1. Spirit Fanfics >
  2. Somebody To Love ( Imagine Park Jimin ) >
  3. Hora de crescer!

História Somebody To Love ( Imagine Park Jimin ) - Capítulo 36


Escrita por:


Notas do Autor


Olá meu amores, tudo bem?

Fico cada dia mais feliz com todos os favoritos que minha primeira história ganha! Faço com muito amor e carinho pra agradar vocês.

E como sempre, espero que gostem... 🐼

Capítulo 36 - Hora de crescer!


Fanfic / Fanfiction Somebody To Love ( Imagine Park Jimin ) - Capítulo 36 - Hora de crescer!

Zuang: Nervosa? 

S/N: Um pouco... Não achei que iria arrumar uma entrevista de emprego tão rápido! 

Zuang: Graças ao Jin amiga! 

S/N: Eu sei, meu primeiro salário vou dar um presente pra ele - sorrio e ela também -

Zuang: É o mínimo que pode fazer, né? E como que tá o Jimin? 

S/N: Tá bem, disse que desde quando acordou, ainda não sentiu nenhum dos sintomas que o médico disse! 

Zuang: Menos mal! 

Xx: Senhorita ____ S/N? 

S/N: Sou eu! - me levanto e curvo! A moça de vestido curto perfeito e sob medida me leva até o terceiro andar, e me direciona a uma porta grande de madeira, ela bate e uma voz rouca de dentro da sala diz que eu poderia entrar - Com licença! 

Xxx: Olá, senhorita ____ S/N! Sente-se por favor! 

S/N: - faço reverência, agradeço e sento - 

Xxx: Como está? 

S/N: Bem, e você? - gaguejo me esquecendo que era uma entrevista, mas ele parecia ter minha idade, isso me deixou desconfortável - Me desculpa, é senhor! 

Xxx: Estou bem e não precisa pedir desculpas! Isso é comum de se acontecer. Você deve estar pensando porque um jovem como eu, está entrevistando você! 

S/N: - assinto sorrindo - 

Xxx: O presidente da emprega teve que sair com urgência para o tribunal, era importante. Então pediu pra eu entrevista-la. Meu nome é Kim Namjoon, atuo na parte que cuida de casos civis! 

S/N: Prazer senhor Kim! 

Namjoon: Antes de fazer algumas perguntas, quero deixar bem claro o cargo no qual você está se candidatanto: Não será um estágio, vai trabalhar meio período com um salário bom, que pode aumentar com o passar do tempo e se você mostrar capacidade! Vai atender os demais que trabalham aqui e serão são superiores. Sabe um serviço básico de uma secretaria? 

S/N: Sim senhor! 

Namjoon: Essa será sua função, secretária de uma empresa de advocacia! Vai ajudar todos em questões simples, e importante se necessário. Se estiver procurando grandes coisas, esse serviço não seria o ideal, sendo sincero. 

S/N: - sorrio - Não procuro grandes coisas senhor Kim, apenas quero ser responsável por mim mesma, ajudar meus pais e ganhar experiência. Por mais que eu esteja estudando essa área, lendo livros bem conceituados de Direito, a experiência vem com a prática. É apenas isso que eu quero, não posso querer mais agora, seria egoísta da minha parte! 

Namjoon: - sorrio encantado com sua simplicidade - Certo, o senhor Kim das empresas de Telecomunicações não errou em indicar a senhorita. Vamos as perguntas então... 

S/N: - ele pega um envelope, tira uma folha de dentro que parecia meu currículo e assim faz algumas perguntas simples, e sem perceber começamos a conversar e rir de algumas coisas, a entrevista que de início estava assustadora, principalmente por ser um homem que tinha seus 20 e poucos anos, se transformou em uma conversa agradável - 

Namjoon: - me levanto e estico a mão fazendo a mesma apertar sorrindo - Bem vinda a emprega senhorita S/N! 

S/N: Ohhhh! - sorrio colocando a mão na boca - Isso é verdade, eu consegui? 

Namjoon: Sim, você faz parte da equipe agora! Vou te mostrar a empresa, te apresentar a cada um e te deixar no RH para eles cuidarem de sua admissão! 

S/N: - me curvo várias vezes e sorrio - Obrigada, obrigada mesmo! Não vou decepcionar vocês! 

Namjoon: Ótimo, assim espero! 



Quebra de tempo... 


Jin: Vou cobrar então... o meu presente! 

S/N: Não acredito! Tenho que agradecer seu pai pessoalmente! Pode me levar até ele? 

Jin: - como uma batata frita e penso um pouco durante alguns segundos - Amanhã depois da faculdade, vamos na empresa dele! 

S/N: OMO? Mas... 

Jin: Shiu! - coloco uma batata frita na boca dela a fazendo rir - Vamos e pronto! 

S/N: Não sei o que faria sem você Jin! 

Jin: Fala que me ama!

S/N: Não é pra tanto, metido! - ele me belisca e volta a comer - Aiiiiii... 

Jin: Contou pro Jimin? 

S/N: Não, vou contar quando ele me ligar! 

Jin: E por que não liga pra ele? 

S/N: - o dia foi tão emocionante, que a primeira pessoa que eu quis contar foi o Jin e não Jimin. Me senti um pouco culpada por isso, mas é que foi o Jin que me ajudou e tem me ajudado muito durante todo esse tempo - É que não... Não queria incomodar ele! 

Jin: - enquanto ela ficou pensando e deu essa desculpa esfarrapada, eu ligo pro Jimin - 


Ligação On

Jin: Oi Jimin, como que você tá cara? - S/N me olha com os olhos arregalados e eu rio com a cena -

Jimin: Oi Jin, tudo bem e você?

Jin: Mais lindo do que nunca! - solto uma risada alta - Uma pessoa quer falar com você, só um momento. - passo o celular pra ela que fica relutante, mas logo fala -

S/N: Oi meu amor!

Jimin: Anjo, como você tá? Aconteceu alguma coisa para o Jin estar me ligando ao invés de você?

S/N: Sim...

Jimin: O quê?

S/N: - Jimin altera um pouco me fazendo soltar uma leve risada - Eu consegui!

Jimin: Conseguiu o que meu anjo?

S/N: UM EMPREGOOOOO!

Jimin: NÃO ACREDITO! É SÉRIO? ONDE? QUANDO COMEÇA?

S/N: SIIIIIM, É SÉRIO! Começo amanhã mesmo, em uma empresa de Advocacia. Bem conceituada aqui em Daegu.

Jimin: Meu amor, estou muito feliz por você, parabéns!

S/N: Tudo graças ao Jin e seu pai, que me indicaram.

Jimin: Vai ter que dar um presente pra ele com seu primeiro salário!

S/N: Eu já prometi isso pra ele, o que dou?

Jimin: Huuuum... Eu vou comprar com você, assim eu  vou compensar ele por ter te ajudado por tanto tempo! Me sinto em dívida.

S/N: Que fofo esse meu namorado!

Jimin: Fala isso de novo?

S/N: Que você é fofo?

Jimin: Não, que eu sou seu namorado!

S/N: Jimin oppa! Meu namorado, futuro noivo e marido!

Jimin: Oppa? Aish...

S/N: - mesmo não vendo ele, sabia que estava sorrindo como um bobo nesse momento - Você tá bem mesmo meu amor?

Jimin: Sim, e muito melhor agora! Obrigada por me fazer feliz.

S/N: Eu que agradeço! E minha tia, como está?

Jimin: Bem também!

S/N: Mande um abraço por mim. - o celular de Jin começa a tocar - Meu amor, tenho que desligar porque alguém tá ligando pro Jin, mais tarde nos falamos, beijos e te amo!

Jimin: Tá bom, te amo!


Ligação Off

Jin: - ela me entrega o celular, mas quando vou atender a ligação encerra - Acho que era meu Appa! 

S/N: Liga pra ele Jin, te espero aqui. 

Jin: Assim você vai comer todas as batatas! - faço cara triste - Eu te conheço. 

S/N: - cruzo os dedos - Prometo não comer até você voltar - ele sorri - Não comer tudo! - o sorriso se desfaz, ele faz careta e sai para a cozinha, já eram 19:00 horas e meus pais já estavam a caminho, queria muito contar a eles - 

Jin: Okay Appa, pode deixar! Logo estarei em casa... Levo, levo sim... Vou falar pra ela... Tchau! - volto para sala ainda falando com meu Appa e S/N me olha curiosa - Ele disse pra ir almoçar lá em casa esse final de semana, sábado ou domingo, só escolher e levar seus pais. O CEO da empresa mencionou sua entrevista pra ele e agradeceu por ter escolhido uma garota tão humilde e capaz. 

S/N: - ele se senta ao meu lado e observa meu rosto feliz e envergonhado ao mesmo tempo - Nem sei o que dizer, estou tão.... 

Jin: Agradecida, eu sei.

S/N: JIN!!!!! - ele começa a dar gargalhada e eu também - Domingo, pode ser domingo o almoço! 

Jin: Não esqueça de falar com seus pais. 

S/N: Não vai ficar pra comprimenta-los? 

Jin: - me levanto e pego minha mochila - Não, preciso fazer algo pro meu Appa, foi um dos motivos dele ter me ligado. - ela se levanta e assente - Nos vemos amanhã na faculdade, quer carona? Eu posso te pegar aqui. 

S/N: - nego com a cabeça - Gosto da sensação de caminhar de manhã. Obrigada por tudo Jin. 

Jin: - beijo rápido o alto da sua cabeça - Você é como uma irmã pra mim, então te levo ao seu priemiro dia de trabalho. Okay? 

S/N: - abro a porta e concordo - Bom desncaso Jin. 

Jin: - aceno - Tchau baixinha! 





No outro dia depois da faculdade... 


Jin: Está bem vestida! - a elogio sem tirar os olhos do trânsito - Não fique nervosa, vai dar tudo certo. 

Zuang: Você é incrível, nós sabemos que vai dar conta! E ainda não acredito que vocês comerem batatinhas sem mim. - cruzo os braços - Que tipo de amigos são vocês? 

S/N: Culpa o Jin, ele que foi na minha casa de última hora levar! E obrigada gente, espero que de tudo certo. 

Jin: Já deu certo, apenas seja você mesma! Chegamos! 

S/N: - ele para em frente ao prédio de vários andares e em um deles tinha escrito Advocacy Solutions, que era o nome da empresa, meu estômago embrulha e começo a tremer - 

Zuang: Foco e força amiga! Quero saber tudo mais tarde, então vou te ligar! 

S/N: - assinto e vou em direção a entrada da empresa, quase caindo por não sentir as penas, quando estava quase entrando meu celular vibra - 



Ligação On

S/N: Alô?

Jimin: Achou que eu não ligaria pra te desejar boa sorte?

S/N: - olho pra avenida sorrindo e meus amigos dentro do carro gritam Jimin e fazem coração com as mãos me fazendo rir - Achei! Quer dizer... Nem pensei nisso, porque sei que está ocupado e cheio de coisas pra fazer.

Jimin: Sim, mas você é mais importante que todas essas coisas! Então tô ligando pra te desejar um bom primeiro dia de trabalho, você é forte então não fuja, vai conseguir e sei que é a melhor! Te amo muito e vários beijos nessa boquinha linda que é só minha.

S/N: - borboletas dançam dentro da minha barriga e eu sorrio feito boba - Te amo muito, obrigada por acreditar em mim!

Jimin: Sempre vou acreditar em você, mesmo distante. Agora entra, se não vai se atrasar.

S/N: Tá bom, mais tarde conversamos! Beijos...


Ligação Off


S/N: - entro na recepção - Boa tarde, sou ___ S/N, começo hoje! 

Recepcionista: Claro senhorita ____ S/N, me segue por favor, vou mostrar onde irá trabalhar.

S/N: - eu a sigo e vamos para o terceiro andar, vejo várias pessoas e uma delas é o Kim Namjoon - Olá senhor Kim! 

Namjoon: Olá, chegou cedo, muito bem. Suzy, eu continuo por aqui, pode voltar pro seu serviço! 

Recepcionista Suzy: Sim senhor! 

S/N: - a recepcionista sorri pra mim e o senhor Kim, saindo logo depois - Tudo bem com o senhor? 

Namjoon: Por favor, me sinto idoso me chamando assim  Temos a mesma idade praticamente e agora somos colegas de trabalho! Não precisa de tanta formalidade. Pode me chamar de Namjoon. 

S/N: - assinto e ele me direcionada a uma pequena sala cheia de papéis em cima da mesa - 

Namjoon: Ficará aqui, pode arrumar da forma que achar melhor e confortável. Esses papéis em cima da mesa é pra você organizar em ordem alfabética e depois em ordem de Urgência! e Não Urgente! Logo depois de organizar, deixe no andar da Promotoria. 

S/N: - meus olhos brilham - Aqui tem uma promotoria? 

Namjoon: Sim, alguns promotores públicos trabalham aqui, no quinto andar.

S/N: - meu coração palpita de emoção - Ohhhh! 

Namjoon: Fica a vontade, tenho que voltar para o meu serviço, espero que tenha um bom primeiro dia de trabalho, boa sorte! 

S/N: - me curvo e ele sai - Woah! Aqui que fica a promotoria, eu pesquisei a respeito a alguns meses que eles mudariam de edifício! Não acredito que foi para esse. Bom, deixa eu arrumar primeiro os papéis, pra depois arrumar a sala do meu jeito! - me sento e começo a fazer minhas obrigações sem ver como o tempo passou rápido - 



Bip bip 


Mensagem On

Grandão: Oi pequena, estarei esperando você na porta da empresa! E não adianta dizer que não precisa que vou ignorar. Até já, beijos!


Mensagem Off

S/N: - dou risada da mensagem e vejo uma moça bonita entrar na minha sala - 

Xx: É assim que trabalha no seu primeiro dia? 

S/N: - me assusto com sua rispidez e me curvo pedindo desculpa - Perdão senhorita! Precisa de algo? 

Xx: Café e uns bolinhos de arroz, 3 cafés! 

S/N: Sim, é pra já! - ela sai e eu fico pensando onde compro essas coisas e com que dinheiro - 

Xx: Não liga pra ela não, se acha muito.

S/N: - levo um susto ao perceber outra voz feminina atrás de mim - 

Xx: Olá, me chamo Min Jee, você é a novata né? Desculpa não ter vindo dar as boas vindas antes, estava terminando de resolver um caso que peguei. 

S/N: - sorrio e faço reverência - Ohhhh, não não não, não precisa pedir desculpa! 

Min Jee: Vou te ajudar, aquela metida não soube explicar nada direito! Vamos a lanchonete do prédio e eu te ensino como pegar essas comidas idiotas que uns pedem. 

S/N: - assinto e saímos em direção ao destino. Aprendi que era preciso apenas eu passar meu crachá em uma máquina e eles me davam o que queria, não era cobrado nada - Woah!!!! Muito obrigada senhorita Min. 

Min Jee: Não precisa ser formal comigo, tá bom? Gostei do seu jeito e o Namjoon falou muito bem de você pra mim, somos amigos. 

S/N: - corei na hora - Isso é bom, né?

Min Jee: Sim, ele não é de gostar de ninguém. E aquela cobra que você conheceu a alguns minutos atrás, morre por causa dele. 

S/N: Huuuuum, como que ela chama? 

Min Jee: Nari. 

S/N: E ela é de qual área? Pra eu levar o que me pediu. 

Min Jee: Ela é advogada ambiental. Uma ótima advogada, infelizmente! - reviro os olhos - Vou voltar pra minha ala, qualquer coisa é só me procurar. 

S/N: E você, é de qual área? 

Min Jee: Civil. 

S/N: - assinto com um sorriso no rosto e então entendo o porque o Namjoon ter falado de mim, eles trabalhavam na mesma área - Obrigada pela ajuda Min Jee. 

Min Jee: Até mais S/N! - aceno e saio a deixando na ala dos advogados ambientais - 

S/N: - avisto Nari com mais umas 2 pessoas, aproximo, comprimento todos e entrego o que ela me pediu - Se precisarem de mais alguma coisa podem contar comigo! 

Nari: Assim espero! 

S/N: - sorrio forçada e saio dali indo pra minha pequena, mas reconfortante salinha onde poderia respirar e esquecer os olhares julgadores daquelas pessoas - 




Fim do expediente... 


S/N: - esperei que uma grande parte das pessoas saírem, enquanto olhava para o celular vendo as horas e imaginando que Jin estaria me esperando a um tempo - Certo, será que já posso ir? 

Namjoon: Claro que pode! - entro em sua sala a vendo conversar sozinha - Como foi seu primeiro dia? 

S/N: Ótimo! Gostei muito. - sorrio pra ele que retribui satisfeito - Não tem problema eu ir embora mesmo? Ainda tem pessoas aqui. 

Namjoon: A não ser que queira ficar aqui até de madrugada, é melhor você ir. 

S/N: - arregalo os olhos o fazendo gargalhar - 

Namjoon: Muitos viram a noite aqui, resolvendo seus casos. Seu horário é comercial, pode ir embora tranquila. 

S/N: - sorrio fechado e pego minha bolsa - Bom, sendo assim, obrigada senhor Kim. 

Namjoon: Ah ah ah ah... O que eu já disse sobre " Senhor Kim"? 

S/N: Mas o senhor é meu superior! 

Namjoon: Não, não me chame assim! É uma ordem então!

S/N: Tá bom - sorrio sem mostrar os dentes -

Namjoon: Te acompanho até a saída. 



[ ... ]


Jin: - estava em frente ao prédio esperando por S/N, depois de alguns minutos a avisto com outro jovem - Uau! Ela já conseguiu chamar a atenção de alguém? - balanço a cabeça rindo - Jimin vai surtar se souber disso! 

S/N: - vejo Jin dentro de seu carro sorrindo de lado pra mim, já até imagino o quê deve estar pensando - Obrigada senh... Namjoon! 

Namjoon: Agora sim! De nada, como vai embora? Quer que eu te leve em casa? 

S/N: Ah, não, não precisa! Meu amigo veio me buscar. - aponto pro Jin que da um tchau - 

Namjoon: - aceno para o mesmo e volto meu olhar pra S/N - Amigo bom! Te vejo amanhã então, bom descanso! 

S/N: Para o senh... você também! - sorrio envergonhada e vou em direção ao carro - Oi magrelo! 

Jin: - ela entra e coloca o cinto - Com fome? 

S/N: Sim! 

Jin: Vou te levar pra jantar. E quero falar sobre algo. 

S/N: Okay... 




Durante o jantar... 


Jin: A comida está boa? 

S/N: - assinto - Obrigada Jin! 

Jin: De nada. Tô pensando em investir nesse restaurante.

S/N: Como? 

Jin: Dando parte do meu dinheiro. Você tá correndo atrás do seu futuro, parei pra pensar que preciso correr atrás do meu, sem ser as custas do meu pai. 

S/N: Seria ótimo Jin! É seu sonho, dou total apoio! - fiz gesto com a mão de força e ele sorriu - 

Jin: Só você sabe por enquanto, então não conte pra ninguém, nem pra Zuang. 

S/N: Mas... ela é minha melhor amiga Jin! E somos um trio, e por que ela não veio? 

Jin: Queria comemorar seu primeiro dia de trabalho e contar isso, é algo que ainda estou com medo, pode dar errado! 

S/N: - seguro sua mão - Vai dar certo Jin! Só uma pergunta, da onde vai tirar esse dinheiro? 

Jin: Que meu pai me dá.

S/N: Belo jeito de parar de depender dele - gargalho e ele me olha sério -

Jin: Vou devolver com juros! - falo bravo e ela ri mais ainda - 

S/N: Confio em você Jin!




Duas semanas depois em Jeju... 



Suga: Vemos aqui nossa futura advogada! 

S/N: Promotora Pública! 

Jimin: É Yoongi, sabe de nada.

Jin: Toma cuidado que ela conquistou o coração do chefinho da empresa.

S/N: JIN! - olho pra ele com um olhar de fuzilamento e ele ri mais ainda - 

Jimin: Como é? 

Zuang: Caramba Jin, você é muito idiota as vezes! 

S/N: A...mor! 

Jimin: Por que ta gaguejando? 

S/N: Porque você tá bravo sem antes me deixar falar! 

Jimin: - cruzo os braços e me viro pra ela esperando ela começar - 

Suga: Deixa eu fazer pipoca pra ver isso...?

Zuang: SUGA! 

Jin: Também quer!

S/N: Bom, o Namjoon, lembra que falei dele?

Jimin: - assinto - 

S/N: Então, é dele que Jin tá falando! Só que não é nada disso que tá pensando. Ele é meu superior, só que me trata com igualdade e tem me ajudado bastante. 

Jimin: Então por que Jin falou isso? - pergunto olhando pra ele bravo - 

Jin: An.... Por quê.... 

Zuang: Agora fala Jin! 

S/N: - fecho meus olhos com medo do que Jin possa falar, porque ele brinca demais com coisas sérias - 

Jin: Porque as vezes quando vou busca-la, ele a acompanha até o carro, já pagou um jantar e.... 

Jimin: JANTAR? - me levanto e olho pra S/N - Quando pretendia me contar isso? 

S/N: - me levanto também - Eu esqueci de contar Jimin... 

Jimin: Como esqueceu? Como se esquece de contar que jantou com outro homem?

S/N: Ele se ofereceu porque tive que ficar até mais tarde e estava com fome, não foi nada demais. Comemos Lamen! 

Suga: Puts! Lamen? Lamentável isso da sua parte S/N!

Jimin: - saio da sala furioso e vou até o jardim - Não acredito nisso! 

S/N: Jin, por quê fez isso? 

Jin: Não foi por mal! - coço a cabeça com vergonha - Vou falar com ele. 

S/N: Não Jin, agora é assunto meu e dele, e de certa forma ele tá certo, porque eu deveria ter contado, mas realmente esqueci porque no dia eu liguei pra ele, mas não atendeu e acabei dormindo esperando ele dar um sinal. 



Flashback On

Suga: JIMIN? 

M/J: - olho horrorizada vendo meu filho no chão se debatendo - YOONGI! RÁPIDO! 

Suga: - corro até o andar de cima, e tento controlar o Jimin pra não se machucar - 

M/J: O que tá acontecendo Yoongi? 

Suga: O médico disse que aconteceria isso como sequela depois do coma. Preciso levá-lo para o médico! Omma, a senhora fica aqui. 

M/J: Como quer que eu fique aqui? Eu tenho... 

Suga: - sem querer acabo gritando com ela - OMMA, POR FAVOR! A SENHORA NÃO PODE IR ATÉ O HOSPITAL. 

M/J: - coloco minhas mãos no rosto chorando e Suga sai às pressas com Jimin em seus braços - Ai meu Deus! - enquanto tudo isso acontece, celular do Jimin toca e vejo que é a S/N, mas não poderia a preocupar - 



Flashback Off


S/N: - vou até o jardim e o vejo sentado no banco com as mãos no rosto - Jimin meu amor, me perdoa! 

Jimin: - respiro fundo, mas não olho pra ela - 

S/N: - sento ao seu lado, bem devagar tiro suas mãos do rosto e as seguro, o fazendo olhar pra mim - Eu te amo, mil vezes te amo! No dia que jantei com ele, eu cheguei em casa e te liguei, mas você não atendeu. Então acabei dormindo, por estar tão cansada! No outro dia acordei atrasada, sai atrasada da faculdade pra ir pro serviço! Foi uma loucura... E você demorou pra responder minhas mensagens, então eu realmente esqueci. 

Jimin: - ela fala em um tom triste e sincero, e me lembro pelo o que ela me conta, que foi na noite em que eu tive minha primeira convulsão, então de certa forma, não era só ela que não estava sendo sincera - Entendi, tudo bem! Só fiquei com muito ciúmes. Ele tem mais sorte que eu... queria poder levá-la pra jantar. 

S/N: - ao dizer isso ele sorri fraco e me olha - Espero ansiosa o dia que vou jantar todas as noites ao seu lado! 

Jimin: - ao dizer isso meu coração se aquece e beijo sua bochecha - Impossível ficar bravo por muito tempo. 

S/N: Me ama? 

Jimin: Mais do que alguns minutos atrás.

S/N: - eu iria dar um selinho dele, mas nesse instante Jimin cai no chão e começa a se debater, me assustando - JIMIN? 

Suga: - saio correndo e vou em direção ao jardim ao escutar S/N gritando - De novo não!

S/N: De novo? O QUE TÁ ACONTECENDO? 

Jin: - eu e Zuang vamos atrás de Suga e vemos Jimin tendo uma convulsão, ficamos sem reação porque ele ficou assustador - 

Suga: JIN, ME AJUDA! ELE PRECISA IR PARA O HOSPITAL! 




Hospital de Jeju... 


Doutor: Ele já está melhor. Conseguiu dormir. Yoongi, os remédios não estão ajudando? 

Suga: - me levanto tentando desviar o olhar de S/N - Sim doutor, mas as vezes tem crises! A de hoje foi mais severa. 

Doutor: Certo! Ele precisará ficar aqui pra observação! 

Suga: Certo doutor! Obrigado! - faço reverência e ele sai - Calma, eu posso explicar. 

S/N: Pode mesmo! 

Suga: Alguns dias depois que ele foi pra Daegu, começou a ter convulsões, as vezes mais de 1 por dia. 

S/N: E COMO NÃO ME CONTARAM ISSO? 

Jin: - vou até S/N pra tranquiliza-la, mas ela tira minhas mãos de seus ombros brutalmente - 

Suga: Ele não queria deixar você preocupada. 

S/N: E adiantou alguma coisa? Porque acabei de saber em primeira mão que meu namorado está tendo convulsões... Acho que ele esqueceu disso! Que isso poderia acontecer perto de mim. 

Jin: S/N... 

S/N: Cala a boca Jin! Por culpa sua a gente brigou... 

Suga: - olho pro Jin assustado e ele me olha da mesma forma, nunca a vimos tão brava, ela sai da sala de espera e vai pra fora do hospital - 

Jin: Ela tá realmente brava! 

Suga: Muito brava! 

Jin: A culpa foi minha por ele ter tido a convulsão? 

Suga: Não, fica tranquilo. 

Jin: - respiro fundo e quando olho pra fora pela janela e não avisto a S/N meu coração dispara - Cadê a S/N? 

Suga: An? 




Na praia... 


S/N On 


Me sento na areia com meu rosto já molhado de tanto chorar! Por quase todas as noite eu tenho pesadelos do acidente. Porque eu vim justo pra cá, eu não sei, mas acho que seria o único lugar que eles não vão me procurar. 

Respiro fundo a cada segundo ouvindo o som do mar e automaticamente o desespero de cada um naquela madrugada vem a tona! O sentimento de culpa ainda está sobre meus ombros e novamente se tornou difícil de carregar. 

- Ele está tendo convulsões e nem estive por perto quando isso aconteceu! 

Repito essa frase várias e várias vezes com minha cabeça enterrada em minhas pernas! 

- Não acredito nisso! E eu normal em Daegu, preocupando só comigo, enquanto aqui ele tem convulsões e a tia doente! 

Em meio a vários pensamentos, meu celular toca sem parar, provavelmente era o Jin e Suga, mas não poderia atender, não queria na verdade! Precisava de um tempo a sós pra processar tudo isso, que meu namorado, o amor da minha vida, não estava bem e eu não estava sabendo até uma hora atrás! 

- Péssima namorada você S/N! 

- Queria eu ter uma péssima namorada como você! 

Escuto uma voz conhecida e levanto minha cabeça rapidamente pra ver quem era... 


S/N Off 


Jungkook: Acho que todos queriam uma namorada como você anjinha. - me sento ao seu lado e a olho sorrindo - 

S/N: Como sabia... 

Jungkook: Jin e Suga me ligaram, então resolvemos nos separar pra procurar você. Sei que o último lugar que viria seria a praia, e essa foi sua única opção, certo? Pra ninguém a procurar aqui. 

S/N: - assinto - 

Jungkook: Jimin me disse que não queria deixá-la preocupada! Estava tão animada com o novo emprego que não queria deixá-la triste com a notícia que está tendo uma das sequelas. Ele tá se cuidando, tem tomado os remédios, fazendo terapias... 

S/N: - meus olhos voltar a ficar cheios de lágrimas - Terapia? Por quê? 

Jungkook: Diz que se lembra do afogamento, de ter chamado por nós, mas não deu muito certo, já que ele estava a certa distância e se afogando! Aos poucos ele se lembrou de tudo, não apenas de você. 

S/N: - volto a abaixar minha cabeça recebendo um carinho em meus cabelos - 

Jungkook: Ele escondeu isso porque te ama, e sabe que você seria capaz de sair de Daegu e vim pra ficar com ele. 

S/N: Mas agora eu sei, vi com meus próprios olhos o que está acontecendo com ele. Como posso voltar? 

Jungkook: Vai voltar, porque você tem a faculdade e seu emprego! Vai precisar confiar em mim, nos meninos e no Suga. Fizemos até um rodízio, quando ele tem uma crise assim, um de nós ficamos com ele o tempo todo, dormimos em sua casa e o ajudamos em tudo. Ele não está sozinho, okay? - olho pra ela novamente e sorrio reconfortante - 

S/N: - deito minha cabeça em seu ombro e ele volta a fazer carinho em meus cabelos - Obrigada Jeon! Mas de qualquer forma vou conversar com ele... 

Jungkook: Certo! 


















❤ Continua...


Notas Finais


Jimin doente?

Enfim Nam entrou para história! O que acham que ele vai causar nessa relação?

Até o próximo capítulo... 🐼


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...