História Solitária - segunda temporada - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Tags Amor Doce
Visualizações 9
Palavras 1.615
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Self Inserction, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii leitores desculpe a demora e os erros de ortografia, escrevi as pressas kkk.

Bom tá ai

Boa leitura !

Capítulo 10 - Aprontando


Fanfic / Fanfiction Solitária - segunda temporada - Capítulo 10 - Aprontando

Pns Any

 

 

Três semanas  depois. 

 

   Querido diário , faz três semana que partiram meu coração,  como me sinto ? 

    Hahaha perigosamente... todos iriam conhecer meu lado mal , em especial " ele ". Anh doce veneno.... ele iria se arrepender de ter beijado a mongolóide

 

 

Comecei amanhã com um belo sorriso no rosto. Rosa ainda se mexia na cama babando no travesseiro ,enquanto íris e violete trocavam de roupa. E como não se usava uniforme eu iria aprontar ! Peguei um short  preto rasgatinho na coxa e uma  blusinha regata que benificiavam bem minhas curvas , sabia o quanto "Ele " odiava roupas muito provocativas em mim, não que ele não gostasse do meu corpo , mas era só dele e pronto... bem... era ...pois ele foi muito otário. 

 

 

____Pelo visto alguém quer chamar atenção hoje. ----íris deu uma risadinha com a alfinetada que violete me deu. Se bobiasse e falasse mais do que eu quero ouvir , violete também iria levar. Foda -se é minha amiga. 

 

___Pelo menos eu não fingo ser uma santinha do pau oco .-----Olhei furiosamente, violete se encolheu quieta , eu sabia que a tinha machucado com aquelas palavras, mais hoje ...a hoje todos iriam cair nos meus pés . Iriam conhecer a Any má. 

 

____Não precisava falar isso Any,  foi só uma brincadeira. ----senti o olhar inquietante da íris , revirei os olhos pegando minha mochila. 

 

____Não mandei falar o que não devia. ----lancei um olhar gélido as duas que me olhavam espantadas. Sai do quarto com um sorriso no rosto,  senti meu corpo esquentar, precisava mais do que nunca aliviar aquela sensação que me tomava por completo. Vi a diretora sair da sala delá deixando o pulguento com peggy, que resmungava que tinha mais o que fazer além de ser babá do mini cachorro. Um sorriso brotou nos meus lábios,  estava incontrolável. 

 

     Quanto pagariam pelo pulguento 

 

 

      

  Pns castiel 

 

Abri os olhos encarando o teto , sentia um certo vazio destroçar minha alma , uma infelicidade sem tamanho da qual sou esmagado todos os dias durante essas três semanas . Sabia que Any não voltaria,  dessa vez estava estampado naqueles olhos cheios de lágrimas ...malditas lágrimas que eu mesmo causei. Era minha sentença,  viver em um mundo onde sou odiado silenciosamente pela pessoa que amo.

 

____Vai ficar assim pro resto da vida. ----lysandre me encarou colocando a toalha no ombro .-----sabe o que deve fazer , por que não o faz ? 

 

_____Porque sei que não será a mesma coisa . -----suspirei, levantando da cama e indo até o closet. 

 

____Como pode ter tanta certeza. Any ama você seu Baka ! E esta tão mal que essas três semanas quase não aparece nas aulas .----Lysandre tocou meus ombros , visto que eu estava petrificado encarando o closet aberto .-----Não deixe esse sentimento morrer Castiel. ----Abaixei a cabeça pensativo,  algo em mim queria correr atrás mesmo levando um não na cara , mas a outra metade de mim se negava a machuca -lá outra vez. 

 

____Não vê ? Eu só faço mal lysandre!  Eu sou um veneno, que ela aguentou até onde deu . Não posso continuar com isso ..É  melhor eu voltar a ser quem eu era...----lysandre tirou as mãos do meu ombro se afastando. 

 

____Você é tão idiota ..----ele entrou dentro do banheiro sem me dizer mais nada,  fiquei vários segundos parado no mesmo lugar. Não queria ter que ir na aula,  não queria ter que vê -lá e percebe o mal que fiz. Mas precisava ....precisava seguir em frente e na minha cabeça eu começaria pegando a vadia mais gostosa da escola...

 

 

Pns samantha 

 

Levantei da cama com uma preguiça que eu conhecia bem . Andava pelos corredores totalmente distraída,  quando vi Any pegando o totó no colo .Ela tinha um sorriso no rosto ,que aliás em não via a semanas. Sorri de lado Indo para minha sala sem que ela me visse . Estava tão preocupada com minha irmã, que era até estranho visto que eu causei tanto mal. 

 

____Você já sabe o que tem que fazer...----ouvi alguém dentro da sala que estava trancada , meu senso de curiosidade apitou e eu fiquei a espreita em silêncio apenas ouvindo. 

 

____Eeh eu já sei ...Já bolei um plano. eu vou tirar tudo da Any! hahaha. ----ouve uma gargalhada seguida por um estralo de tapa. 

 

____Sua imbecil! ! Não fale o nome dela . Alguém pode ouvir. 

 

____ Ainda esta muito cedo , nenhum aluno vem a essa hora . Além do mais ...vai ter troco. -----uma voz que eu conhecia bem reclamou do outro  lado da porta e eu ouvi passos que me alertaram para sair dali . Corri o máximo que pude tendo certeza que elas não me viram . Me encostei na parede ofegante. Pondo tudo que eu ouvi em ordem. Elas iriam acabar com a Any e já haviam começado pelo Castiel. Mas o que elas não sabiam e que Any tem uma irmã diabólica . Já causei muito mal a minha irmã,  e ela me perdoou, mas mesmo assim ainda me sinto em dívida por ela ser a única me ama de verdade.   Se tem uma coisa que eu sei fazer bem é aprontar. Ahh e elas vão conhecer antiga samantha . A mesma que irá fazer o inferno na vida delas. 

 

 

      Quebra de tempo. 

 

Pns Any. 

 

Finalmente o intervalo havia chegado,  decidi ir ver se o pulguento estava bem . Afinal eu o sequestrei assim que peggy o  deixou  amarrado na sala da diretora . Se tudo desse certo eu realizaria um pequena travessura que desejava a anos. Entrei no ginásio que estava silencioso êxeto por um barulho que eu segui até os vestiários masculino. Me escondi o máximo que pude olhando por uma pequena fresta aberta na porta. 

 

____Ahhh Castiel.... vai mais rápido amorzinho....----senti meu coração gelar, minhas mãos ficaram trêmulas e quando já me dei conta , chorava como uma retardada. Era a ceninha de amor mais ridícula que eu já vi. Debran de quatro enquanto.... Castiel a comia.... Aquele maldito! !! Não consegui ver mais nada e tentei sair dali sem fazer barulho...mas inutilmente.... Corri o mais rápido que pude , sentindo suor frio escorrer no meu rosto.

 

____ANY  ! ....ANY ! ....POR FAVOR ESPERA!  ----Castiel gritava feito louco enquanto ajeitava as calças,  parei derrepente sentindo meu estômago embrulhar,  caí de joelhos no chão segurando a ânsia e o aperto no coração que insistia em me sufocar. 

 

_____Any... Por favor me perdoe...----ele tocou meus ombros ainda ofegante e se ajoelhou .senti nojo daquele toque e me afastei ficando cara a cara com ele. 

 

____Você foi rápido né ... terminamos a três semanas , e foi o suficiente para mostrar quem você realmente é. ----sorri ironicamente vendo ele abaixar a cabeça como um cachorrinho que perdeu o osso. 

 

___Acredita que eu ainda tinha esperança,  ainda que bem lá no fundo .... Como fui patética esse tempo todo , não via como você era conquistador barato, que só ama a si mesmo . Onde foi parar o amor que você sentia Castiel ? Enfiou de baixo da cama ou ele nunca existiu  ?---- o olhei fixamente,  seus olhos se encontraram com os meus cheios de lágrimas . Senti o nó na minha garganta aperta mais e acrediti tudo em mim doía. 

 

____Acha mesmo que meus Beijos não foram verdadeiros ? Que minhas carícias não eram nada ? Acha que não significou pra mim ter você em meus braços enquanto a via durmi serenamente depois das noites que nos amamos ?...eu posso ter errado em muitas coisas Any... mais não duvide do meu amor. 

 

 

____Não duvidar ? Eu acabei de vê você com a vadia mais desprezível da escola.  Você ...Você me matou por dentro,  estou destruída castiel,  muito mais do que quando terminamos à algumas semanas. -----minha voz saiu baixa , havia um certo rancor e raiva misturada. ____Por que ? Porque você ficou com ela castiel ? Por que insisti em me magoar ? ---coloquei as mãos no meu rosto o escondendo, as lágrimas desciam sem parar juntamente com os soluços. Logo eu senti braços fortes me apertarem em um abraço, afoguei minha cabeça em seu peito ouvindo o coração dele desregulado. 

 

___Eu só fiquei com a Debran por que eu achei que podia esquecer você.... eu sou veneno e amarguei a sua vida Any. Tentei me afastar mas  ...ficar longe de você é uma dor insuportável então... Por favor... Por favor meu anjo volta pra mim ?----a voz dele saiu rouca e falha levantei a cabeça para olha -lo e só então percebi que ele estava tão acabado quanto eu .

 

____Não é tão fácil assim Castiel... Você acabou de me matar por dentro de novo,  quantas vezes mais isso vai acontecer pra nós dois percebe que não

somos feitos um pro outro ?----tentei me afastar, mais ele me apertou mais no abraço,  afogando a cabeça no meu pescoço para esconder o vermelho naqueles olhos cinzentos. 

 

____Me perdoe.... Por favor me perdoe...-----senti gotas de lágrimas molhar meu pescoço, mais eu estava sem fala, e imóvel. Minha cabeça zumbiu alto e eu exergava embaçado .

 

____Não posso mais te perdoar Castiel ...Por que ...eu ...te odeio !...----sussurrei entre soluços, vendo ele apertar mais o abraço.   Foi a coisa mais dolorida que disse e sei que isso o machucou. Mas eu mais do que ele precisava matar esse amor venenoso e cheio de espinhos,  não suportaria outra decepção. Mesmo o amando... mesmo sendo dolorido eu iria afasta -lo de vez . E ele iria pagar com lágrimas todo mal que me fez .  Depois disso senti meu corpo amolecer e meus olhos caírem na escuridão que retratava bem minha vida. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...