História Solangelo - Família Sol e Família Lua - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias As Provações de Apolo (The Trials of Apollo), Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Bianca di Angelo, Calypso, Charles "Charlie" Beckendorf, Frank Zhang, Hades, Hazel Levesque, Jason Grace, Júniper, Leo Valdez, Luke Castellan, Nico di Angelo, Octavian, Percy Jackson, Perséfone, Piper Mclean, Rachel Elizabeth Dare, Reyna Avila Ramírez-Arellano, Silena Beauregard, Will Solace, Zoë Nightshade
Tags Apollo, Nico Di Angelo, Percy Jackson, Pjo, Solangelo, Wiil Solace
Visualizações 183
Palavras 1.063
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Lemon, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui pessoal o último capítulo de hoje 😙
Sábado terá o quinto capítulo ❤
Espero que estejam gostando 😍

Capítulo 4 - Cap 4 - Sentimentos Confusos


Fanfic / Fanfiction Solangelo - Família Sol e Família Lua - Capítulo 4 - Cap 4 - Sentimentos Confusos

Nico POV

Eu estava sentado comendo com a Thalia e o Jason, em minha opinião era os únicos dois que prestavam da família Sol, de vez enquanto eles perguntava porque eu comi a comida dos bolsistas, mas simplesmente respondia que eu esqueci o dinheiro, olhei para onde o Will estava e lá estava ele sentado com minha irmã Reyna, não sei como ela aturava ele, voltei a atenção a minha comida, aquilo parecia uma lavagem, mas fazer o que ou era aquilo ou fome, não sei o porque, mas o Will chamou minha atenção de novo quando ele se levantou, quando ele estava indo em direção de meus irmãos eu percebi que ia dar merda, olhei para o Percy que estava com a Annabeth em outra mesa e  fez um não com a cabeça para mim não me intrometer, olhei de volta a única coisa que vi foi o Will virando aquela lavagem em cima da cabeça do Leo, não aguentei mesmo eu não sendo um dos melhores irmãos, eu não deixaria meu irmão ser humilhado daquele jeito, quando fui ver eu ja tinha acertado um soco no rosto do Will.

Até que aquele filhinho de papai não era fraco, depois de eu acerta o rosto dele ele me deu um soco na minha boca fazendo um rasgo na meu lábio inferior, se eu não gostava daquele garoto, agora eu mais odiava ele, dei outro soco nele fazendo ele cair no chão e ja me amontei em cima dele dando uns soco na cara dele, mas por estranho que parece eu me envermelhei quando senti seu membro em baixo de mim, foi o momento certo dele me virar e  começar a me socar também, acabamos sento separados por Percy e Jason.

La ja estava eu na enfermaria levando os curativos, enquanto o Will estava na outra ala, a diretora acabou deixando eu e ele em detenção depois da escola oque fez eu ficar com mais raiva, andei até a detenção e fiquei la sentado com uma cara de cu vendo o Will entrando também com a mesma cara.

- Filhinho de Papai - falo olhando para ele.

- Maconheiro - ele olha para mim.

- Arrombado - retruco.

- Teu cu que está mais arrombado - ele responde.

- Quer conferir - respondo sarcástico fazendo ele ficar vermelho.

Depois de eu falar aquilo ele se aquetou na carteira dele e ficamos em silêncio até a hora da detenção passar, sai daquela sala indo direto para fora e logo visto a Silena com a cabeça dentro de um carro de um dos outro aluno, vou até la com a cara fechada e tiro ela fazendo o cara meter macha na hora.

- O que você está fazendo Nico? - ela olha para mim.

- O que você estava fazendo? - olho para ela.

- Eu só estava conversando com um colega só isso- ela responde.

- Olha Silena não nasci ontem, para de ir para a cama com todo garoto bonito da escola e o Charles se esqueceu dele?

- Nico, eu e o Charles não temos futuro - ela olha para mim triste - eu amo ele, mas você sabe eu não quero continuar pobre para sempre ele é só um ajudante de mecânica do papai e mamãe.

- Olha Silena você que sabe - olho para ela - mas sabe que ele te ama muito.

Ela só olhou para mim e abaixou a cabeça, ela não era uma má garota, só estava fazendo as coisas erradas então decido abraçar ela, então pego na mão dela e começo a andar com ela em direção da nossa casa, eu tenho uma mania de andar de mãos dadas com minhas irmãs as vezes as pessoas pensa que a gente somos namorados em vezes de irmãos fazendo eu e elas tirar sarro.

Quando a gente entramos em uma rua conhecida vimos ja a Hazel andando com duas sacolas cheias de compra, parecia que o papai e a mamãe conseguiram ter um bom dinheiro esse mês, sorrio e vamos até ela, pego as sacolas para ela e vou andando com elas ao meu lado.

- E ai como você maninha? - olho para ela.

- Melhor que o Leo - ela responde.

- Fiquei sabendo que ele levou um banho de CPB é verdade? - a Silena pergunta.

- Sim é verdade - eu respondo.

- Acho que ele nunca se sentiu tanto humilhado como antes - a Hazel fala triste.

- Quem foi o idiota que fez isso? - a Silena olha para mim.

- Foi o Will Solace - respondo jogando cada veneno que cada letra de seu nome - mas ja dei uma surra nele.

- E percebo que ele te deu também - ela toca no meu lábio fazendo eu levar um choquinho de dor.

- Ei não faz isso está sarando - eu respondo.

- Okay tudo bem - a Silena sorria.

- Nem sei como a Reyna consegui ser amiga dela - a Hazel fala.

- Nem eu entendo - eu olho para ela - mas depois de hoje divido que ela volta a falar com ele a Reyna é a que mais nos protege.

- Verdade - as duas fala em uníssono fazendo nós três rir.

Quando a gente entra em casa ouço que tem alguém no chuveiro, devia ser o Leo ainda tentando tirar a comida de seus cabelos eu iria depois falar com ele quando ela saísse, decido ir para o nosso quarto, apesar de nós termos muito pobres nossa casa tinha cinco cômodos, o quarto dos nossos pais, o quarto das meninas, o nosso quarto, a sala e a cozinha, então a casa era um pouquinho grande, mas se comparece com a mansão de qualquer riquinho daquela escola minha casa seria do tamanho só do quarto deles.

Deito em minha beliche e começo a mecher no celular e olho no istagram, passando as fotos aleatórias acabo vendo a foto do Will, aquele maldito, entro no IG e passo as fotos dele, até que ele era bem bonito, não sei porque  estou elogiando ele, mas verdade seja dita cada foto dele que tem no IG dele, acabo me corando quando vejo uma foto dela que está esta sem camisa e eu fico com raiva comigo mesmo por está corado com uma besteira daquela, o que estava acontecendo comigo?


Notas Finais


Espero que vcs tenham gostado desse capítulo amores 😍
Por favor não se esquecem de comentar e favoritar


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...