História Sombras do Passado. - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Danzou Shimura, Deidara, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kabuto, Kiba Inuzuka, Kisame Hoshigaki, Mikoto Uchiha, Nagato, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara
Tags Amizade, Família, Haruno, Infância, Luta, Naruto, Passado, Sakura, Sasuke, Sasusaku, Uchiha, Uzumaki, Violencia
Visualizações 164
Palavras 1.446
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Chegueeeeei, "nois" tarda mas não falha 😂😂😂
Ta meio complicado pra postar um tanto de história e deixar TUDO na medida 😐 Mas eu tento!

Trouxe a vocês, um cap fofo para amenizar os ânimos kkkk Espero que gostem!

Boa Leitura.

Capítulo 13 - Apenas um pedido.


Se passaram algumas semanas após o início do plano, entre idas e vindas, Sasuke ia ver a filha durante a noite, a cirurgia de Liz foi feita com todo cuidado, pois além dela ser muito pequena, qualquer erro podia pôr a vida dela em risco, mas ocorreu tudo certo.

A criança teria que ficar no hospital por mais um tempo e por questão de segurança, dois homens que estavam no plano liberdade, ficavam 24h na porta do hospital vigiando todo o movimento.

Sakura estava preocupada, na última noite, Sasuke teve uma conversa séria com ela.


Um dia antes do início da ‘’ operação liberdade.’’

Sasuke foi ver a Liz no hospital, Sakura estava conversando com Hinata sobre os velhos tempos, até a rosada ver Sasuke entrando.

- Eu vou deixar vocês conversarem – Hinata disse a ela e saiu os deixando a sós.

Sakura se virou de frente para o moreno, ele estava com um rosto abatido, cansado, ficou noites acordado com os rapazes averiguando toda Londres atrás de Danzou.

- Oi – ela o cumprimentou – Liz está dormindo, perguntou de você o dia todo.

Sasuke suspirou, sabia que ficar longe da filha podia magoa-la, mas precisava manter a cabeça fresca.

- Me sinto péssimo por isso – respondeu ele – Quero acabar logo com isso Sakura, estamos a dias atrás daquele infeliz e nada, nem uma pista, eu to começando a ficar irritado.

O moreno se sentou em uma das poltronas puxando os fios de cabelo como se fosse arranca-los.

- E esse tal Orochimaru? – perguntou ela – Está fazendo o que?

- Procurando da forma dele, não podemos deixar visível esse plano, se Danzou descobrir, ele nos mata.

Sasuke esfregou a mão no rosto, estava tudo planejado, faltava apenas saber onde o desgraçado estava.

Sakura se aproximou do Uchiha laçando sua mão no braço dele, tentando amenizar aquela tensão.

- Isso vai acabar logo, vocês vão achar ele e acabar com isso, vamos com a Liz pra casa e vai ficar tudo bem.

Pra Sakura era tudo tão simples, ela via as coisas de uma forma clara, simplificava tudo, só pra fazer Sasuke ao menos sorrir, e conseguiu, o moreno olhou nos olhos dela, ela lhe passava total confiança.

- Não sei o que poderia ser de mim nesse momento se você não estivesse aqui – ele disse a ela – Obviamente já teria feito besteira, deixado Liz com a minha mãe e partido pra briga de cara limpa.

- Sabe que não poderia fazer isso, você tem uma filha pra cuidar, fez uma promessa a Hanna.

- Eu sei Saky, mas, eu não penso direito sob pressão, você sabe disso, eu sou explosivo, quero resolver as coisas logo, como se fosse tão fácil assim – ele olhou para o chão – Vamos virar noites para conseguir acabar com esse tormento logo.

Sakura sentia a dor dele, queria de toda forma dividir o fardo, mas a única coisa que podia fazer no momento, era conforta-lo, ela se aproximou mais o abraçando pelo pescoço, e começou a fazer carinho em sua nuca.

Sasuke a abraçou pela cintura escondendo o rosto nos fios rosas dela, aquele perfume o deixava ainda mais louco por ela.

- Só tome cuidado por favor – ela pediu com a voz trêmula – Por favor.

- Ei, shiii vamos ficar bem, mantenha a calma tudo bem? – Sakura afirmou com a cabeça – Olha pra mim Saky.

Sakura se afastou, seus olhos estavam vermelhos e chorosos, Sasuke odiava vê-la assim, passou o dedão limpando as lágrimas dela e deu um beijo em cada olho.

- Desculpe – pediu ela.

- Eu entendo, apenas fique calma tudo bem? Eu preciso que você tome cuidado Saky, não baixe a guarda, nem deixe Liz sozinha durante esses dias, sinto que vamos dar início ao plano em breve.

Foi dizer isso, que o telefone do moreno toca, era Shikamaru.

- Sasuke.

- Fala.

- Achamos ele, o filha da puta está a sudeste da torre do Big Bang, morando em um apartamento na cobertura.

- Estou perto, em qual hotel?

- Hm, está no Crowne Plaza, na cobertura do lado direito.

- Como vamos fazer Shikamaru? Eu estou no hospital, a menos de 10km de lá.

Ficou um silêncio curioso do outro lado da linha, até Itachi responder.

- Sasuke, é Itachi, como o Danzou não me conhece, irei no hotel confirmar se ele está realmente lá, tendo a confirmação, amanhã começamos a operação.

- Tudo bem, eu vou ficar aqui no hospital esperando o retorno de vocês.

- Ok, de um beijo na Liz por mim, até mais.

- Até.

Os dois encerraram a ligação, Sakura o olha curiosa.

- Acharam ele – Sasuke acaba com a curiosidade dela – Itachi vai confirmar no hotel que ele supostamente está.

- Vão começar hoje? - Ele nega com a cabeça, olha para ela a observa como tem sorte de tê-la ao seu lado – O que foi?

Sasuke sorri de lado, posiciona a mão no rosto delicado dela e acaricia sua bochecha com o dedão.

- Só agradecendo por ter você do meu lado, durante esses 4 anos, cuidando de mim e da Liz, sem reclamar, sem cobrar nada, até me dando broncas – ambos riram – Minha mãe está certa, eu tenho que voltar a viver, e de uns dias pra cá, me sinto bem como a muito tempo não me sinto.

- Sasuke – os olhos da rosada brilhavam a cada frase.

- Eu sofri muito pela morte da Hanna, achava que era culpa minha, eu queria me destruir por isso, mas quando peguei a Liz pela primeira vez – Sasuke sorriu e deixou uma lágrima correr – Aquela, coisinha tão pequena nos meus braços, olhando pra mim como se tentasse adivinhar quem eu era, cada sorriso, lembra quando ela me chamou de pai pela primeira vez?

- Lembro – Sakura respondeu também chorando emocionada – Você começou a correr pela casa com ela no colo.

- Aquilo foi demais, as pequenas mãozinhas segurando as minhas, dando os primeiros passos, a boca banguela aberta sorrindo, a bagunça quando ela começou a andar sozinha, e a todo momento, você do nosso lado, como uma mãe para ela, Hanna deve estar orgulhosa e satisfeita por ter te escolhido para cuidar de nós.

- E orgulhosa de você também – disse ela acariciando o rosto másculo do Uchiha – Você é um pai excelente, carinhoso e dedicado, esse tempo todo, aguentando ser ameaçado, por ela.

- Faço de tudo por ela, e agora por você, vocês são a minha vida, e arisco tudo para vê-las bem.

Os dois encostaram suas testas encarando olho no olho, Sasuke segurou no rosto de Sakura aproximando seus lábios nos dela, dando um beijo suave e apaixonado.

- Assim que isso acabar – ele voltou a dizer – Nós vamos oficializar tudo.

- Como assim? – ela perguntou confusa.

- Quero que se case comigo Sakura, eu sei que está cedo para isso, mas não quero esperar, já moramos juntos a 4 anos mesmo – riu.

Sakura estava com os olhos arregalados, em um momento tão delicado, confuso e difícil, foi pedida em casamento do nada, ficou sem fala, somente encarava o moreno a sua frente com a boca aberta.

- Você está bem? – ele perguntou vendo a reação dela – Se não quiser tudo bem, eu entendo, eu acho que fui meio precipitado, me desculpe.

- Não é isso, é que – ela fez uma pausa piscando várias vezes ainda sem acreditar – É que foi tão, repentino, eu, não esperava por isso assim, dentro de um hospital em meio a tanta confusão.

Sasuke ergueu os ombros e riu.

- Me desculpe, eu fui apressado demais, que tal esperar tudo isso passar? ai te faço um pedido mais romântico. – gargalhou.

Sakura riu com ele desacreditada.

- Acho melhor esperarmos isso acabar primeiro – riu – Mas mesmo assim, eu aceito passar toda minha vida ao seu lado.

- Isso foi um sim?

- Hm – fez um bico de lado – Quem sabe? – riu.

- Vou aguardar uma resposta seletiva.

Riram juntos.

Por volta das 23h, Naruto liga para Sasuke confirmando que Danzou está naquele hotel, pediu para o Uchiha ir para o galpão, iriam dividir o plano para o dia seguinte.

O moreno que estava no quarto da filha, olhou para o lado a vendo dormir tranquila, na poltrona do outro lado do quarto, Sakura também dormia, e por conta desses anos juntos, viu semelhanças entre a filha e a rosada.

Se debruçou sobre a cama e deu um beijo na testa de Liz acariciando seus cabelos, foi para perto de Sakura com uma manta que a enfermeira deixou ali para ela se cobrir, colocou a mesma sobre ela, se curvou lhe dando um selinho calmo para não acorda-la.

Saiu do quarto com cuidado, e deixou o hospital indo em direção ao galpão.


Notas Finais


Esse paizão em ❤ Como amo todo esse amor ❤

Ninguém esperava por um pedido de casamento do nada ne? É eu sei 😂

Espero que tenham gostado 😍
E de coração aberto pessoal, agradeço MUITO a todos por estarem me acompanhando nessa fic ❤ Obrigada mesmo 😍

Até breve 😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...