1. Spirit Fanfics >
  2. Solidão a Dois - Yoonseok (ABO) >
  3. Irei te salvar!

História Solidão a Dois - Yoonseok (ABO) - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Hehehe cap fresquinho povo... Desculpe a demora e o tamanho, mas daqui para frente vocês terão mais interação Yoonseok! Se preparem...

Boa leitura a todos

Capítulo 8 - Irei te salvar!


Fanfic / Fanfiction Solidão a Dois - Yoonseok (ABO) - Capítulo 8 - Irei te salvar!

O céu ainda estava nublado, mostrando que aquela tempestade não seria a única da noite, já era passado da meia noite, quando Hoseok entrava no seu quarto pela décima vez naquela noite, levando consigo uma bacia com água morna e alguns panos limpos, para limpar as feridas de Yoongi. 

Por mais que ele não entendia o motivo de estar fazendo isso, o mesmo se sentia na responsabilidade de fazer ao menos isso, pois, Yoongi abriu seus olhos, o deixou a par da sua situação, o tirou da manipulação de seu lobo, mesmo que isso tenha alguns danos em sua mente, pois a manipulação do mesmo era infalível, e ninguém até hoje o tirou dela, apenas Yoongi. 

E pensando nisso, o mesmo mergulhou o pano na água, sentindo o contato quente da mesma, o vapor que saia da bacia era inegável, a mesma estava pegando fogo, e ao torcer o pano, ele o colocou no braço de Yoongi, limpando seu sangue. 

Por mais que Hoseok, nunca tivesse tido contato com sua própria espécie, ele sabia se virar, gostava de ler e sempre praticou procedimentos cirúrgicos em seu próprio corpo, para caso algum dia precisasse deles para salvar a sua vida… 

Por isso era de se notar que o corpo de Yoongi, desnudo praticamente, estava cheio de pontos e algumas ataduras, por causa dos ferimentos. Se sentia culpado por aquilo, por isso estava mais que decidido em ajudá-lo… 

– Por favor, aguente firme! 

Ao ver que a bacia já estava toda vermelha, por causa do sangue do mesmo, ele se levanta e vai preparar outra água e tentar achar mais panos, pois os que ele estava usando não serviam para mais nada. Além do fato que estava muito frio, e Yoongi perdia rápido a sua temperatura… o que fazer? O que ele tinha que fazer? 

O mesmo se lembrou do seu aquecedor, perfeito para o inverno e para dias frios, assim que saiu do quarto, o mesmo foi para a cozinha na intenção de colocar outra chaleira com água, para esquentar… e por fim ir até o porão e ligar o aquecedor. 

Ele pensava em muitas coisas até sentir seu subconsciente pesar, seu lobo? Ele só se manifestava quando queria matar alguém, o que ele estava querendo? Parou de andar e fechou seus olhos. 

 

[Subconsciente de Hoseok P.O.V ON] 

 

– Ele está mentindo para você – rosnou. 

– Prefiro deixar que ele me mostre o motivo de estar aqui! – encarei meu lobo, pela primeira vez… coragem? Não! Estava apenas cansado.

– Não vai acreditar em mim? – ele vinha na minha direção – Justo eu que estive com você esse tempo todo? Lhe fazendo companhia. 

– Você quer dizer me atormentando? – ele parou – Com sua sede de sangue? 

– Está me enfrentando? Saiba que eu sou mais forte que você! 

– Você esquece de uma coisa – comecei a andar até o mesmo – Para você existir, eu preciso estar vivo – ele entendeu o que eu quis dizer.

– Que tal uma aposta? 

– Aposta? 

– Caso ele esteja mentindo eu assumo o seu corpo e você deixa de existir! Caso ele esteja falando a verdade… eu oferecerei minha força para você!

– Não vou fazer essa aposta, pois eu tenho certeza que ele não está mentindo para mim… agora se me der licença! 

– Você irá se arrepender disso. 

– Fique quieto – encarei com toda raiva que sentia dentro de mim, por aquele ser asqueroso, porque eu tive que ter ele como lobo? O que eu fiz? Porque? 

 

[ Narrador P.O.V ON] 

 

Ao recobrar a consciência, o mesmo percebeu que ainda estava na cozinha, então ele deixa a chaleira no fogão e vai rapidamente até o porão, pois tinha medo da água entrar em ebulição rapidamente e não dar tempo dele a utilizar. Por isso, como um foguete o mesmo foi até o porão e ligou o aquecedor, regressando novamente para a cozinha. 

Mas até aquele momento não havia nada de estranho, porém um cheiro estranho começou a impregnar na na casa inteira, um cheiro diferente de tudo… esse cheiro era dele… 

– Yoongi? 

O mesmo desligou o fogão e foi correndo até seu quarto, quando chegou no mesmo e olhou para cama, não avistou Yoongi, temeu em seu coração que sua casa havia sido invadida, mas como? Não sentia nada de estranho no local, apenas o cheiro forte em sua narina, ele não conseguia saber o que era aquele cheiro, mas sabia que era de Yoongi. 

Viciante! Essa era a palavra para explicar como Hoseok estava se sentindo, por saber que ele era um alfa, não sabia que seu cheiro seria tão forte assim… mas onde ele estava? 

Olhou rapidamente para o cômodo inteiro e não o encontrou, até escutar um barulho estranho atrás de uma porta… seu closet! 

– Min Yoongi? – teve medo, ele sentiu medo de não ser respondido.

– Hoseok? – ele apareceu na entrada do closet terminando de vestir a camisa de Hoseok, ela era verde, combinava com Yoongi e o deixava mais jovial. 

– Está melhor? – um fato que Hoseok e Yoongi sabiam, era que a sua espécie tinha uma peculiaridade diferente das demais: Fator de cura. Eles conseguiam se curar com facilidade, apenas se seu sistema imunológico estiver em perfeita sincronia… e como Yoongi ficou treinando seu corpo, era mais que verdade que ele iria se recuperar dos ferimentos, superficialmente.

– Um pouco – ele tentou caminhar mostrando que estava melhor, mas seu corpo quase vai ao chão – Mesmo que eu me cure superficialmente, ainda dói. 

– Me desculpe – ele levantou Yoongi e o colocou na cama, para que o mesmo descansa-se mais – Fique aqui e não de mexa, vou trazer algo para você comer.

– Não se preocupe! Estou bem melhor, só queria dizer que você luta bem! – pego desprevenido? Sim! 

– O-obrigado – o mesmo corou – Eu, queria saber… se.

– Qual é o motivo deu estar aqui? – ele o pegou de surpresa! – Eu já disse, para te salvar… mesmo que o governo tenha me contratado para uma outra coisa.

– Me controlar? 

– Exato! – ele suspirou e fez uma careta – Eu não acho isso certo, por isso não vou fazer nada que você não queria, só quero que saiba que eu e Lúpus iremos te tirar daqui… e você poderá viver de verdade. 

– Isso será impossível.

– Porque?

– Sou uma arma criada para matar, essa é a minha única função, eu não tenho sonhos… sou apenas isso! 

– Você é muito mais do que pode imaginar! Eu acredito que um dia você irá entender isso… só precisa acreditar! E outra… preciso avisar lúpus que eu consegui entrar e conquistar, nem que seja um pouquinho, da sua confiança!

– Como?

– Com esse rádio – ele tirou do bolso o mesmo e apertou o botão, esperou exatamente 6 segundo e a voz de Lúpus se fez presente, e a frase que ela disse fez Hoseok se emocionar. 

 

"Finalmente irei te salvar, assim como eu prometi… você é um homem livre Hoseok! Nunca se esqueça disso."

 

– Lúpus – sua voz ficou estranha por um momento e a íris de seus olhos mudou, o mesmo se sentia feliz, mas no fundo… bem no fundo tinha medo do que poderia acontecer, se o governo sonhar que eles estão os traindo, tanto a vida de Hoseok, Yoongi e Lúpus estariam em sério perigo. 

– Temos que nos preparar… pois o que vamos fazer irá desafiar um governo inteiro… e eu não vou parar até um dia você sorrir de verdade, estando livre de uma vez por todas! 

Diante tudo isso, Hoseok apenas assentiu, não conseguindo falar nada, pois seu coração, pela primeira vez se sentiu aliviado! 


Notas Finais


O que acharam????? Espero que tenham gostado!



Tão fofinhosssssss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...