam, e por isso que, mesmo que estivessem juntos, vivam sempre no próprio mundinho, falando sobre coisas aleatórias ou tento uma conversa que fora de contexto seria um total desastre é algo tão questionável quando como se conheceram. 

 

Coincidência do destino ou não, estavam perdidos no meio de um daqueles pequenos shows de arrecadação e se trombaram, caíram no chão e quase se bateram logo depois. Idiotas? Com certeza, mas aquela amizade que meses depois virou namoro surgiu assim. E não era que agora estariam entrando na faculdade juntos? Um fazendo literatura e o outro história, curioso até.

 

Os all star furados já não eram mais usados — Mas nunca foram jogados fora. — e as guitarras velhas de seus pais foram colocadas na parede como obras de arte. E estava bom, a relação deles não era de uma total perfeição, isso era um fato, porém era gostoso relaxar junto um do outro todos os finais de semana que não estivessem trabalhando para economizar uma boa grana e se mudarem para um lugar isolado. 

 

E mesmo que no começo eles não passassem de bons amigos, acreditavam que o destino tinha jogado com suas pecinhas e elas haviam caído na mesma casa do tabuleiro e desde então não jogaram mais com eles. Sejun ao menos acreditava no destino, mas depois de tantas teorias doidas vindas de Heochan, foi difícil não sorrir e concordar, depois abraçá-lo e cair nos beijos logo em seguida.

 

Aquele relacionamento era muito sobre guitarras velhas que nunca seriam esquecidas e all star furados que sempre seriam guardados, e como Nando Reis dizia à Cássia Eller: Estranho seria se eu não me apaixonasse por você [...] Estranho é gostar tanto do seu all star azul. 

 

Uma amizade que se resumia em interesses iguais, beijos casuais e cantadas jogadas no ar sempre rebatidas com outras, havia se transformado em um relacionamento que durou por muito tempo. 

 

Chan e Sejun eram assim, almas que caminhavam juntas de mãos dadas enquanto estavam em cima de um meio fio qualquer.

 


Notas Finais


Deem muito amor ao victon e se cuidem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...