História Somebody That I Used Know - Capítulo 34


Escrita por:

Postado
Categorias CNCO
Personagens Christopher Vélez, Erick Brian Colón, Joel Pimentel, Richard Camacho, Zabdiel De Jesús
Tags Chistopher, Cnco, Joel, Zabdiel
Visualizações 62
Palavras 734
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 34 - Please Don't Go


Fanfic / Fanfiction Somebody That I Used Know - Capítulo 34 - Please Don't Go

Por fim eu me aconchegei nos braços dele e ele me abraçou desejando boa noite, e virou para o lado.


Acabei chorando um pouco, não conseguia dormir, nem parar de pensar ela estava meio arrependida pela decisão que provavelmente iria tomar, mas logo dormi.


Acordei no meio da madrugada. No quarto ao lado era possível escutar barulhos, mas não era qualquer quarto. e

Era o quarto do Chris. Os  gemidos de que saiam de lá me acordaram


— Rich, acorda. Acho que tem algo errado com o Chris.

— Oi Jen — ele levantou esfregando os olhos. — O que foi ?

— Escuta isso — Os barulhos aumentavam e paravam repentinamente, varias e varias vezes.

— Calma Erick — ouvi a voz do Chris vinda do quarto do lado

— Mas tá doendo, Chris

Fiz cara de nojo olhando pro Rich, que apenas gargalhou

— É Jen, acho que os dois estão se divertindo muito lá. — O Rich começou a rir.

— Para Richard, isso é nojento. Imaginar o Chris e o Erick transando é... — fiz uma expressão de nojo.

— Então princesa. Você me acordou, e eu não durmo mais depois que acordo.

— Não foi porque eu quis, eu só, só não tava bem, e ainda escutei isso — abaixei o rosto

— Ei, você é bonita de mais para está sofrendo por coisas banais.

— Você como sempre é a melhor pessoa, sempre me ajudando nos meus piores momentos — o abraçei e ele retribuiu esse abraço, ali era meu lugar favorito no mundo. Minha zona de conforto.

— Agora deita aqui menininha, vamos falar um pouco sobre tudo, o que ta acontecendo.

— Eu passei uma noite incrível com o Zabdi. Foi a melhor da minha vida, e quando acabamos ele veio perguntar se o Joel faria melhor

— Tá de sacanagem? — ele perguntou espantado

— Queria que fosse

Depois de muita conversa acabamos dormindo ali mesmo de frente um para o outro. Eu amava a sensação de família que tinha com o Richard.

No outro dia de manhã o Erick e o Chris já estavam na cozinha preparando o café e trocando carícias quando cheguei com o Richard. Não conseguia parar de imaginar os gemidos exagerados do Erick ma noite anterior.

— Bom dia casal, como vocês estão? — perguntei

— Bom dia Jen. Nós estamos muito bem — O Erick sorriu maldoso para o meu primo.

— Ahh claro, depois da noitada de ontem. Gente... como vocês fazem baru... — acertei uma cotovelada forte na barriga do Rich.

— Isso doeu.

— Era para doer mesmo.

Em alguns instantes o Zabdiel e o Joel desceram as escadas e pra variar os ânimos pareciam meio acirrados entre os dois.

— Cala a boca Joel, você só fala merda.  — Zabdiel rolou os olhos

— Meu deus cara, você tem desperdiçado a chance da sua vida com a Jennifer, você a traiu.

— Caralho, quem é você para se meter em minha vida ?

— Eu não to nem ai para você, eu quero mais que ela seja feliz com quem ela quiser.  E ela te ama. Deixa de ser babaca — o mexicano gritou

Não sabia bem o motivo do inicio da briga, mas o Zabdiel perdeu o controle e o acertou um soco no meio do estômago do Joel o fazendo cair.

— Zabdiel, você é idiota — gritei da cozinha correndo pra ajudar o Joel.

— Por que Jennifer? Porque sempre eu?  Vai se foder. Eu te amo. Mas cansei de você defendendo esse babaca.

Ergui os olhos para encarar os dele. Havia muito ódio em mim. E de uma vez por todas eu tinha cansado de ser o aninal do Zabdiel

— Não se preocupa. Você não vai mais ter que lidar com isso — falei fria antes de subir e me trancar no quarto do Erick.

Peguei meu telefone e impulsivamente liguei pro Yoandri.

— Oi Jen, tudo bem ? —  sua voz era meiga e doce, assim como ele.

— Não muito Yo. — respirei profundamente. — Eu preciso ir embora, para qualquer lugar, mas quero que você vá comigo.

— Mas porque agora ? Porque assim ?

— Eu não aguento mais ficar assim. Todas as vezes alguém briga por minha causa... Todas as...

— O que você está pensando?

— Vegas. Itália. França. Eu não sei. Só preciso de um amigo e não acho que o Rich vá concordar

— Okay, se acalme, mas você tem certeza disso? Não acha muito precipitado?

— Não, eu só preciso me afastar, afastar de todos.

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...