História .sobre medo de chuva e ursinho de pelúcia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, D.O
Tags Chansoo, Nicxtine, Sooyeol
Visualizações 48
Palavras 491
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


boa leitura <3

Capítulo 1 - E kyungsoo de cuequinha.


 

Os cobertores se embolaram nos pés do grandão e o travesseiro quase caiu da cama quando este tentava, de forma afoita e desajeitada, esconder-se e esquecer da forte chuva que caía lá fora, chegando a fazer alguns barulhos que assustava o Park.

Mas, hey, olá, caro leitor! Estou aqui para contar mais um caso de Chanyeol e seu medo de chuva, enquanto o mesmo, neste exato momento, esta debaixo de seu cobertor abraçando o ursinho de pelúcia – na qual nomeara de Bomin – como se fosse seu ponto seguro.

Atrapalhado, o responsável por piadas do tipo “é pavê ou pa cume” no natal, tímido e dorminhoco, essa era a personalidade que Park Chanyeol, de vinte e dois anos, carregava em suas costas junto com seus 1,85 de altura.

E, ah! Chanyeol dizia não ser medroso, mas quando começava a chover, virava uma gelatina e tentava se esconder da chuva com seus cobertores. Como se fosse adiantar alguma coisa.

Do Kyungsoo, esse era o nome do namorado de Chanyeol. Baixinho que só, mas quando ficava bravo, Chanyeol jurava sentir o corpo tremer de medo e a primeira coisa que fazia era correr para o seu quarto em uma tentativa de se esconder do mais novo.

O relógio estava para marcar onze horas quando a porta do quarto de Chanyeol fora aberta, entrando por ela, um baixinho com uma carranca no rosto e a roupa toda molhada. O Park até iria rir, isso é, se não estivesse ocupado apertando seu ursinho com força e se encolhendo cada vez mais.

Kyungsoo suspirou antes de se aproximar do mesmo.

— Chanyeol? Bebê? – chamou, porém, não recebeu nenhuma resposta em troca. – Chany, quer companhia?

Kyungsoo sabia que o maior não iria negar, não quando tinha a chance de receber abraços calorosos do namorado sem ao menos pedir ou ouvir um resmungo em troca.

O Do percebera uma movimentação e concluiu que o Park permitira. Aproximou-se e tirou a roupa molhada, logo a deixando ao lado da cama. Sorriu, ergueu o cobertor e se encaixou ali, juntinho ao corpo do namorado.

Ficaram um bom tempo daquele jeito, com Chanyeol recebendo carinhos do Do e ouvindo este cantar rente a sua orelha, os corpos começando a esquentar por conta do tempo que ficaram debaixo da coberta e Chanyeol com os olhos fechados esperando a chuva parar.

Até que finalmente parou.

— Como você chegou aqui tão rápido...? – Perguntou depois de um longo tempo em silêncio.

— Imaginei que iria querer companhia, então apenas vim. – Disse simplista, logo arrancando risadas baixas de Chanyeol, estas que logo cessaram.

— Soo... Por acaso você esta nu?

— Ah, eu tirei a blusa e a minha calça, apenas.

— Ah sim.

O assunto morreu ali. Chanyeol não sabia – e nem queria – conversar naquele momento e Kyungsoo, secretamente, também não. Estava bom daquele jeito e falas não eram necessárias ali, bem, não quando tinha um Do Kyungsoo só de cuequinha abraçando um Park Chanyeol pelas costas e acalmando o mesmo.

 


Notas Finais


eu voltei do nada com chansoo né desculpa vou fazer isso mais vezes
não betado por preguiça e é nozes


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...