História Sodalita - Imagine Kyojuro Rengoku - Capítulo 5


Escrita por: e Qiyao

Postado
Categorias Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba
Personagens Giyuu Tomioka, Inosuke Hashibira, Kyoujurou Rengoku, Mitsuri Kanroji, Nezuko Kamado, Personagens Originais, Sabito, Shinobu Kochou, Tanjirou Kamado, Zenitsu Agatsuma
Tags Demon Slayer, Hashira, Hentai, Imagine Kyojuro Rengoku, Inotan, Kimetsu No Yaiba, Magia, Pilares, Raposa, Sodalita, Uzuzen
Visualizações 86
Palavras 1.226
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bo noite 😳
Espero que gostem desse capítulo, e já peço desculpas aqui pela demora 😢
Boa leitchura! 😚

Capítulo 5 - Mansão Ubuyashiki


Fanfic / Fanfiction Sodalita - Imagine Kyojuro Rengoku - Capítulo 5 - Mansão Ubuyashiki

 Urokodaki a ajudou a se arrumar, por cima do uniforme do Esquadrão a mesma colocou o haori azul que o mais velho havia feito para quando fosse até este lugar.

— Boa sorte, e tome cuidado. -, o homem falou sério e com um tom de preocupação. — Você está impecável. -, segurou o ombro da mesma.

— Obrigada, tomarei cuidado não se preocupe. -, respondeu arrumando a espada presa em seu cinto. — Graças ao haori que o senhor fez. -, sorriu antes de colocar a máscara. — Obrigada por tudo Urokodaki-sensei. -, a garota o abraçou firme e assim que o soltou foi andando sem virar para trás.

S/N odiava despedidas quando se tratava de pessoas especiais para ela, não suportava. Então optou por não olhar para Urokodaki.

Até a mansão Ubuyashiki há chão, e nem sabe com quem vai falar, o corvo não falou nada além de que o assunto é a classificação da mesma na seleção.

Continuou andando rapidamente até receber um choque na espinha, era outra visão, e dessa vez via a carta com a letra de Urokodaki escrita para o outro "aprendiz" do mesmo, Giyuu Tomioka.

Na carta contava brevemente a história da garota e tudo o que ela havia feito até agora, inclusive sobre a espada e a classificação, e terminava com "cuide dela".

Com raiva apertou o passo por entre a floresta em tamanha pressa para chegar antes do corvo.


-----//-----//-----


Assim que chegou fora guiada por médicos do Esquadrão subindo com um até o jardim principal onde já haviam nove pessoas provavelmente os hashiras.

Os olhares haviam caído sobre si, e pela cara de um deles já havia falado chutado que era Tomioka por sua cara de tédio e talvez por sua postura parecida com a de Urokodaki.

— Boa tarde, meus caros. -, quando ouviram a voz todos se abaixaram imediatamente, menos S/N que havia levado mais olhares em cima de si, só cruzou os braços. — Podem se levantar, por favor, não hesitem. -, o homem de cabelos escorridos disse sereno. — Convoquei vocês aqui para dizer que a partir de hoje a equipe de hashiras cresceu. — S/N sentiu o olhar do próprio e dos outros em cima de si. — Está é a Celestial S/N, ela passou pela seleção final sem dificuldades e treinou muito mais do que podem imaginar. -, falou com um sorriso leve.

A garota sentiu que o corvo estava chegando com a carta para Giyuu e quando o pássaro chegou S/N tentou pegar a carta, mas o garoto foi mais rápido que ela.

— Me desculpe Oyakata-sama, com licença. -, se curvou e foi mais para trás do jardim. — S/N foi treinada para ser uma hashira, Sakonji Urokodaki a treinou como eu, posso me prontificar a cuidar dela aqui dentro. -, o garoto disse depois de voltar com a carta lida e em forma de respeito.

— Eu não preciso de babá! -, a garota expressou bem a sua raiva na voz, virada para o garoto de haori meio a meio.

— Só veio para cá por conta desse Urokodaki? -, riu. — Você nem é ninguém e está se tornando hashira. -, o garoto se cabelo branco até deu um passo a frente desembainhou a espada e a apontou para a mesma.

Em segundos estilhaços da máscara de Kitsune da garota caíram no chão até todos os pedaços estarem no chão.

— Se eu soubesse que você mantinha os olhos fechados eu já teria feito isso antes. -, sorriu com uma expressão de louco. — Não esqueça meu nome garota, é Sanemi Shinazugawa, viu?

S/N não tardou em abrir os olhos, a orbe direita é da mesma cor da de Oyakata, cor de lavanda, e a outra é azul celeste a mesma cor de seu próprio cabelo.

A garota havia desaparecido da frente do mesmo, ele ainda procurando olhou para os lados e até para o mestre, mas não a viu até levar um chute de perna esticada que o fez cair fácil.

— Não dirija a palavra a mim com essa língua suja, verme. -, falou colocando mais força nas costas do mesmo.

Saiu de cima dele e embainhou a espada, se curvou com o joelho no chão em sinal de respeito.

— Me perdoe Oyakata-sama, eu não consegui me segurar, digo com todo o respeito que o senhor tem um grupo de excêntricos aqui. -, S/N sentiu o garoto da serpente descer da árvore e começar a se aproximar, e assim que ele chegou sacou a espada tão rápido que só o próprio mestre percebeu. — Mais um passo e eu corto a sua goela. -, falou enquanto já segurava a espada firmemente com a ponta da lâmina próxima a garganta dele, pronta para crava-la ali.

— Minha criança, você passou por muita coisa. Imagino que tenha todo esse ódio acumulado por conta de Douma, eu sei, eu vi pelo o que você passou. -, a voz calma dele parecia ter acalmado ela. — E depois de tanto treino você está aqui para se vingar do oni que tirou a vida de sua família, eu entendo criança.

S/N balançou a cabeça negativamente e apontou a espada para ele, ouvindo os outros sacarem suas espadas.

— Eu não vou cair nessa sua magia barata, essa voz reconfortante não vai funcionar comigo. -, de cenho forçado e voz forte criou uma aura estranha em volta de si, e até a magia mais forte que tivesse no jardim não resistiu e permitiu nublar o céu acima deles, fazendo a neve cair.

— Você é mesmo a filha da neve, te esperei por gerações S/N, mas como pode ver eu já estou quase em meu limite. -, se referiu a sua maldição no rosto e fez um sinal para os outros abaixarem suas espadas.

— Eu estava esperando ver algo fabuloso, e parece que estou mesmo vendo. -, Uzui falou com os braços cruzados enquanto olhava para a garota.

Calmamente Shinobu havia pego em seu bolso um dardo minúsculo, S/N fingiu não percebeu e quando a outra o jogou a azulada refletiu com a espada.

Acertando diretamente no pescoço do garoto de cabelo amarelo brilhante com mechas vermelhas, que estava observando a "confusão" também de braços cruzados.

— Olha só o que você fez! -, S/N reclamou se aproximando do rapaz antes de o ver cair estatelado no chão.

— A culpa foi sua! -, a garota de cabelo preto um pouco desbotado para o roxo, reclamou também.

O mestre riu fazendo todos se virarem para ele.

— Vejo que vocês serão muito amigas. -, ele falou com sua calma. — Já que tudo isso está acontecendo eu já vou pedir para todos agora mesmo, não subestimem a nossa nova e décima hashira, tudo o que ela fez até agora só mostrou o quão digna ela é para este cargo. -, continuou usando sua doce voz para acalma-los.

— Por favor Oyakata-sama, permita então que S/N vá até minha mansão com Rengoku-san, assim ele pode estar confortável enquanto estiver passando os efeitos colaterais.

O homem parou uma momento e sorriu em seguida.

— Tudo bem. -, alguns médicos haviam chego. — Mas precisarei conversar com os dois depois. -, manteve seu sorriso.

 Depois que os médicos se curvaram ao mestre e aos hashiras, ajudaram S/N a carregar o loiro.


Notas Finais


Obrigada a quem leu até aqui, o Hentai tá perto e quem quiser pode mandar sugestões nos comentários ou se sentir mais confortável manda pm 🙌
E aí gostaram? Desculpa qualquer erro gente, tô doente e com um pouco de sono 😧
Boa noite pra vocês e até o próximo capítulo 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...