História Solangelo - Família Sol e Família Lua - Capítulo 19


Escrita por:

Postado
Categorias As Provações de Apolo (The Trials of Apollo), Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Bianca di Angelo, Calypso, Charles "Charlie" Beckendorf, Frank Zhang, Hades, Hazel Levesque, Jason Grace, Júniper, Leo Valdez, Luke Castellan, Nico di Angelo, Octavian, Percy Jackson, Perséfone, Piper Mclean, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Silena Beauregard, Will Solace, Zoë Nightshade
Tags Apollo, Nico Di Angelo, Percy Jackson, Pjo, Solangelo, Wiil Solace
Visualizações 92
Palavras 1.746
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Lemon, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi amores 😍😍😍
Mas um capítulo como prometido 😘
Ontem não deu tempo de eu postar por isso estou postando hoje 😚
Espero que gostem 😙

Agradeço os comentários de :

~Kimioko
~Eclipse8
~TheThinker14
~Brulipi

Capítulo 19 - Cap 19 - Aquele Picolé de Doce de Leite Condesado


Fanfic / Fanfiction Solangelo - Família Sol e Família Lua - Capítulo 19 - Cap 19 - Aquele Picolé de Doce de Leite Condesado

Will POV


Cara não vou sei o que estava dando em mim naquela cafeteria, acho que o café estava muito quente só podia ser isso.


 Senhor vai querer mais alguma coisa? - ouço o Nico.


Pura que pariu, ele estava muito gato para caralho com aquele uniforme.


 - A única coisa que eu quero, é saber quando vai ser seu intervalo -falo olhando para ele.


Ele olha para mim e depois para o relógio.


 - Daqui a 10m, Will - ele sorri e eu retribuo.


Nico volta para onde saiu enquanto continuo sentando com o Jason, nem lembro mesmo o motivo dele ter vindo comigo, mas suponho que é para valiar meu namoro para ver se aprova ou não, até parece ser um dever de um irmão mais velho, até mesmo o Dakota que era o mais velho (menos do Luke e Harmonia) e mais calmo dos meus irmãos ficava com ciúmes quando uma irmã ou irmão começa a namorar, lembro que ele, Jason e Octavian ficaram 5 meses em cima do namoro de Thalia e Luke, mesmo o conhecendo por anos.


 - Pronto ja bati o ponto - aparece o Nico em meu lado - graças a Deus uma pausa.


Ele senta junto comigo e o Jason ja com um refri de 700ml e batatas fritas com um pedaço de pizza.


 - A vantagem de trabalhar aqui é que é graça o lanche que a gente pega no intervalo - ele morde um pedaço de sua pizza e sorri para mim.


Ele nos contou sobre como estava indo seu primeiro dia e ficamos pasmo ao ver que a Reyna estava usando aquele uniforme que ao meu ver era até bonito, mas nada a ver com ela a força, depois a gente até mudamos o assunto é começamos a falar sobre o namoro de Percy e Annabeth.


 - Por favor Jason, não conta nada para a Annabeth sobre a gente ser pobre - fala o Nico um pouco preocupado.


Eu ja tinha falado para ele que meu irmão estava de boas, mas acho que até eu iria querer ter a certeza ao vivo mesmo.


 - Okay, tudo bem Nico - Jason sorri simpático para ele - eu até gosto do seu Irmã, e faz tempo que nunca mais vi a Annabeth feliz e apaixonada, mas… - ele muda para uma expressão mais seria - ... apesar dele ser legal ele precisa contar para ela, o que a Annabeth mais odeia da vida é mentira, não quero que ele estraga esse relacionamento bonito, e ele sabe que precisa falar, então em minha opinião o quanto mais antes melhor.


Eu via o quanto o Nico estava atento a tudo que meu irmão falava, a mesma preocupação do Nico com o irmão dele, era a mesma preocupação do Jason com a nossa irmã, realmente a Annabeth tinha passado coisas muito ruins no passado, lembro que uma mentira ja quais tirou a vida dela por pouco, aquela tempo… sonho para que nunca mais volta.


 - Então… - Jason sorri e se levanta - eu ja tenho que ir eu ainda preciso fazer meu exercício diário.


 - Okay, até mais Jason - falo para ele, enquanto Nico acena para ele antes dele sair pela a porta.


 Depois do Jason foi embora e percebo que o Nico já acabou seu lanche, vejo que ele começa a mecher em sua celular, venho visitar ele, e ele começa a mecher em seu celular?, coloco uma das minhas em cima de sua mão que está descansando na mesa o que faz ele olhar para mim e sorrio para ele.


 - Você poderia dar mais atenção a mim amor - olho para ele sorrindo.


 - Então - ele desliga seu celular e pega minhas mãos com as dele - o que meu raio de sol quer?


Olho para ele um pouco envermelhado, não vou menti para vocês eu tô morrendo de tesão por ele, e faz quais um ano que não transo, além de eu só estou namorando ele só a 3 dias, será que ele já iria me achar muito perverso se eu querer transar com ele sem ao menos fazer 1 mês de namoro? Se que saber quem não arisca não petisca.


 - Então modo posso falar isso - olho para ele que está olhando diretos aos meus olhos - eu sei que não temos nem se quer 1 semana direito de namoro, mas eu gostaria ja de tentar com você.


Nico segura uma das minhas mãos fortes e se levanta, me levanto junto com ele que já está praticamente me arrastando para o outro lado da cafeteria, eu quais nem conseguia acompanhar os passos, quando percebi eu já estava subindo umas escadas junto com ele, até que paramos na frente de uma porta escrita trocador masculino, ele abre a porta e me joga para dentro do escuro, quando olho para atrás ele liga a luz deixando o lugar iluminado e ja fecha a porta com a chave e deixa ela na tranca, normalmente nunca da para abrir uma porta fechada com uma chave dentro do outro lado.


 - Nico o que você está fazendo ? - pergunto olhando para ele sem entender nada.


 - Vamos direto ao assunto Will - ele olha para mim com um sorrisso safado - você quer tentar agora? se não quiser eu entendo.


 Me levanto e empurro ele para parede ja logo puxando um beijo de seus lábios, quando percebo sua língua ja esta dentro de minha boca fazendo a minha entrar na sua.


Nico POV


Quem diria que no meu primeiro dia de trabalhado eu estaria com meu namorado aos amassos dentro do trocador, do jeito que o Will me beija, me leva a loucura esse jeito esta me deixando tão submisso a ele, além dele ser mais experiente do que eu, a única coisa que eu já tinha chegado no máximo com um garoto só foi beijos e amassos mesmo e ainda com meu irmão Percy, sinto o Will arribando minha camisa branca com uma de suas mãos e com mesma começa a decorrer meu abdômen fazendo eu suspirar.


 - Que sortudo eu sou - ele fala dando uma pausa em nosso beijo logo ja voltando a me beijar antes de eu responder.


Esse cara estava me deixando a loucura, ele me pressiona mais na parede e sinto como ele estava se sentindo, sinto seu membro duro enroscando com meu meu ja ereto ja fazendo eu soltar um gemido baixo entre o nosso beijo o que o mesmo faz também, mão que antes estava brincando com meu tanquinho sinto ela descer mais e abrir o botão de meu short, olho para ele que está olhando nos fundos dos meus olhos como se pedisse permissão o que eu retribuo acenando.


Will desde um pouco e começa a chupar meu pescoço o que me faz gemer baixo, cara esse menino é muito bom mesmo no que faz com certeza iria deixar marca, mas eu ia deixar bem à vista para mostrar que tenho dono, sinto suas mãos na minha camisa querendo puxar ela para cima e facilito seu trabalho ajudando no processo, ja estava assim eu encostado na parede sem camisa com o zíper de eu short aberto e meu namorado entre o meu peitoral chupando minha pele.


 - Hoje você não vai sair se não tiver todo marcado - ele fala descendo um pouco mais para o começo do meu abdômen.


Enquanto ele já estava na metade de meu abdômen chupando sinto eu short caindo até meus pés e minha cueca box sendo tirada devagarinho, fecho meus olhos e deixo os toques dele me guiar, quando ele está baixando quais todo minha cueca sinto uma mordida em meu caminho da felicidade o que faz eu gemer um pouco alto.


 - Will vai logo - falo já suando, realmente ele era muito devagar, mas não sei se é porque ele é assim ou se é de propósito.


 - Você que manda meu caro amor - ele me responde olhando para cima com um sorriso malicioso.


Não sei como, mesmo eu pedindo para ele ir logo, eu não estava preparado, eu pensei que ele iria demorar mais um pouco, mas quando percebi ele já estava com a metade de meu membro na boca dele, porra esse cara é muito bom, ele começa com os movimentos de vai e vem o que já começa a me levar a loucura, uma pergunta que nunca sai da minha cabeça que gosto o pênis tem para as pessoas adorar chupar, acho que eu vou perguntar depois a o Will sobre isso.


 - Awwwn Will - gemo no momento em que ele literalmente morde o meu membro.


Cara esse filho da mãe é um pouco sádico hem, sinceramente eu luto com a vontade de colocar a mão na cabeça dele para acelerar mais, mas não sei se ele gosta disso só sei que muitos odeia quando o parceiro faz isso.


 - Will awwwn - gemo ao tentar falar - eu acho que awwn… cara, você é o cara que mais me fez gemer awwn… em um boquete - gemo - mas tô quase lá.


Não sei se ele ouviu direito o que eu estava tentando falar, mas parar foi o que ele não fez, e sim aumentou mais o ritmo, sabe quando você senti que vem uma aura de tranquilidade e cansaço ao mesmo tempo, então quando eu ejaculo na boca dele se não tivesse a parede atrás de mim eu teria caído, eu estava zonzo, fecho os olhos e espero uns 5 segundos para eu me recuperar, quando  eu abro meus olhos o Will já estava em pé me olhando.


 - Cara se tem gosto de leite condensado literalmente - ele me olha sorrindo.


Sorrio ao ouvir aquilo dele e levanto minha cueca em seguida o short ja fechando zíper, pego um desodorante que estava em minha mochila e passo, eu estava totalmente suado, coloco minha blusa branca em seguida o boné, olho para ele que ainda está sorrindo.


 - Cara esse foi o melhor boquete que eu tive em toda minha vida - olho para ele surpreso.


 - E terá mais como esse no futuro - ele abri mais seu sorriso e se aproxima de mim me dando um selinho - vai rápido tem 2 minutos para bater seu ponto.


 - Okay amor - respondo ele é vou logo para a porta abrindo ela rápido e saio quais correndo para bater o ponto.


Notas Finais


Amores espero que tenham gostado 😍
Não se esquecem de comentar e favoritar 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...