História Sobrevivi - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Abuso, Drama, Família, Jesus, Lgbt
Visualizações 2
Palavras 352
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, LGBT, Luta, Mistério, Policial, Violência

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi anjo/a, fiquei tão ansiosa para publicar o primeiro capitulo que acabei nem me apresentando. Então, eu me chamo Clara, mas se quiser pode me chamar de Clarinha, anja, BB... Você quem sabe.
Tenho 17 anos, meu signo é libra, gosto de escrever ouvindo música, amo o barulho de chuva, tento ajudar as pessoas e acredito que as lágrimas são uma forma de lavar a alma.

Capítulo 2 - Eu era uma criança, apenas uma criança...


Fanfic / Fanfiction Sobrevivi - Capítulo 2 - Eu era uma criança, apenas uma criança...

Tudo começou quando eu tinha por volta de 5/6 anos, bom ao menos foi até essa idade que a minha memória se recordou, sou péssima com datas, mas não tem como esquecer algo tão profundo assim... Eu era apenas uma criança, como qualquer outra, gostava de brincar, era bem sapeca, acho que dei muito trabalho no aspecto comportamento kkk, mas ok.

Fui criada apenas pela minha mãe, era filha única na época, à mesma passava o dia trabalhando, então quando eu não estava na escola ficava com uma babá ou na casa da minha tia. A mesma era casada com o meu falecido tio, tenho poucas lembranças boas dele, na verdade acho que não tenho nenhuma. As pessoas sempre diziam que ele era muito carinhoso comigo, que sempre que ia para algum lugar me levava junto e que as pessoas até perguntavam se eu era filha dele, pois éramos muito parecidos.

Como eu disse, não tinha muitas lembranças boas dele, lembram? Então, as únicas coisas que me recordo é de uma vez estar na porta do quarto dele, ele tava de toalha, devia ter acabado de sair do banho, acredito que não tinha ninguém em casa, ou então estavam lá fora, e meio que estávamos “brincando” até que ele me mostrou algo, vocês já devem imaginar o que era... Exatamente, seu pênis. Lembro-me de ter tocado naquilo, era um pouco avantajado, estava ereto, e eu ficava rindo, ele também sorria.

Eu era apenas uma criança de pouco menos de 7 anos, talvez eu já estivesse acostumada com aquilo, talvez ele já tenha até tocado em mim, afinal, andavamos sempre juntos... Não sei ao certo se isso já tinha acontecido outras vezes. Não me lembro. Aliás...

Vez ou outra me pego pensando: Será que o nosso cérebro esquece algumas coisas da nossa vida por serem dolorosas de mais? Como uma forma de nós preservar de certas dores?

Bom, se for isso, obrigada cérebro/universo/Deus, mas isso não me livrou de ter sofrido outro abuso, quero dizer, outros! Não por parte desse tio, mas de um dos filhos dele e esse foi o mais doloroso...


Notas Finais


As vezes fico tentando entender o que se passa na cabeça de uma pessoa que faz isso, será que ele é tomado por uma força maior e realiza esses atos? Ou faz por puro prazer? Afinal, quem sente prazer ao abusar de uma criança? Acho que nunca irei entender.
Por enquanto é isto babys, depois publico mais, tenham uma ótima leitura. 2bjos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...