História Somente sexo (18) - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Sexo +18
Visualizações 258
Palavras 491
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Me digam o que estão achando da história...

Capítulo 33 - Terá que ser assim


Depois que Helena foi embora, Arthur continuou ali, chorando inconformado. Como não tinha mais jeito de trabalhar, ele falou pros seus funcionários que voltaria para casa, mas aquilo era mentira. Arthur foi para o bar.

As únicas coisas que ele fazia era beber e chorar, queria que tudo aquilo fosse um pesadelo e que logo acordasse dele.

Depois de um bom tempo, o bar já estava fechando. O dono pedia para que Arthur fosse embora, mas ele insistia que não iria.

Vicente foi procurar Arthur e foi no bar. Quando ele chegou Arthur tava caído num canto.

-Você conhece ele?Perguntava o dono do bar para Vicente.

-Sim, é o meu amigo.

-Então ajude ele a sair daqui, já estou fechando o bar.

-Claro. Vamos Arthur, pra casa.

Vicente teve que carregar Arthur até o carro, no meio do caminho Arthur falava coisas sem nexo. Mas Vicente já sabia que todo aquele sofrimento do amigo era por causa de Helena.

Quando chegaram em casa Vicente levou Arthur para o quarto. Depois de um tempo Arthur já estava dormindo, Vicente se perguntava o que tinha acontecido entre Arthur e Helena.

----------------------------------------------------

Helena saiu do restaurante chorando muito. Não queria ter dito aquelas coisas, mas era preciso. Tinha dó de Arthur, mas sabia que era melhor pra ele e pra ela.

Helena foi para a casa da amiga, quando Patrícia abriu a porta, viu a amiga aos prantos.

-Meus Deus Helena, o que aconteceu? Entra.-Patrícia falou recolhendo Helena.

-Eu falei pra ele que eu o amo.

-Tá, mas vocês não tão junto?

-Não.

-Ele não quis?

-Eu não quis.

-Como é que é? Você não quis por que?

-Eu não consigo mais amar ninguém, você sabe disso.

-Aí Helena, você vai ficar separada do cara que você ama e que ama você por causa de um idiota que não soube te dar valor? É sério isso?

-Sim, eu criei um trauma, nem o Arthur nem ninguém vai conseguir acabar com ele.

-Então você nunca vai ficar com ninguém? Vai deixar esse boy maravilhoso, que te ama ir assim.

-É...

-Você é muito burra Helena, por favor né. 

-Eu já to mal, ainda você fica brigando comigo.

-Desculpa, mas é verdade. E como ele ficou?

-Ele ficou arrasado né, coitado. Eu pedi pra ele ficar longe de mim, procurar uma mulher, formar a família que ele tanto sonha. Você não tem noção do quanto foi duro e doloroso falar essas coisas.

-Sinto muita pena de vocês dois.

-Ver ele insistindo pra eu dar uma chance pra ele, meu Deus, ainda dói só de lembrar.

-Ai amiga, e você não vai voltar atrás?

-Não Paty, não tem jeito, por mais doloroso que seja, vai ter que ser assim.-Falava chorando muito ainda.

-Você vai se distanciar dele.

-Infelizmente vai ser preciso, cada um vai pro seu lado. 

-Eu acho que ele não vai aceitar.

-Vai ter que aceitar, ele tem que aceitar.

-Sinto muito amiga, talvez algum dia vocês possam ficar juntos, sem mágoas, sem dores e sem fantasmas do passado.

-Eu torço pra que isso aconteça também.

Helena dormiu na casa de Patrícia, tava tão mal que não conseguiu nem ir para casa.

Continua...


Notas Finais


Link da música da fic: https://youtu.be/cJLWXb7J9i8


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...