História Someday we'll be together - 2yeon - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias TWICE
Personagens Jungyeon, Nayeon, Personagens Originais, Tzuyu
Tags 2yeon, Im Nayeon, Kpop, Twice, Yoo Jeongyeon
Visualizações 99
Palavras 1.023
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente! Finalmente estou sozinha em casa, consegui fazer um ep, agora o proximo só quando as provas acabarem kk
obg pelas mensagens de apoio <3 amo muito vocês

Capítulo 5 - Capítulo 5


cap 5

.

Mais um dia começou, já tinha feito duas semanas do acontecido com a família Myoui.

Assim que entrei na sala de aula, senti falta da Nayeon. Por que ela não veio? Ela não é de faltar. O que deve ter acontecido? Espera Jeongyeon, você não deve se preocupar com ela, ela não é nada sua, nada.

- Sentem-se alunos. – Sr. Seok disse, quase batendo em nós.

Os alunos tomaram seus lugares e a aula começou.

Sr. Seok era totalmente insurportável.

Após a finalização da aula, ele me chama.

-Jeongyeon, quero que vá entregar estes livros na casa da Nayeon , não quero que ela se atrase na matéria. – revirei os olhos. – Não quero reclamações, vá!

Segui caminho para sua casa.

Bati em sua porta e fiquei na espera.

-Jeongyeon. – disse Nayeon quase perdendo o fôlego.

Com certeza eu estava vermelha, mas preferi fingir que estava tudo normal.

- O Sr. Seok pediu para eu te entregar esses livros para você não se atrasar na matéria. – falei o mais rápido possível sem olhar em seu rosto – Ah, por que não foi à aula hoje?

- Muito obrigada. – Nayeon sorriu – Estou mal. – suspirou lentamente – Quer entrar?

Aceitei e entramos.

- Onde está sua mãe? – perguntei tentando puxar assunto.

- Ela está na cidade resolvendo algumas coisas. Bom, estamos sozinhas. – riu – Por que não conversamos? Parece que você nunca quer falar comigo.

- Bem eu... Eu não sei. Não é que eu não queira falar com você é que...

- Que?

- Que... – olhei ao redor esperando algo surgir em minha mente.

Nayeon levantou uma das sobrancelhas olhando para mim.

- Olha! Você tem bastantes livros. – mudei o assunto.

- Sim, eu gosto muito de ler.

Olhei para ela fixamente sorrindo. Im Nayeon era tão legal! Mas eu tinha que fazer o que Minatozaki Sana pedia.

- É... Eu tenho que ir, até mais! E melhoras.

Eu saí correndo dali.

NAYEON ON

Espero um dia poder entender o que se passa pela cabeça da Jeongyeon. E por que ninguém fala comigo na escola? Eu me sinto tão sozinha. Literalmente ninguém fala comigo. Eu não tenho amigos lá. Só Minatozaki Shen fala comigo. Ele é insuportável, não me deixa em paz. Mas somente ele fala comigo.

Será que sou tão chata ao ponto do menino mais chato do mundo ser o único a me suportar?

Eu não aguento mais ser sozinha, é a pior coisa do mundo. Não desejo nem ao meu pior inimigo (os irmãos Minatozaki, que ódio sentia pelos dois).

Fui estudar toda a matéria que a Jeongyeon trouxe para mim. Competir com ela em sala de aula era de certa forma divertido. A forma como ela fica vermelha de raiva é tão fofo. Ela era completamente fofa na verdade. Yoo Jeongyeon é uma das garotas mais lindas que já conheci. Seu sorriso, ah seu sorriso! Era como um céu estrelado numa noite perfeita. Seus olhos eram a mistura de toda a perfeição do mundo. Jeongyeon era perfeita. E essa perfeita, me ignorava.

Assim que terminei de estudar, subi para o meu quarto, e comecei a pensar. O que é isso que sinto pela Jeongyeon? Será que sou com a tia da Tzuyu? Bem, eu nunca gostei de nenhum garoto até hoje. Garotas sempre me chamaram atenção na verdade. Mas eu não entendo. Isso é tão estranho... Será que estou apaixonada por ela? Eu estou tão confusa. Eu só quero estar perto dela, falar com ela e seu rosto não sai da minha mente. Assim que fecho meus olhos, vem imagens dela sorrindo. Ela mexia com meu coração de uma forma que nem eu mesma entendia.

JEONGYEON ON

Ok, está mais que claro que Im Nayeon me odeia. Ela faz de tudo para me ver mal não é possível! Pelos menos isso me ajudava a ficar afastada dela e assim podia fazer o que Sana mandava.

Mas pensando bem, Nayeon é sozinha. Será que a Sana proíbe todo mundo de falar com ela? Oh céus, ela deve estar nas profundezas do desespero!

Aliás, ela parece que é amiga do Shen, então está tudo bem. E ela também parece gostar dele, ela nunca namoraria comigo. Mas por que estou pensando nisso? Será que aquilo que li em um livro se aplica em mim? Será que eu gosto...

- Jeongyeon, entre criança! – Eugene disse gritando.

Eu já estava parada na frente de Blue Bird e perdi na noção do tempo.

- Suba e se prepare para o jantar.

- Ok Eugene! – disse subindo as escadas.

Arrumei-me e desci, estava faminta.

Sentamos e o silêncio tomou o local.

- Eugene, Leo, por que não se casaram?

Eles olharam um ao outro com um olhar desesperado.

- Não tivemos... – Leo disse lentamente e foi atrapalhado por Eugene.

- Você não precisa saber Jeongyeon, isso é pessoal. – respirou fundo – Mas venha, temos algo para te mostrar.

Segui os dois e fomos para sala, havia um livro aberto numa mesa.

- Está pronta? – perguntou Eugene.

- Para que?

- Você agora fará parte da família Kwon. Tome esta caneta, pode escrever seu nome.

- Sério? –as lágrimas tomaram conta de mim – Eu não acredito, eu amo muito vocês. – Abracei os dois e enxuguei minhas lágrimas – Bom, vamos lá. Kwon Jeongyeon. Pronto, não é maravilhoso? Espera, fica melhor se eu colocar desse jeito – risco o antigo – Yoo-Kwon Jeongyeon. Agora está perfeito! Será que posso colocar Cordélia também?

- Pronto Yoo-Kwon Jeongyeon, está perfeito. – Eugene me interrompeu.

Eu estava tão feliz. Finalmente faço parte de uma família, depois de anos.

Fui para o lado de fora e peguei algumas flores, fiz dois arcos com eles. Darei um para Tzuyu amanhã, certamente ficará linda.

Ah, ela já usa laços deslumbrantes, com certeza não irá usar esse arco simples.

Im Nayeon também ficaria linda com ele, mas me odeia e não irá aceitar.

Tirei minha roupa e coloquei as de dormir. Estava muito cansada, a caminhada hoje foi longa, da escola até a casa da Nayeon, da casa da Nayeon até Blue Bird, era um mundo. Fiz minha oração e fui dormir.

 

Espero que amanhã seja um dia melhor, espero de coração.


Notas Finais


bj


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...