História Something or Nothing- Scorbus - Capítulo 38


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Potter, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Lílian L. Potter, Personagens Originais, Poppy Pomfrey (Madame Pomfrey), Ronald Weasley, Rose Weasley, Rosier, Scorpius Malfoy, Tiago S. Potter, Yaxley
Tags A Criança Amaldiçoada, Albusbottom, Alvo Potter, Criança Amaldiçoadoa, Daddykinky, Harry Potter, Magia, Otpzao Da Poha, Saga, Scorbus, Scorpius Malfoy, Scorpiustop, Shipp
Visualizações 51
Palavras 547
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cheguei!!!

Capítulo 38 - Alive again


Fanfic / Fanfiction Something or Nothing- Scorbus - Capítulo 38 - Alive again

O silêncio paira pela sala

J- Ruell... a gnt não vai te matar

S- Não mesmo.

Rl- É como pretendem achar um gato tonquinês?

A- O James sabe aparatar...

Rl- Só que não se pode aparatar nos terrenos de Hogwarts.

A- É mesmo...

S- Já sei... eu acho que nós iremos encontrar esse gato nessa floresta aqui.

Rl- Mas os gatos tonquinês vivem no Egito.

S- Mas eu conheço um gato tonquinês nessa floresta. Venham comigo.

 

Todos seguem Scorpius. Lys ficou no quarto em que estava anteriormente e lá ficou bem protegida. 

Scorpius e os outros andaram muito, mas muito mesmo até chegar onde Scorpius queria.

S- Garktaon. Oniterasse. Bulgcore.

Rl- Gnt... que que ele tá falando?

Os irmãos Potter chacoalham a cabeça negativamente, como se fosse um “não sei”.

S- Hiperasse Cultoresa.

De repente um gato apareceu na frente deles. Scorpius olhou para o gato, que miou logo em seguida. O menino Malfoy se abaixou e fez um carinho no felino.

Rl- C-como...

S- Shh... Cakster?

O gato, magicamente, assente.

S- Ele concordou.

Rl- Ok. Preciso levar esse gato pra minha casa e fazer um círculo nele e na Lys. Venham. 

Scorpius pega o gato e o leva, o caminho todo fazendo carinho no topo de sua cabecinha. Alvo ficou com ciúmes pq seu namorado não dava tanto carinho assim para ele. 

Alvo esfregou sua cabeça em Scorpius que deu um sorrisinho e beijou seu couro cabeludo. Causando arrepios em Alvo. 

 

Já fazia um tempo que Alvo estava meio carente e necessitado. Sim, faziam apenas alguns dias desde sua punição, porém ele queria mais.

 

Chegando na cabana de Ruell, o mesmo pega o gato de Scorpius, que se senta no sofá e Alvo se senta em seu colo, e leva o felino até onde Lys se encontrava.

 

P.O.V Ruell 

Estava passando um círculo de pétalas em volta dos dois. Depois de fechar o círculo, pegou seu livro e leu algumas palavras. Sussurrou as palavras e depois foi até a sala.

Rl- Preciso que todos vcs venham cmg.

Todos seguiram Ruell até o cômodo.

Rl- Preciso de uma varinha, porém, eu sou um híbrido... e híbridos são puros de mais para fazer um feitiço imperdoável. Alguém aqui sabe executa-lo?

Scorpius respirou fundo e disse:

S- Eu sei.

Rl- Scorp... por favor.

Scorpius andou até o círculo, aponto sua varinha, inflou o peito e disse:

S- AVADA KEDAVRA!

Um raio verde irrompeu de sua varinha e atingiu o gato em cheio. Fazendo o mesmo cair ao chão, sem vida. 

Os olhos de Lys abrem de repente.

L- Oque houve aqui?

J- Amor! 

James abraça Lys com toda sua força e logo em seguida a beija.  

James explicou toda a história para Lys, deixando a menina chocada. 

L- Mto obrigada por me salvar Ruell!

Rl- Por nada. Agora vcs tem que ir. Faz mais de um dia que estão desaparecidos. 

Todos- Tchau Ruell.

Estavam saindo até ouvirem os gritos de Ruell chamando pelos seus nomes. Todos voltaram para a cabana e lá encontraram Ruell segurando o gato com um raio cor de rosa saindo do peito do felino. De repente, o animal começou a flutuar e a girar. Quando caiu no chão novamente, estava em forma humana.

Rl- Ah...

O gato tonquinês havia se transformado em um híbrido 

 

 

 

Continua....


Notas Finais


Eita... que será que vai acontecer?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...