História Sombra sonolenta - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 623
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Fantasia, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Canibalismo, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi novamente pra quem ta lendo isso aqui que eu chamo de historia. Se bem que por uma certa pessoa essa historia ta melhor que antes

Capítulo 2 - Cap II - Morrer pra renascer (part. I)


Fanfic / Fanfiction Sombra sonolenta - Capítulo 2 - Cap II - Morrer pra renascer (part. I)

As árvores amorteceram a queda do garoto, para sua felicidade. Mas apesar disso, acaba batendo a cabeça e desmaiando.

Quebra de tempo - se passsam alguns minutos

Uma raposa negra de quatro caudas que passava, percebeu o garoto desmaiado no chão. Ela o pega pela camisa com a boca e o leva a outro local.

Passado certo tempo, ela chega a uma clareira na floresta, onde havia uma casa, na qual ela entra com o garoto rapidamente.

*Zaine on*

Ahri?! De onde você tirou esse garoto?

Ahri (raposa) solta o garoto no chão perto de mim e responde:

- Esse garoto estava caído em um precipício, mas felizmente parece que o único ferimento foi na cabeça, ruim será se for grave, então o ajude rápido.

Ela diz preocupada pegando o garoto novamente e levando para uma mesa vazia, esperando que eu faça algo.

- Ande logo! O que está esperando?!

Vou até ele, pego alguns equipamentos para examinar os seus machucados e descubro que há uma pequena fratura no crânio, rapidamente tenho os cuidados necessários.

Quebra de tempo - com certas reclamações ds parte de Zaine por haver um desconhecido rm sua cads trazido por ahri

-Pronto, terminei. Acho que deve ser o suficiente.

-Você reclama demais, Zaine. Mas pelo menos o ajudou.

-Mas é claro Ahri. Se você já o trouxe, o mínimo que posso fazer é ajudá-lo.

aDurante esse pequeno diálogo entre Zaine e Ahri, o garoto acaba acordando

-Hm... Onde eu estou.

O garoto estava confuso e levantava devagar com certa dificuldade.

Ahri- Ah, então você decidiu acordar.

Ahri- Está se sentindo bem, garoto?

Garoto- Hm... Acho que sim, mas... Espera! Eu tô falando com uma raposa?? Acho que devo ter morrido e estou em outro mundo.

Zaine- Calma garoto, você não morreu. Ainda. Mas antes de tudo, o que você fazia na beira de um penhasco? Ahri te encontrou lá e para a sua sorte, a sua queda foi amortecida pelas árvores.

- Qual seu nome?

- Calma, falem um de cada vez! Eu estava fugindo de assassinos, que estavam atrás da minha família, por dívidas de uns dois ano, eu acho. E meu nome é... Qual é o meu nome?

Eu e Ahri nos olhamos admirados com as respostas do garoto.

Ahri- Zaine, com o impacto da queda acho que ele perdeu parte da memória, o que nós faremos? Não sabemos nada sobre ele, assim, como vamos ajudá-lo?

Zaine- Eu não me importo com isso, Ahri. Mas já que você está aqui, lembra de mais alguma coisa, garoto?

Garoto- Bem, eu... Lembro de ter duas irmãs... E de meus pais serem mortos pelos assassinos enquanto fugiam...

Zaine- Entendo... Você quer tentar achar suas irmãs?

Garoto- Não... Provavelmente a essa altura, devem ter sido mortas. Ou ainda podem estar fugindo, não sei...

-Acho que não se passou tanto tempo desde que nos separamos...

O garoto explicava com uma clara vontade de chorar, mas tentava se segurar.

Eu olhei seriamente preocupado para Ahri, e ele devolveu o mesmo olhar para mim.

Zaine- Já que essa é sua escolha, você não teria onde ir e nem ficar.

Garoto- Bem, mesmo assim... Obrigado por salvarem minha vida.

Ele falou isso enquanto andava para a porta.

Zaine- Eu disse que não teria, mas você pode ficar aqui.

Ahri me olhou impressionada e disse:

- Uau! Nunca imaginei que você falaria isso, não é o seu tipo de coisa.

Garoto- Sério mesmo? Muito obrigado!

- Sendo assim, seria melhor nos apresentarmos. Meu nome é Zaine. Zaine Hamashi.

- Prazer garoto. Sou uma Yokai, raposa de quatro caudas, como você pode ver. Meu nome é Ahri. Ahri Fukotsuki.

Zaine- Bem, como você disse, não se lembra do seu nome, então o darei um. Hm... O que acha de Darkness?

Darkness- Perfeito! Muito prazer, Zaine-sama. Ahri-sama.

Zaine- Nada disso, não precisa nos tratar assim, apenas fale conosco normalmente.

- Ah, tudo bem... Então sendo assim, podem me chamar de Dark.


Notas Finais


Bem, se chegou ate aqui é pq leu e gosto(espero). E Se vc leu o primeiro capitulo, persebeu que este esta bem maior que o outro, e melhor descrito. A parte do cap grande fui eu quem decidi fazer maior, achei o outro muito pequeno. E a melhora de narrativa da historia é graças a minha prima, que se der, vai me ajudar nos outros. Novamente obg por ler ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...