1. Spirit Fanfics >
  2. Sobre minha personalidade? Tenho Duas. (JIkook) >
  3. Noite agitada

História Sobre minha personalidade? Tenho Duas. (JIkook) - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem! 💕

Capítulo 3 - Noite agitada


Fanfic / Fanfiction Sobre minha personalidade? Tenho Duas. (JIkook) - Capítulo 3 - Noite agitada

▪ Jeon Jungkook on 

Eu ali parado bem pensativo, encontrando alguma resposta para o acontecido. Mas, percebi que deveria voltar para a mesa de jantar, e teria certeza de que ficaria muito constrangido, porém só mantive o silêncio, sem mencionar aquilo, entre Jimin e eu. Fiquei esperando pelo momento de Jimin contar, mas não houve nada, me surpreendendo com o mesmo. Eu estava contente por ele não contar, até porque tenho uma carreira a zelar. Confesso que fiquei muito puto, porque; quem é ele, para não aceitar um beijo de Jeon Jungkook, ele por acaso é o rei da Pérsia? Não...claro que não. Horas se passaram e cada um foi para suas casas, quando entrei em minha casa totalmente escura, senti uma raiva dominar meu corpo, lembrando de Jimin. Não consegui dominar meu corpo, então soquei minha mesa de vidro. Vendo ela se quebrar toda, percebi minha mão, ela estava completa de sangue. A dor do ferimento começou com sua ardência, dando a oportunidade da raiva dominar meu corpo por completo. Eu nem percebendo oque estava acontecendo, começei a quebrar; destruir tudo que passava sobre meus olhos. Logo depois a raiva sumiu, me deixando novamente sozinho, com aquela culpa, com aquele presente infernal que ela sempre deixava. Me olhando no espelho, sentindo aquela culpa com tristeza, pensei o quão sou idiota. Mas não pude chorar; era tudo que mais queria, mas não pude, sou covarde, e eu acho que as lágrimas me deixou a muito tempo. Escuto batidas na porta, mas não consigo parar de olhar para o espelho, ali  me encarando, percebo que as batidas tinham parado. Minha visão estava turva, e fui aos poucos desmaiando. Enquanto eu me apagava só havia uma sombra e um susurro, até eu me apagar por completo. 

                      Jeon Jungkook Of 


▪ Park Jimim On 

- Dá para acreditar Tae?! Aquele babaca queria mesmo me beijar.

Tae: Olha Jimin, ele é muito gato, mesmo com toda sua fama eu pegava ele de jeito.

- Como pode falar isso Taehyung, tu não se garante não menino?

Tae: Me garanto sim!  Aliás era só um beijo jimin.

- Era só um beijo, era só um beijo                 ( repete indignado) eu não quero ser mais um na listinha dele, Taehyung! Porisso não beijei! 

Tae: Jimin se acalma. Pera, você não ta vendo o Taemim no jungkook, ou pior ainda! Fica vendo o Taemim em todos os seus pretendentes? 

- As vezes até pode ser! Voce sabe que nunca o superei! 

Tae: JIMIN, ele MORREU! 

- EU SEI DISSO TAEHYUNG! EU AMAVA ELE, EU AMAVA MUITO ELE, E ELE SEMPRE VAI SER MEU PRIMEIRO E ÚNICO AMOR!

Tae: jimin, E-L-E TE USAVA! SÓ PORQUE VOCÊ TEM DINHEIRO, SÓ PORQUE É BONITO!

- mas ele me amava... taetae ( diz já chorando) 

Tae: Vem cá jiminiee (lhe abraça) eu te amo, mas você vai ter que superar isso jiminie... 

- aaii Taetae... issoo ainda DÓI e muito!

《 Ele me abraça mais forte, e eu me derramo em lágrimas 》 

                           Park Jimim Of 


▪ Jeon Jungkook On 

Acordo com uma dor de cabeça horrível, minha visão estava ruim, eu não conseguia ver nada. Sinto alguém perto de mim, tento conseguir ver quem era mais não consigo, acabo adormecendo novamente. 

Jungkook!................jungkook!

Acordo na mesma situação, visão horrível e turva, mas daí minha visão me dá uma chance, e acabo conseguindo ver quem era; era Nanjoom, estava me balançando na tentativa de me fazer Acordar, no que deu certo. Quando tomo controle sobre meu corpo, me sento na cama. 

- Aí minha cabeçaa. (Passo minha mão sobre minha cabeça, passando sobre um local que estava dolorido, percebendo que estava infachada)

- Aí, que merda é essa ( Tento tirar)

Nan: Ta doido Jungkook! não tira, você  esta com um corte na cabeça, por causa do vidro.

《Quando ele falou vidro eu lembrei de tudo》

- Então era você que estava batendo na porta? 

Nan: Sim era eu, mas aí percebi que tinha algo de errado, e rombei.

- Você estragou minha porta cara! 

Nan: Se eu não tivesse feito isso você iria morrer por causa da hemorragia! 

- Hemorragia!!

Nan: Sim, te levei para um hospital, o vidro cortou uma artéria. Você quase morreu! Aliás você é babaca jungkook, sua casa está toda destruída!

- Nanjoom, eu fiquei com raiva, e você já sabe como fico... e tem aquele jimin

Nan: Oque tem ele?

- Ele disse umas merdas para mim, e até recusou meu beijo!

Nan: Poxa em cara! ( risos)

- Não ri Nanjoom, foi por causa dele que tudo isso aconteceu!

Nan: Não coloca culpa nele Jungkook! Sabe que ele não tem nada haver com isso.

- Eu sei, mas, eu não quero aceitar que fiz tudo isso sozinho! 

《 Nanjoom só balança a cabeça com negatividade e suspira saindo 》 

Nan: Se precisar de mim, estou organizando tudo lá em baixo. 

《 acenti com a cabeça, pensando se Nanjoom e yoongi não fossem meus amigos, oque seria de Jungkook, provavelmente, um morto》 

• Pesaledo on •

Eu estava lá denovo naquele campo, no chão havia flores cor de rosa jogadas pela grana, uma mulher usando um vestido branco, ela tinha cabelos castanhos quase preto. Ela corria até mim, sorridente, estava tão feliz, eu senti uma felicidade ao ver ela, que começei a correr até ela também.

- Kookieee

- Ommaa

Quando finalmente chego perto dela alguém à pega, tirando ela de perto de mim, eu corria até ela, corria muito, eu gritava, mas eles não paravam. Quando olho em minha volta tudo estava ficando escuro, como o fim do dia. 

- Kook pega e corra! CORRAAA! 

Ela grita do além, eu não vejo ela, eu olhava por todos os lados mas não encontrava ela.

- Ommaa cade você, omma, OMMAAA, não me deixa, EU TO SOZINHO! EU TO SOZINHOOO

                         Pesadelo of 

- Ommaaa! ( acordo soando frio)


Depois de me acalmar, todo um banho com todos os cuidados, deito denovo, pego meu notebook e começo outra saga. Minha busca sobre essa mulher que eu chamava de omma em meus sonhos, até porque a mãe que eu tive na vida real é totalmente diferente a fictícia. Pesquisei, em tudo, pastas, documentos, weeb, ou seja tudo. Não encontro nada, novamente... 

- Eu preciso encontar essa mulher, necessito saber quem ela é.


Notas Finais


Que noite em!
Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...