História Solidão Meu Melhor Amigo - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Hospicio, Manicómio, Solidão, Terror
Visualizações 7
Palavras 796
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção Adolescente, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie
Espero que gostem desse Cap e eu tentarei postar um dia sim e o outro não.

Boa leitura🤗

Capítulo 2 - Conhecendo Novos Amigos?


-Dizem que são maníacos!

-Como pode ter tanta certeza disso? - Dizia Sr.Marques saindo da farmácia.

-Eu não tenho certeza... Eu acho.

-Olha eu não meu preocupo com eles.

-Com quem então?

-Com minha filha, eu tenho um certo receio de levar ela lá.

-Humm... Se eu fosse você levaria...

-V-você é louco??

-Não! Só imagino ela aprender sobre a mente humana e etcetera desde de pequena!

-Pensando bem... Parece ser uma boa ideia!

       *******

-Ola, voltei! -Falava Sr.Marques todo animado.

-Oii, trouxe as coisas?

-Claro esta ai na sacola, eu vou subir e tomar uma ducha...

-Então faz silêncio a Melyssa ta cochilando.

-Ok...

Logo apos terminar seu banho Sr.Marques conta para sua esposa sua ideia sobre levar a pequena ao hospício, mas ela não achava uma boa ideia ela ainda era muito pequena... Só tinha alguns meses de vida.

Mas como o Homem é "Implicante" consegue convercer sua esposa a levar a pequena com 5 anos ao hospício.

Os tempos passando e a Melyssa aparenta gostar bastante de coisas sobre o corpo humano e sua mente. Assim faz seu "pai" se entusiasmar mais, logo Melyssa faz seus tão esperados 5 anos...

-Melyssa!!! -Gritava sua mãe com muita animação.

-Espela! To descendo...

-Ainda falando elado hahaha - Dizia seu pai zombando da garota.

-Da pra parar?- Sua esposa ja tinha mudado todo o humor.

-Ok... E você pequena? Vai para o trabalho com o Papai hoje?

-Siiim! -Melyssa pulava no pescoço de seu pai quase fazendo o mesmo cair no chão.

-Ótimo agora vamos! Vou te apresentar a Todos!

-Ebaaaa!

     *********

-É aqui pai? E aqui? O papai!!!

-Calma Melyssa estamos quase...

-Ta,ta,ta! (Mais que chato!)

        <<13 minutos Depois>>

-Chegamos

Melyssa saltava do carro para entrar no trabalho de seu pai, mas enquanto seu pai trancava o carro ela corria ate que foi parada por um Homem bem alto que estava atrás de uma grade bem resistênte, mas também bem enferrujado, seria trágico se ele conseguisse sair dali.

-Hey! Então você é pequena Melyssa? - O grande homem que se escondia atrás das grades e da sombra do local.

-Eu acho que sim...

-Eu estava tão ancioso para---

-Melyssa! Saia dai esse "Homem" é... Bem um dos loucos daqui, então tente manter distância! - Sr.Marques parecia Bastante preocupado com Melyssa conversar com aquele "homem".

               • 3 Anos Atrás •

-Eu sei de tudo!

-Me conta outra... Você só é mais um louco que veio parar no Inferno!

-Huum... Ate possa ser, porem eu sei que você não pode ter filhos.

-M-mas como você soube disso?! É uma coisa pessoal!!

-Eu avisei... E quem avisa amigo é... E quem não escuta é mané!Hahaha.

-Voce é bem... Vamos dizer... Peculiar!

-Imagina! Eu sou bem normal! Tão normal que eu sei que daqui 3 anos você vai adotar a pequena...(Para e pensa...) A pequena Melyssa....

-Ok, você esta delirando! Vou chamar as enfermeiras para lhe dar o remédio...

-Certo... Mas não seu esqueça... Melyssa vai acabar com todos vocês...

-Chega! Levem ela para a "Sala"... AGORA!

-Idiota...

     *********

-Mas porque pai? Ele é.... Tão estranho...

-Porque ele é um dos piores! Agora vamos entrar para voce poder conhecer os Psicólogos daqui...

-Também.... (Eu. conheço esse homem de algum lugar...)

Enquanto Melyssa passava pelos loucos e loucas conseguia ouvir alguns gritando e dizendo que ela os tiraria de lá, mas claro seu Pai bem rígido tampou são ouvidos para não escutar oque os Maníacos falavam.

-Pai?

-Sim? O que quer me perguntar?

-Essas pessoas são tao ... Interessantes... -Melyssa aparentava estar calma ao dizer isso, ao contrário de seu pai que ficou perplexo.

-Você não é pequena demais? - Sr.Marques tentava mudar o assunto.

-Não...apesar que eu sinto que já estive aqui.

-Sim você esteve, mas foi lá fora onde eu te trouxe pela primeira vez.

-Mas... Eu sinto que ja estive trancada atrás dessas...paredes geladas onde o mundo é outra coisa... 

Ao terminar de dizer isso seu pai quase tem um mini infarto, pois ele ja tinha ouvido essas palavras a uns 5 anos atrás...

            • 5 Anos Atrás... •

-Você... Por que aje assim? -Perguntava o melhor Psicólogo daquele Hospício.

-Na maioria das vezes eu não ajo... Eu faço! - Assim dizia uma das piores e melhores maníaca daquele hospício.

-Entendo, mas pode me dizer por que foi internada aqui? -O Psicólogo arrumava sua postura para uma um pouco duvidosa.

-Me diziam que eu era normal, mas sempre soube que tinha algo errado comigo desdos 12 e 13 anos....espera eu tenho 13 hahahahah isso é tão... Maravilhoso! Não acha? -Como sempre essa maníaca complicava as terapias e conversas.

*Triim* *Triim*

-Bem parece que nosso horário terminou, amanhã continuamos, mas agora você ira conversar com o Dono então Colicensa.

-Claro meu caro Psicólogo! -Ela adorava provocar todos daquele hospício.

-Agora vou indo...

Assim que o Psicólogo sai da sala logo entra o Dono para tentar falar com a garota.

-Então... Como se sente? - O Dono tentava puchar assunto...

-Eu sinto que ja estive trancada atrás dessas...paredes geladas onde o mundo é outra coisa... 

-Então vamos ter que levar você para a outra sala ao lado, Ok?

-Fazer oque né? Bora lá então.

          ********

-Pai? Vamo continuar...









Notas Finais


Huum... Que história louca e peculiar, não?
Espero que tenham gostado e Boa Noite.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...