1. Spirit Fanfics >
  2. Sol e Lua (naruhina) >
  3. Alvo

História Sol e Lua (naruhina) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 2 - Alvo


Fanfic / Fanfiction Sol e Lua (naruhina) - Capítulo 2 - Alvo

 12 anos depois

 

Doze anos depois do ocorrido com Hinata. A mesma nunca mais viu oque supostamente era a criança mestiça. Agora Hinata com seus dezenove anos estava apenas "esperando para completar seus vinte e se casar com seu prometido. Toneri Otsusuki, ele era o prometido dela desde que nasceu. Mas Hinata não desejava se casar com Toneri, ele era metido e ríspido. Várias vezes conversou com seu pai para reconsiderar. Porém, Hisashi era um homem orgulhoso e rijido. Seu pai não iria desfazer o contrato que fez com o pai de Toneri

Hinata com o tempo foi ficando mais fria e arrogante. E com o passar dos anos, aquela menina tímida e doce deixou de existir. A mesma não aceitava a ideia de se casar com um homem que não ama. Toneri por sua vez adorava a ideia. Hinata era uma linda mulher, muitas vezes julgada a mais linda do clã. Seu corpo era divino, com curvas que todo homem que já avistou gostaria de se perder entre elas. Toneri estava mais que ancioso para se casar com Hinata e logo em seguida se apossar de seu esbelto corpo

Ele não ligava para oque Hinata era ou para seus sonhos e desejos. Sempre pensou em si mesmo apenas. Queria apenas ter seu corpo para si e aproveitar o máximo que puder, até se cansar e descarta-la como outras garotas que ficaram com ele. A morena odiava o Toneri com todas suas forças, mas seu pai era o líder do clã e todos os anciãos do clã acharam uma boa ideia casar os dois. Toneri pertencia a família Otsusuki e Hinata aos Hyuuga. Ambas eram famílias grandes e poderosas no clã dos anjos. E com o casamento de ambos, as famílias se juntaram e formariam uma só. Tornando seu poder inimaginável

Hinata estava na montanha do clã dos anjos, essa montanha era tão grande que alcançava o céu. Sua extensão era grande o suficiente para abrigar todas as famílias do clã anjo. Os outros clãs se localizavam em outras partes do globo, como o clã dos demônios ficava em uma enorme floresta com árvores vermelhas. Porém somente demonios poderiam tocar nas árvores, pois as folhas queimavam quem tocasse-as. Mas mesmo com o céu acinzentado e árvores amaldiçoadas as famílias dos clãs viviam em harmonia. A vida para eles era tão normal quanto a vida dos anjos

Como eu falava anteriormente. Hinata estava no Palácio de sua família, Apenas observando a lua brilhar sobre a montanha. Ela estava pensando em sua vida e escolhas que teria que fazer caso tivesse que se casar com Toneri. Mas sua mente é tirada se seus pensamentos ao ouvir o barulho da porta se abrindo

Toneri : ah, você está aqui. Eu estava te procurando, como você consegue fugir de seu marido? Eu estava tentando ser cavalheiro com você antes, aquele demonio estava te incomodando

Hinata : matar um demonio quando o mesmo estava se curvando para mim pedindo misericórdia não é cavalheirismo, é cruel e covarde. Lhe falta disciplina e respeito aos outros clãs

Toneri : "respeito"? Eu nunca irei respeitar os demônios. São vermes que merecem morrer cruelmente. Estava lhe fazendo um favor em te defender daquela monstruosidade

Hinata não estava mais aguentando a atitude de Toneri e então se aproxima dele e colocá-o contra parede segurando seu pescoço

Hinata : você é mesmo um egoísta que não tem respeito pelos outros ao seu redor. Esqueceu que a guerra acabou a anos atrás? Se descobrirem que foi você que o matou pode recomeçar a guerra e mais mortes aconteceram. É isso oque quer? Se tornar a vergonha do clã?

Toneri : H..Hinata! Está machucando!

Hinata : ótimo, era oque eu queria. É um fardo eu me casar com você forçadamente, por que se você não fosse meu prometido eu jamais o escolheria para se casar comigo

Toneri : mas você vai se casar comigo, ou seja não tem escolha ao não ser aceitar que esse casamento acontecerá. E quando eu me casar com você, será você que ficara contra a parede. Mas será na minha cama com você nua para mim poder aproveitar esse corpo

Hinata : nunca irei deixar que você encoste um dedo em mim, verme

Hinata solta o pescoço de Toneri e se vira indo em direção de da saída de seu quarto. Já fora de seu quarto, a mesma desce as escadas e segue até o campo de treinamento aonde costuma ir diariamente. Andando pelo campo de treinamento ela chega até uma árvore. o tronco da estava bem debilitado, nem casaca havia mais ali. Hinata entra em posição de ataque que sua família sempre faz e logo em seguida começa a dar sequências de ataques contra a árvore usando as palmas de suas mãos

Hinata : ha ha ha ha!

Fazia sons a cada batida mostrando sua disciplina em combate. Depois de um tempo ela começa a se empolgar e então começa a aumentar a velocidade, chegando a dar até alguns chutes contra a árvore. A morena então, da quatro golpes consecutivos. Cada golpe ia mais para cima que o outro, até que na tentativa de finalizar o golpe concentra uma porcentagem de poder nas mãos. Suas mãos ficam com uma chama azul. A morena estava quase encostando no tronco, quando sua mão é parada por Hisashi, ele a olhava sério

Hisashi : não fique empolgada, é apenas uma árvore. Não vai querer destrui-la

Hinata : perdão, pai

Hisashi : tudo bem, apenas nao faça isso de novo. Como sabe você tera que casar com Toneri depois de completar seus vinte anos

Hinata : sim, pai. Mas por que esta me falando isso?

Hisashi : pois terá que adiar seu casamento, tenho uma missão muito importante para você

Hinata : serio?! Quero dizer...qual missão?

Hisashi : já disse, não se empolgue. você precisa ser seria e se manter disciplinada. Bom, tem uma pessoa desconhecida que esta deixando todos da família Hyuuga preocupados. Todos estão comentando que pode ser o garoto da lenda do amor impossível. É meu dever deixá-los tranquilos como líder da familia. Não quero que esse boato se espalhe e chegue aos ouvidos dos outros clãs, isso pode causar um alvoroço

Hinata : por eue está passando essa missão para mim?

Hisashi : por que você já disse ter visto ele quando criança

Hinata : eu estava apenas delirando 

Hisashi : eu nao tive escolha, os anciões decidiam que você deveria fazer essa missão, ja que as outras pessoas da família Hyuuga vão achar que como você já disse ter o visto, irá reconhecer ele. E também eles escolheram você por que confiam em você

Hinata : certo, onde fica esse desconhecido?

Hisashi : eu enviei cinco homens para tentar encontrar ele. Nessa mesma noite eles voltaram para que e ao amanhecer você irá junto com eles

Hinata : e qual sera minha missão?

Hisashi : ficara um tempo vigiando ele, pesquisando seus poderes e habilidades. E assim que achar que irá conseguir derrota-lo. Espere ele estar desprotegido e mate-o. Depois de completar sua missão traga alguma coisa para sabermos que o derrotou

Hinata : quanto tempo sera?

Hisashi : o tempo que for necessário para você

Hinata : tudo bem, ao amanhecer irei para a missão. boa noite, pai

Hinata se despede de seu pai e vai para seu quarto dormir. Em sua cabeça ela acreditava que oque ela viu não era real. Que sua cabeça infantil imaginou coisas. A morena não deu muita atenção para esse tipo de pensamento pois pegou no sono rápido

Ao amanhecer Hinata já estava da pé pronta para a missão, na frente do palacio. Vestindo seu kimono branco com detalhes vermelhos e segurando sua máscara que parecia um rosto de gato com detalhes vermelhos e brancos, combinando com seu kimono

Alguns minutos depois cinco pessoas chegaram até o palácio e então entraram em contato com a perolada

Hiki : olá senhorita Hyuuga, eu vim...

Hinata : me levar até onde esse desconhecido está, eu já sei. Bom, me diga aonde fica? não quero atrasar nenhum minuto para começar essa missão

Hiki : eu meus companheiros iremos te mostrar o caminho. Não se preocupe, ja sabemos onde fica. Antes que pergunte

Hinata : espero que não esteja debochando de mim com essa fala. Vamos logo para o local ds missão como disse antes. Nao quero atrasos, então não me atrasem também

Hiki : mas senhorita, permita eu pelo menos apresentar meus com...

Hinata : não sera necessário, vamos de uma vez

Hiki : certo, vamos então

E assim os seis foram a caminho da missão. Sua missão durou três dias, nesses tres dias os cinco que a levariam na missão começaram a odiar a morena pela sua arrogância. Eles não a desafiaram pois sabiam de seus feitos e que sua força era grande comparado as deles, mas nao estavam aguentando mais

Hiki : estamos perto do local aonde ele fica. É em uma caverna, mas ele sempre fica em cima de uma pedra meditando

Hinata : certo, me levem até essa pedra

Hibi : a essa hora ele deve estar meditando, suas meditações já chegaram a passar de cinco horas

Hinata : meditação? Que bobagem, isso não serve para nada. Apenas me leve até lá para eu ver quem terei que matar

Hiki : certo, vamos com silêncio. Ficaremos em cima de uma árvore, ele não nos notou da última vez 

Os seis caminham até perto da rocha, Hinata olha para a rocha e levanta seu rosto para ver o topo dela. E quando ela vê seus olhos brilham, havia uma pessoa no topo. Ou melgor dizendo, meia pessoa. Ele tinha olheiras pequenas de raposa e nove caudas da mesma cor. Seus olhos eram azuis como o céu, e seu cabelo amarelo como o sol. Vestia um lindo e grande kimono branco com detalhes em preto. Seus braços tinhsm várias faixas

Hinata chegou a tirar sua máscara para observa-lo. Era lindo, só oque vinha em sua cabeça era isso. Ele meditava com seus olhos fechados, ele passava uma energia boa para Hinata. Passava uma dnergia que sempre desejou sentir...paz, ela se perdeu olhando ele. Ao redor da pedra havia um lindo lago

O loiro se levantou ainda de olhos fechados e se posicionou. Seu pé esquerdo com leveza foi para trás de seu corpo, sua mão esquerda também foi para trás no corpo. Porém ela ficou dm sua cintura com a palma aberta. Sua mão direita ficou levantada para cima. Aos poucos o barulho da chuva foi aparecendo e oque era um dia limpo virou em um dia chuvoso

Hinata : oque ele está fazendo?

Hiki : você verá

As gotas de água acertavam o corpo do loiro. Porém uma gota, uma única gota caiu em sua palma da mão. Porém essa gota não se desfez, ela começou a caminhar pela mão do loiro. Aos poucos ele foi se movimentando e trocando de mão. Até que ele em um movimento rápido ele jogou a gota que voou até a árvore onde eles estavam. A gota atravessou o tronco, assustando todos

Hibi : ele sabe onde nos estamos, temos que atacar antes que ele

Hinata : não, você ira estragar a missão

Hiki : a missão já estragou, vamos todos

Os cinco : hai!

Os cinco guerreiros dos Hyuuga ficaram ao redor do lago enquanto Hinata permanecia escondida na árvore. Um estrondo enorme acontece no local. Uma enorme fumaça sobe e um rugido auto é escutado. Quando a fumaça se dicipa todos so redor ficarsm com os olhos arregalados. Uma raposa de cerca de 4 metros de altura estava na frente do loiro que por sua vez estava acima da cabeça da besta

Kurama : eu senti a presença de varias pessoas então vim direto para aqui, irei lhe ajudar

Naruto : não sera necessário...Kurama

Hiki : oque é isso?!

Hibi : uma besta!

Tokan : essa é a raposa demonio de nove caudas! A lenda era real! Esse é o mestiço que carrega a raposa demonio consigo!

Mibi : vamos atacar! Eu quero sentir seu poder!

Naruto : vocês não precisam partir para o ataque, não é necessário

Mibi : você é uma maldição! Precisamos eliminar futuros problemas para nosso clã! Ataquem!

Os três entram no lago e os dois restantes ficaram na terra firme a penas observando-o

Naruto : se querem desse jeito, que assim seja

Naruto pula da cabeça da besta e vai em pé na água. Seus pés ficarsm por cima da água, aquilo impressionou a todos

Hibi : como?!

Naruto vai para cima de Hibi primeiro, o mesmo pega sua katana e tenta acertar o mestiço. Naruto pula por cima do ataque da katana e acerta um chute em Hibi o desmaiando

Hiki : droga! Ele é rápido! Temos que ser cuidadosos

Naruto vai até Hiki dessa vez, em um único pulo Naruto ficou por cima de Hibi e levou outro chute no pescoço do mesmo que ficou inconsciente. Entso Naruro segue seu caminho até Mibi que estava com um sorriso no rosto

Mibi : isso nao vai funcionar comigo

Mibi puxa o ar com toda sua força e solta uma bola de fogo que vai em direção de Naruto. O loiro colocá suas duas mãos na água e a mesma comeca a ficar agitada, em segundos as agitações formaram ondas enormes ficando na frente da bola de fogo que vinha a todo vapor. O fogo e a água se chocaram, o fogo e capotou com a água

Mibi : oque?!  C..como?

Do meio da água que voltada ao tamanho normal saiu Naruto, o mesmo estava com um olhar calmo de sempre. O loiro segurou o braço de Mibi e acertou um ponto vital com a palma da mão. Mibi ficou agonizsndo de dor e desmaiou

Tokan : ele preveu nossos movimentos? Como?

Naruto : Kurama!

Kurama : hai!

Kurama bateu suas mãos contra a água formando uma gigantesca onde que Naruro usou para proporcionar ele até os dois guerreiros restantes

Mabi : ele está vindo! 

Naruto ficou em pé na frente dos dous em terra firme. Ele estava apenas esperando que um dos dois se mexechem. E foi oque aconteceu, Mabi e Tokan foi até Naruto. Mabi carregava uma katana enquanto Tokan uma kunai. Naruto segurou as duas armas com suas próprias mãos. Logo em seguida Naruto deu um salto e atingiu os dois ao mesmo tempo. No final do confronto os cinco estavam desmaiados e Naruto permanecia de pé

Hinata : ele é forte, muito forte...

Kurama : Naruto

Naruto : eu sei...deixe-a Kurama

As feridas de Naruto ja aviam se fechado. A mistura de dois clãs muito fortes fez com que seu poder de regeneração fosse alto comparado aos dos outros clãs. Uma ferida como aquela se curava em segundos 

Kurama : Vamos garoto

Naruto : não, eu irei levar eles para fora daqui, não quero me encomodar quando eles acordarem

E assim Hinata reencontrou o garoto da lenda

 

Continua...


Notas Finais


Então esse foi o episódio de hoje
Espero que vocês tenham gostado

Não esqueçam de comentar sobre que parte mais gostaram

Ideias, opiniões e até mesmo teorias são muito bem vindas

Até o próximo ep tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...