1. Spirit Fanfics >
  2. Soccerrolling na Mira do Conde >
  3. Sob o Olhar da Patagônia

História Soccerrolling na Mira do Conde - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Sob o Olhar da Patagônia


Após uma viagem de avião tranquila, Drico Peres, Van Clériga e Vince Alves seguiram em um velho ônibus para a região da Patagônia, na trilha das províncias argentinas. A longa estrada era cercada de geleiras colossais nos lagos e belas montanhas ao fundo.

- Meu Deus! Que coisa linda! - Van Clériga tirava fotos da paisagem com seu celular.

- Não vejo a hora de chegar no castelo - Drico Peres estava em extrema euforia.

Vince Alves ainda tinha bastante desconfiança dessa suposta viagem de negócios proposta pelo misterioso investidor do Soccerrolling. De braços cruzados e contemplando as geleiras, Vince jazia com o rosto encostado no vidro da janela do ônibus.

- Pelo menos a viagem vale a pena pela beleza. Devo admitir - disse Vince.

- Tenha ânimo, meu amigo! Logo teremos nosso jogo espalhado por toda a América Latina! - Drico vislumbrou o futuro.

- Vocês merecem depois de todo o esforço nesses dois anos desenvolvendo e divulgando o Soccerrolling - Van Clériga comentou.

- É verdade, meu anjo - Drico assentiu. - Nosso propósito sempre foi espalhar a diversão com o nosso amado jogo narrativo de futebol no Brasil. Agora, finalmente, ele será disponibilizado na América Latina.

- Volto a ressaltar que ainda é cedo, Drico - Vince rebateu serenamente.

Nisso, uma explosão na estrada fez o ônibus tombar para o lado. Os três gritaram, surpresos, sendo chacoalhados no interior do veículo. O motorista desmaiou com o impacto. Van Clériga foi a que menos sentiu o impacto devido sua áurea de magia.

- Drico? Vince? - Van flutuou entre as cadeiras do ônibus.

- Deu um nó nas minhas costas - Drico resmungava de dor.

- Eu acho que estou bem. Minha mochila amorteceu - Vince disse.

Van Clériga tocou nas costas do marido e sua mão brilhou. A dor do marido logo cessou.

- Puxa! Obrigado, meu anjo! - Drico se sentiu aliviado.

- Será que o motorista está bem? - Vince se preocupou.

- Vou conferir - Van flutuou até ele.

Ao se aproximar, ela notou que o motorista ainda respirava, inconsciente. Ao tocá-lo, ele despertou renovado. Assustado, ele começou a dizer, "Los hombres del fogo".

- É o quê, senhor? - Van ficou confusa.

Outra explosão ocorreu ali perto. E depois outra. E outra.

- O que está acontecendo? - Drico Peres se desesperou.

Vince se arrastou com dificuldades e pôde observar lá fora. Bolas de fogo caíam do céu. Ao forçar um pouco a vista, Vince viu três homens de vermelho se aproximando lentamente do ônibus tombado. Ele logo reconheceu.

- São da Terra do Fogo! - Vince disse.

- Como assim? - Drico perguntou.

- A Terra do Fogo é um arquipélago que fica em uma província chilena próxima da Patagônia - Vince explicou.

- Entao são elementais de fogo? - Drico coçou o queixo.

- Sim. Estou surpreso deles terem saído do arquipélago para vir até aqui - Vince disse.

- Vamos sair daqui! - Van Clériga abriu um buraco na lataria do ônibus com uma rajada de energia.

Os três saíram do veículo juntamente com o motorista. Os elementais da Terra do Fogo lançavam mais bolas flamejantes.

- Não vai dar tempo de corrermos! - Vince sacou suas pistolas em forma de lápis. - Vamos lutar!

 

CONTINUA...

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...