História Sofia Anjo Dark - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Princesinha Sofia
Personagens Bailleywck, Cedric, o Feiticeiro, Clover, Personagens Originais, Princesa Amber, Princesa Sofia, Príncipe James, Rainha Miranda, Rei Roland II
Tags Cedfia, Cedric, Hentai, Princesa, Romance, Sofia
Visualizações 46
Palavras 964
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Um capítulo maior pelo o cap curto de ontem.

Espero que gostem!

Capítulo 11 - Meu coração


Fanfic / Fanfiction Sofia Anjo Dark - Capítulo 11 - Meu coração

Já estava na madrugada Sofia não conseguia dormir, tinha que saber o que o Sr. Cedric fez com o pai, então ela saiu da cama, colocando os pés no chão congelando, dirigiu-se para a porta, abrindo um espaço para ver se não havia ninguém no o corredor quando ela se certificou de ela se dirigia para o quarto de Cedric, chegando lá, bateu algumas vezes na porta, não demorou muito, ela logo foi atendida quando ele abriu a porta, ela conseguiu ver seu tronco nu, seus cabelos desordenados e um rosto de acabei de acordar.- "Eu acordei você?" Posso voltar mais tarde. "Ela sussurrou."- estaca entre não estou com vontade de alguém aparecer e pensar algo errado. Ele disse abrindo o espaço para que ela passasse.- "O que te trás aqui?" Ele perguntou como se ele não soubesse.- Bem. Sentou-se na cama.- Queria saber o que você fez com meu pai?

Ele sentou-se na parte escura do quarto e ficou quieto por alguns minutos ele não podia falar que ele torturou era uma boa idéia para que ela se afastarndele, mas ela poderia ter medo dele mesmo se ele gostasse de que todos tivessem.- "Eu disse a ele que eu informaria a polícia se ele se aproximasse de você novamente. Ele disse olhando para ela no meio do escuro.- Hehe eu duvido que ele desapareça, ele não desapareceria mesmo sobre tortura Ela se esquivou, mas isso o deixou desconfortável.

Ficaram em silêncio por alguns minutos, e então Sofia se levantou e caminhou em direção ao mago e ficou no meio de suas pernas com um sorriso doce.- "Obrigado, Sr. Cedric! Você é o melhor! Depois que ela disse que ela lhe deu um leve beijo na bochecha quando ela foi virar as costas para deixar o feiticeiro ele puxou pelo braço fazendo ela cair no colo.- Você me provoca, mesmo não querendo, eu já lhe disse para não brincar com o fogo, pode acabar se queimando. Ele sussurrou no ouvido fazendo ela tremer.- "Ah ..." O homem aproximou os lábios do dela, selando ela ficou surpreendida, mas depois o correspondeu.

Ele a beijou fervorosamente, ambos já estavam excitados. Cedric tomou-a e sentou-se no colo com as pernas uma de cada lado, ela fez movimento sobre seu membro que já estava ereto, ela rebolava e tirava gemidos abafados de seu mentor, eles tiveram que se separar por falta de ar, Cedric mesmo com uma calça de lan, ele podia sentir a intimidade dela molhada, ele emitia um sorriso sinistro. - Tens a sorte de ter consciência e me controlar se eu não te varia danos. Ele disse sem fôlego.- "Por que controla, Sr. Cedric?" Estou aqui, eu sou sua aproveita. Ele a beijou novamente desta vez com mais fervor.- "Não diga isso ... Ele disse abaixando a manga de sua blusa deixando a sua pele amostra.- Você não me conhece menina! Ele beijou seu ombro fazendo ela suspirar suave.

Ele a agarrou e colocou-a na cama superando seus beijos.- "Você me deixa louco, a primeira vez que eu vi você, me fez parecer estranho. Ele passou a mão sob seu suéter subindo até seus pequenos seios, apertando-se soltando-a."- C-Cedric ...- "" Shhh .. Silêncio . Ele colocou a mão dentro de sua calcinha, massageando seu clitóris, fazendo-a se contorcer com de prazer.- "Seus gemidos são sons para os meus ouvidos. Não demorou muito ela teve um orgasmo, ele sorriu e pegou seu dedo e levou a boca e deu um sorriso perverso.- Perfeito ...

E ela voltou ao seu quarto.

Na manhã seguinte, todos estavam tomando café da manhã Sofia estava extremamente feliz com o corrido e todos ficaram surpresos porque ela tinha sido espancada, mas ficaram feliz de qualquer jeito.- Sofia querida porque você está feliz por pois você maltratada? A mãe de Sofia perguntou.- "Bem, nós temos que sorrir, mesmo que as coisas ruins aconteçam. Não podemos culpar as pessoas pelos erros dos outros, certo?" - "Você está absolutamente certa. Seu pai logo disse um criada aparece dizendo quem tem uma mulher la fora dozendo se a esposa de Cedric naquele momento o coração de Sofia parou, mas ela não tirou o sorriso do rosto. -mande ela entrar. Roland falou.

Em breve, uma mulher com cabelos loiros e olhos castanhos escuros parece  ela era linda, tinha lábios cor-de-rosa que fez a menina ficar um pouco ciumenta?  ele tinha uma esposa porque ele não lhe contou. - Rei e rainha, eu poderia ver Cedric? Estou com tanto falta dele. Ela disse com um rosto de choro.- "Sim, Sofia, leve-a ao Sr. Cedric." Miranda disse apenas assenti com a cabeça.- "Venha, eu disse.

Nós conseguimos todo o caminho sem puxar assunto, foi quando ela começou a falar.- "Você é a nova, princesa?- "Eu assenti com um sorriso." Você é casada com o Sr. Cedric há quanto tempo? "Ela disse tentando distrair-se olhando as paredes."- Três felizes anos. Ela disse com um sorriso. - "Estou feliz que o Sr. Cedric não seja tão sozinho. Ela deu um sorriso eles chegaram a garota deu algumas batidas logo foi aberta quando ele colocou a cabeça para fora ele encontrou uma cena não legal primeiro: sua ex e segundo: o rosto de desprezo sobre si mesma, Sofia se virou para ela e disse. -Qual o seu nome? Ela sorriu.- Jessica. -"Bem, Jessica, você já esta entregue se precisar de ajudar pode fala com qual quer um que eles irão lhe ajudar. Ela deu a Cedric um olhar mortal.

Ela não estava acreditando que o feiticeiro a fizera uma idiota, ela estava com raiva, ela queria explodir, ela foi ao quarto e deitou-se na cama quando ela deu fé sla estava chorando, respirou fundo e foi tomar um banho de banheira  ela iria tentar esquecer o que acabou de acontecer, algo que seria difícil, ela queria sumir para Nárnia.


Notas Finais


Eu espero que vocês tenha gostado desse capítulo oque vocês acham que vão acontecer no próximo?

P.S leiam minha nova fanfic do wattpad.

2: Faceless Friends


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...