1. Spirit Fanfics >
  2. Sol e Lua. - Noah Urrea e Sina Deinert. Noart >
  3. Ich liebedich, Noah

História Sol e Lua. - Noah Urrea e Sina Deinert. Noart - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Oii.
Olha quem voltou,gente agradeçam à quarentena, porque eu acho que me deu a doida e eu arquivei todas as fics inclusive essa, que foi sempre meu xodozinho, a última vez que att foi em outubro do ano passado,ou seja tô devendo uma maratona dos 100 fav que a gente conseguiu,me perdoem mesmo... Boa leitura.

Capítulo 19 - Ich liebedich, Noah


Chovia muito durante o caminho,mas o conforto no carro anulava tudo, Noah dirigia atento à tudo que envolvia a pista, eu o observava com atenção a cada detalhe daquele rosto, as vezes acho que o Noah foi uma bênção pra minha vida.

-- O que foi Sininho? -- Ele falou colocando sua mão sobre a minha.

-- As vezes eu não acredito que você gosta de mim -- eu falo e ele sorri.

-- Eu amo você -- Ele fala e eu o encaro,minha boca se abre em um imenso ó.

-- Noah eu não sabia que você sentia tudo isso. -- Falo e ele sorri.

-- Eii para de me olhar eu preciso me concentrar -- Ele fala e eu me encosto no banco rindo.

Fecho meus olhos e acabo adormecendo.

------------------------------------☆☆------------------------

-- Sina?? Amor?? -- Ouço Noah me chamar.

-- Oi -- Falo ainda tentando acordar.

-- Bem vinda ao Paraíso -- Ele fala me carregando.

-- Ai meu deus Noah, me põe no chaaao -- eu falo gritando enquanto ele corria o quintal do casa.

-- Pera, pera, pera. -- Eu falo e ele de repente para de correr.

--  a gente não ia ficar em um hotel? -- pergunto e Noah ri.

-- Essa casa era da minha familia,a Linsey nunca veio aqui.-- Ele fala e se deita na grama me pondo em cima dele.

-- Sabe o que eu lembrei agora -- Ele me olhou franzindo a sobrancelha, eu estiquei minhas mãos e fiz cosquinha nele.

-- Você  sabe que eu não tenho cosquinha-- ele fala sem sentir nada, mas antes que eu pudesse fazer algo ele inverte as posições e passa seus dedos por dentro da minha blusa  me fazendo cosquinha na barriga.

-- Noah P-Para,A-Amor -- Eu falei e ele ri junto comigo. 

-- só paro com uma condição, quero um beijo -- ele fala e eu dou um sorriso. 

-- essa oferta é irrecusável senhor urrea -- Eu falo me aproximando do seu rosto lhe dando um selinho.  

-- Ei, ei, eu quero um beijo decente -- Ele fala e eu o puxo pela gola da camisa,e o beijo, seus labios, tinham uma dança perfeita com os meus,sua língua  percorria toda a minha boca,eu nunca havia beijado ninguém com tanto desejo quanto eu beijava Noah.

-- Você esta ouvindo o mesmo que eu? --pergunta e eu de repente ouço dont stop me now tocar nas caixinhas de som do vizinho, Noah me olha.

Eu começo a dançar que nem uma louca no gramado.

-- Sina, Eu te amo  -- Noah fala e de repente começa a batida da música. Antes que eu pudesse falar algo os regadores automáticos ligam fazendo uma chuvinha, eu e Noah pulavamos no gramado como duas crianças , o seu cabelo já molhado devido à  água só o deixava mais sexy, de repente ele parou

-- Olhe pra mim  -- ele falou e eu o olhei como se fosse a coisa mais preciosa do mundo. 

-- 𝑬𝑼 𝑨𝑴𝑶 𝑺𝑰𝑵𝑨 𝑫𝑬𝑰𝑵𝑬𝑹𝑻 -- ele gritou durante á música e todos nos olharam.

-- ich liebedich Noah -- Eu falei...


Notas Finais


Foi esse o cap gentee

Boa quarentena, não saiam de casa
Lavem as mãos
E passem o álcool em gel

Kisse kisses

3/7


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...