História Softcore - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Sarutobi, Shikamaru Nara, Tayuya, Temari
Tags Gaaino, Naruhina, Narusaku, Romance, Sasuhina, Sasusaku, Shikatema, Songfic
Visualizações 56
Palavras 510
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Música: gnash - the broken hearts club

Olá pessoas! Espero que estejam gostando da fanfic. Se tiverem dúvidas podem perguntar que eu respondo.

Mas vou deixar algumas aqui e possível spoilers.
Bom, como eu disse eu vou retratar um amor obsessivo na fanfic, com violência.
Naruto ama Sakura e se ela quisesse ele largava Hinata num estralar de dedos (não ela, não viraria pó #vingadoresreferencia) mas ele não odeia Hinata, mas as vezes ele tem raiva sim ( não preciso explicar que raiva e ódio são dois picos diferentes né?). Mais pra frente vocês vão entender. Ele vai suportar muita coisa pela Sakura, pelo amor que ele sente por ela é isso bom, traz algumas consequências. Haha
E isso! Espero que estejam gostando
PS: os capítulos são pequenos, e vão continuar assim, acho mais tranquilo pra mim e até pra vocês.

Beijos.
Ryu.

Capítulo 5 - Cúmplices


— Sakura! Que saudades — Esquanto retribuo o abraço forte e longo de Hinata encaro Naruto que estava parado no batente da porta. Não estava tão frio mas ele vestia um sobretudo marrom e uma calça jeans escuro. No rosto um sorriso genuíno que me fez sorrir de volta.

Sorriso de amantes

Sorriso de cúmplices de um segredo

Dei espaço para os dois entrarem no apartamento, Hinata não parava de falar um segundo sequer, as vezes fazendo Naruto concordar com tudo, outras vezes me fazendo concordar com tudo, as vezes fazendo ambos concordarem.

— Me conta as novidades Sakura, arrumou um namorado? — fiz um esforço para não engasgar.

— Não, Hinata você só ficou três dias fora, como iria arrumar um namorado em três dias? — sorri nervosa passando meu olhar dela para Naruto que sorria se divertindo com a situação.

— Hm, então por que tem roupas de homem jogada pelo corredor? — meu sangue congela e o sorriso de Naruto some. 

Nós somos a decepção, nós somos os mentirosos, para onde os perdidos vão e se identificam

Como fui idiota a ponto de não perceber aquilo mais cedo? Eu estive tão fora do ar a ponto disso ter que acontecer?

— Er...hm, bom... Eu posso explicar — disse enquanto colocava as xícaras em cima da mesa de centro da sala. Pequenas xícaras rosadas com flores. O bule tinha o mesmo tom e as mesmas flores.

— Querida não precisa explicar agora, mas quando estivermos só nós duas quero saber T U D O — ela sorriu e deu uma piscadela pra mim.

Após juntar as roupas de Naruto, me juntei a eles e conversamos a tarde toda, as vezes eu e Naruto trocavamos olhares e até um beijo quando Hinata foi ao banheiro. Rimos e brincamos como se não estivesse nenhum segredo ali.

Mas todos temos pecados

No cair da noite Hinata novamente me deu um abraço de despedida, prometendo me visitar mais vezes. Naruto me deu um abraço também, rápido e discreto e logo depois pegou a mão de Hinata.

Fiquei na porta os observando até sumirem do longo corredor do prédio. Hinata irradiava felicidade segurando a mão de Naruto que sorria para ela.

Já eu irradiava tristeza

Escorreguei pela porta enquanto lágrimas escorriam pelo meu rosto. Lágrimas grossas carregadas de toda tristeza que carregava no meu fardo. 

Amar o Naruto dói, dói constantemente

Amar a Hinata dói, dói constantemente

O que devo fazer mãe?


Eu preciso de um anestésico para emoção, eu preciso de um entorpecimento do meu cérebro

                         

— Naruto-kun

— Hm?

— Sakura me contaria se tivesse um namorado né?

— Acho que sim

— Então por que ela se enrolou para explicar as roupas masculinas no chão?

—  Não sei Hinata, talvez ela tenha ficado contrangida de explicar. — estava nervoso, mal sabia o que estava falando mas torço para que ela acredite. A maior qualidade de Hinata é ser tapada.

— Verdade né? Sakura sempre foi tímida— Ela sorri sincera com certeza lembrando de Sakura. — Naruto-kun, me desculpe por bater em você novamente, foi coisa do momento.

_ Tudo bem, já estou acostumado com seu temperamento.

Somos os mais novos membros do clube dos corações partidos




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...