1. Spirit Fanfics >
  2. Sombra de uma traição >
  3. Capítulo 8 Última promessa (Fim)

História Sombra de uma traição - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Bem, pessoal, eu não te aborreço mais: prossiga com o último capítulo xD

Capítulo 8 - Capítulo 8 Última promessa (Fim)


Fanfic / Fanfiction Sombra de uma traição - Capítulo 8 - Capítulo 8 Última promessa (Fim)

- Sasuke-kun ... - ela disse do chão, Sakura
O garoto estava na frente dela em uma atitude protetora, de pé. A espada de Orochimaru havia perfurado seu peito, perto de seu ombro. O que aconteceu Sasuke ... de que lado ele realmente estava? Quem era leal a ele?
E naquele momento, a voz de Sasuke voltou à sua cabeça.
"…Tenho medo de te perder. Do que pode acontecer depois. Então, eu vou prometer que, aconteça o que acontecer, eu vou protegê-lo. Mesmo que eu tenha que desperdiçar minha vida com isso, não deixarei ninguém te machucar novamente.
Sasuke-kun ...
Então Sakura viu claramente. Ele não entendeu como havia acreditado, ou mesmo por um instante, que Sasuke os havia traído novamente. Ninguém, não importa quão bem ele agisse, poderia dizer essas palavras se não fossem verdadeiras. Ele não sabia do que se tratava a conversa entre ele e Orochimaru, mas também não se importava.
Porque ele estava lá ao lado dela, ele não a abandonou. E agora a vida de Sasuke estava escapando de uma ferida perto de seu coração. Tudo para protegê-la. Sakura.
Orochimaru pareceu intrigado com o garoto, incapaz de acreditar no ato que acabara de cometer.
- Sasuke-kun ... o que diabos isso significa?
O garoto tossiu e uma gota de sangue escorreu pelo queixo. Naquele momento, não havia mais sombras em seu rosto enquanto ele falava. Apenas um olhar desafiador.
- Vou lhe dar minha lealdade, se desejar. Darei a você meu poder, até minha vida, se necessário ... mas nunca tente machucá-la novamente. Eu já te disse uma vez. Deixe-a em paz ou pretendo matar você!
Com mãos trêmulas e firmes ao mesmo tempo, Sasuke arrancou a espada do peito e cobriu o ferimento com uma mão. Uma pequena poça de carmesim se formou a seus pés. Sasuke abaixou a cabeça novamente. Não havia outra opção. Foi longe demais. A decisão foi tomada.
- Voltarei à vila de Sound. Essa é a única maneira ... - Sasuke fechou os olhos com força, e se dirigindo a Sakura, ele pronunciou- ... para não te perder.
“... eu tenho medo de te perder, Sakura. Do que pode acontecer depois ... Eu estava falando sobre isso. Desde o começo ele sabia disso.
- mas o que você está dizendo? "Ela tentou forçar um sorriso, embora houvesse lágrimas nos olhos - você não pode voltar ... você não pode me deixar em paz de novo ...
- não ... você estará ... nunca mais ... sozinha ...
E naquele momento, Sasuke caiu no chão, dominado pela exaustão. . Usando sua última força, Sakura rastejou como pôde em direção a ele. Ignorando a dor em seu corpo devido ao veneno, ele se sentou de joelhos, ao lado do garoto.
"Eu posso curar", ele repetiu mentalmente, "Godaime me ensinou a estranha técnica médica ninja. Eu tenho que curar isso. Agora tudo depende de mim. ”
E com isso dito, Sakura juntou as mãos e as colocou a centímetros do ferimento de Sasuke. Uma luz verde saiu das palmeiras, mas era fraca, efêmera. Piscou
"Não ... vamos lá, por favor ... agora não. Eu devo ... eu tenho que ... Sasuke-kun ... ”Sakura concentrou todo o chackra em suas mãos. Ele fechou os olhos com força. Ainda assim, seu poder ainda era fraco. Ele teve que intensificar o chackra de cura, de qualquer maneira. Ele não se importava em gastar seu próprio chakra da vida. Se Sasuke morresse então, nada que acontecesse a seguir faria sentido.
Logo percebo que ele estava perdendo força. Ele estava consumindo cada gota do seu escasso chakra. Mas ele não se importou. Agora ela estava pronta para qualquer coisa. Ele não se importava com mais nada que Sasuke abriu os olhos, que sua ferida sarou. E, naquele instante, lembranças do passado inundaram sua mente. No momento em que Sasuke saiu da vila pela primeira vez, quando eles se encontraram novamente, aquele abraço e tudo o que se seguiu. Suas palavras, seus sorrisos, toda vez que ele pegava a mão dela e dizia que estava ali, ao lado dela, que não a abandonara ... aquele beijo, sonhado ou real, naquele momento Sakura não se importava mais.
Ela sentiu uma mão na bochecha e lentamente abriu os olhos. Um fraco e sorridente Sasuke olhou para ele e acariciou seu rosto. Ele estava vivo. Eu vivo
- Sakura ... o veneno de cobras não é letal. É apenas um comprimido para dormir. Então Orochimaru queria te matar com a espada.
- Por que ... você está me dizendo isso agora?
Ele gentilmente acariciou sua bochecha. Novas lágrimas da garota estavam agora escorrendo pela mão de Sasuke.
- Quando você abrir os olhos novamente, eu não estarei lá. Quero que você se levante novamente, quantas vezes for necessário. Nunca desista, por pior que seja a situação. Que você lute, sorria, seja feliz. Mas acima de tudo ... não quero ver você chorar de novo. Nunca mais.
Faça-me esse favor, ok? Você vai fazer isso por mim?
Sakura olhou para aquele garoto sorridente que agora estava lhe dizendo tudo isso. Porque ... Por que eles tiveram que ir tão longe? Por que eles sempre se deparavam com algo que os impedia de seguir em frente ... juntos?
- Ok ... - a menina sussurrou sorrindo tristemente.
E, naquele momento, ela se rendeu ao veneno que circulava por seu corpo. Ele não morreu. Ela estava apenas dormindo. Mais tarde, porém, seria o que ele queria: morrer. Mais tarde, ele acordava quando o frio da noite começava a congelar sua pele. Ele olhava em volta, mas não encontrava Sasuke. Lágrimas corriam de seus olhos, mas ela se recusava a deixá-los cair. Porque ele fez uma promessa. Uma promessa para Sasuke. Mais tarde, as palavras do menino, como todo o abrigo do frio da noite e da solidão, voltariam à sua mente.
“Voltarei à vila do som. Essa é a única maneira ... de não se perder.




Sakura está em seu quarto, sentada na cama. Fazia três dias desde que ele nunca mais viu Sasuke-kun. Naruto e Kakashi aprenderam o que aconteceu depois. Godaime também aprendeu que Sasuke havia retornado com Orochimaru novamente. Curiosamente, essas palavras não pareciam voltar para ele. De um jeito ou de outro, o Quinto sabia que algo semelhante iria acontecer.
E desde aquele dia, Sakura não chorou novamente. Não faltavam razões, nem você venceu. Mas ele prometeu. Não pude chorar. E, no entanto, havia algo que o ninja havia esquecido: ela também prometeu sorrir. E desde então, nem parecia que ela estava viva. Seu olhar estava distante, solitário, perdido em mil trevas. Ele não chorou, mas também não sentiu. Ele não entrou em colapso porque nunca havia ressuscitado. E assim sua vida continuou. Mas isso não poderia ser chamado de "vida"
Naquele momento, Sakura encontrou um pedaço de papel em sua mesa. Ele apressara-se, junto com a bagagem da missão. De alguma forma, essa carta, uma vez que era assim, chegara à sua bagagem durante a missão. O ninja, sem pensar duas vezes, mergulhou nas palavras, perdido naquela ortografia fina de quem havia reconhecido a carta de relance. Sasuke. Foi uma carta de Sasuke.

"Sakura:
Havia algo que eu queria lhe contar, embora eu suponha que você já deveria saber. Minhas verdadeiras intenções não eram voltar inicialmente. Foi uma missão de espionagem. Orochimaru havia ordenado que eu te matasse Naruto. Mas as coisas mudaram. Agora tudo é distinto.

Eu te disse que ele era alguém desprezível. Eu quis dizer isso. Ainda me pergunto o que ele estava pensando ao aceitar a missão de Orochimaru. As feridas se abriram novamente. Mais uma vez, um sentimento que eu tinha certeza de enterrar nas profundezas dos meus segredos voltou à superfície. Por que eu não te disse antes? Eu estava com medo pela sua vida. Eu tinha medo que Orochimaru veria que você era importante para mim. Ele fará qualquer coisa para me fazer esquecer esta vila, meus companheiros ... você. Essa foi uma das razões pelas quais eu não tinha dito antes como me sentia.

O outro foi vingança. Um ninja deve colocar sua missão diante do coração, certo? O mesmo acontece com o vingador. Um vingador não pode ter sentimentos, que apenas o enfraquecem. Então, eu constantemente me negava esses sentimentos. Então, eu não disse nada a você a princípio.

E então eu me perguntei, o que eu sigo? Qual é o meu propósito A vingança? Eu pensei que uma vida assim ... eu não precisava disso. Havia luz e eu era cego. Você estava lá, mas eu não vi você. Eu estava tão focado em sobreviver pela minha vingança que esqueci como era viver.
Sakura, eu arrasto uma sombra. Nessa sombra há traições, ódios, arrependimentos, vinganças ... tudo mais sombrio em mim. E não consigo me livrar dessa sombra. Eu só posso esperar. Só estou esperando tempo para curar as feridas, para ver uma fenda de luz no quarto escuro em que estou trancado há anos.

Você pode estar se perguntando até que ponto era uma farsa e quando começou a deixar de ser, certo? Desde a noite na cachoeira, tudo foi diferente. A partir daquele momento, decidi parar de seguir as ordens de Orochimaru. E você perguntaria por que eu tive essa conversa na floresta? Fingir. Todo esse tempo ele precisava de Orochimaru para acreditar que ele ainda estava do seu lado. Você pode não acreditar no que estou dizendo. Não te culpo. Até às vezes me pergunto quando parei de te trair.

Eu não posso colocar você em perigo. Então agora eu estou indo embora. Então eu te abandono novamente.
Mas isso não é um "adeus", mas um "até mais". Me espera Voltarei, da próxima vez, sem a minha sombra de traição. Da próxima vez, nós dois estaremos abrindo nossas asas para voar para o topo do céu. Apenas espere por mim. Como eu disse, vou protegê-lo mesmo que eu tenha que pagar com a minha vida. Você não está sozinho, embora eu esteja longe agora. Porque mesmo agora, enquanto você lê isso, eu estou ao seu lado.
E quando nos encontrarmos novamente, será para sempre.
Sasuke ”

FIM


Notas Finais


Bem ... eu não sei o que dizer ^^ U

Agradeço a todos que me leu a ficção, muito obrigado a todos ^ 0 ^! Aqui termina "Sombra de uma traição"; _;.

Posso escrever algo sobre esse lindo casal novamente, embora não garanta nada;)

Eu te amo ^ 0 ^! Nos vemos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...