História Something's Gotta Give - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Fifth Harmony
Tags Camren
Visualizações 146
Palavras 1.444
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, LGBT, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Bissexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 27 - CAPÍTULO 27


POV:Camila

Mais uma vez me olho no espelho, acho que já é a quinta vez que faço isso, estou usando uma saia longa branca com uma fenda que vai até minha coxa, Cropped mostrando um pouco minha barriga e com manga longa na cor preta, a maquiagen leve como sempre, apenas destacando meus olhos e batom rosa bem clarinho, prendo a respiração e me pergunto se Lauren vai gosta? Droga olho no relógio e já são 17:56hs ainda falta muito, suspiro com minha impaciência até parece que quatro minutos são grande coisa.
O problema é que desde ontem a noite estou assim, impaciente logo depois de Lauren tem me deixo em casa que não consigo conte a ansiedade e o nervosismo, o que é patético pois não tenho motivos pra isso, ou tenho? Não sei mas depois que contei para Lauren sobre meu passado (vulgo Austin) estou sentindo várias coisas sem nexo sentimentos que não queria sentir outros que não sei identificar, a frustração é minha única Amiga e companheira, depois que eu e Lauren nos beijamos senti que ela ficou estranha, primeiro ficou calada, pensativa, ficou seria e decidimos volta, uma hora depois ela me mando uma mensagem desejando boa noite e que estava contando os minutos para me vê, ela me deixa tão confusa, e os sentimentos que sinto por ela também, não sei se deveria me permitir a isso. Jurei a mim mesma que não iria me apaixona outra vez, não que eu esteja apaixonada, tá vendo? nem eu mesmo sei oque sinto, passei o dia todo pensando nisso.
Lauren é uma mulher diferente tem seus segredos e não vou mentir, morro de curiosidade de saber quais são o que se passou na vida daquela mulher, sei que se continuar por esse caminho vou quebra a cara mais uma vez, todos mandaram eu fica longe manter distância, mais oque posso fazer? Ela é como um imã, não quero chora mais, nem sofre por alguém que não quer nada cmg além de sexo, o que será esses sentimentos? Achei que era uma simples atração mais não é, ela não sai da minha cabeça, tenho medo mais quero seguir em frente e pagar pra ver, pelo menos dessa vez sei que estou mexendo com fogo, diferente de Austin ela nunca mentiu sempre deixou bem claro suas intenções comigo, e isso pode muda, não pode? Esses pensamentos não vão me levar a nada tenho certeza.

Levo um susto quando escuto a campainha tocar, olho no relógio que está em meu pulso e já são 18:00hrs ela é bem pontual, respiro fundo e abro a porta, Porra de mulher Sexy, ela esta linda coturno calça justa preta e uma blusa solta escrita nirvana realmente essa mulher é minha perdição todas as minhas resistências foram por água abaixo só com esse sorriso que vontade de tira esse batom vermelho dos lábios dela.

- Você está maravilhosa.

Diz é vem me da um abraço aproveito e respiro o máximo que consigo de seu perfume, antes de me solta rouba um selinho.

- Obgd você também está incrível.

E cheirosa também digo em pensamento, ela agradece e ficamos nos olhando igual duas idiotas sem falar nada até que tomo a iniciativa.

- Só vou pegar minha bolsa.

Entro em casa e vou até o quarto pegar minha bolsa, coloco o celula e e dinheiro, nunca se sabe quando vou presisa de um Táxi para poder fugir não é msm? Quando volto para sala vejo Lauren olhando as fotos que tinha pendurado a alguns dias na parede.

- Você era linda quando criança.

Diz mais não se vira para me olha, continua vendo as fotos.

- Obgd, mais isso quer dizer que não dou mais bonita agora?

Falo em um tom indignado, ela sorri e vem devaga até mim.

- Não vc não é mais uma mínima linda, você é uma mulher gostosa que tá fodendo meu psicológico.

Quase desmaio com a intensidade de seus olhos, ela me deseja e isso é nítido prendo a respiração e sei que estou corada mais não por vergonha, ela suspisuspira e se afasta pega uma foto em que estou com meus pais e me olha mais uma fez.

- Vocês eram uma famila muito bonita.

Opa não estava esperando a mudança de assunto, mais não digo nada apenas a olho.

- Tenho certeza que eles então extremamente felizes por vc, vc é uma mulher incrível Camila, e deu a volta por cima te admiro por isso.

Eu deveria dizer alguma coisa? Não estou entendendo nada, onde ela quer chega com isso? Só sinto meus olhos encherem d'água, ela me olha e da um sorriso.

- Vamos?

Aí meu pai me ajude, oque deu nessa mulher hoje?

-Tá legal

saímos e fecho a porta de casa ainda pensando no que ela me disse, quando entramos no elevador ela me segura e me abraça sem dizer nada não resisto e a abraço também.

- Desculpa não quis te deixa triste.

Olho para seu rosto que está bem perto do meu e respiro fundo.

- Não me entristeceu.

- Então cadê meu sorriso?

Diz é faz cócegas em minha sintura tento me afasta mais ela não deixa, me prendendo contra seu corpo não me aguento começo a ri, escuto a porta do elevador se abrir e um casal entra não consigo ver direito pois Lauren não para escuto risadas do casal atrás de nos conserteza estão achando graça a situação.

- La..uu..renn. Pa..Paraa.

Ela para e está rindo, escuto risdas atrás de nos não me atrevo a olha para trás depois disso, por sorte o elevador abriu. E Lauren me puxou para fora, olho pra ela que continua rindo.

- Você só pode ser loca.

Sussurro mais ela acaba ouvindo.

- Claro que sou louca, louca por vc Camz.

- Camz?

Digo sem esconde de o espanto ao ver o apelido que ela me colocou.

- Sim, Camz, não gosta?

Pergunta e parece surpresa mais tenta esconde tenho vontade de ri mais me seguro, coloco a não no queixo como se estivesse pensando e respondo em um sussurro.

Gosto, ninguém nunca me chamo assim.

Vejo seus olhos brilharem e ela da um sorrisinho lindo, que vontade de beija essa boca.

Acho melhor irmos Lolo se não vamos chegar atrasadas ee isso não seria legal.
Ela abre a boca mais não diz nada bom se eu tenho um apelido ela também tem que ter um não é msm?

Sem dizer nada ela abre a aporta de um puta carro, ele não é igual ao outro a única coisa que não mudou é que os dois são na cor preta.

- Belo carro.

Digo quando ela entra e coloca o sinto.

- Sou apaixonada por carros.

Diz Piscando pra mim, essa mulher anda me deixa louca. Ela se concentra na estrada e me viro para olhar seu lindo rosto.

- Percebi isso, no dia em que nos conhecemos.

Ela dá um sorriso de lado como se estivesse escondendo algo, mais prefiro nem pergunta.

- Esse não é igual ao outro.

Digo constatando o óbvio.

- A não esse é uma Ferrari 458 Spider.

E assim fomos o caminho todo e uma conversa até que interessante sobre carros e coisas de que Lolo gostava. 

POV:Lauren 

O caminho foi feito em um pouco mais de 30 minutos, como meus pais moravam longe da correria da cidade, nunca fiz esse caminho tão bem e nunca me sento tão feliz, é estranho não me lembro da última vez de que estive com uma mulher e me diverti, como estáva fazendo com Camila, claro que sempre estive com mulheres mais todas as outras sempre foram só sexo com a Camz as coisas são diferentes.
Camz, ainda não acredito que a chamei de Camz, pior que não me arrependo ela é a minha Camz e pronto, estacionei o carro em frente a casa de meus pais e vejo o Carro de Chris, também a um desconhecido por mim que deve ser de Megan reviro os olhos e olho pra Camila que parece esta nervosa.

- Fica calma vai da tudo certo.

Ela suspira e começa a fala.

- E se não ser certo? Se sua mãe não gosta de mim.

Isso me faz sorri por dentro se ela Soubesse como fica linda nervosa.

- Não pense nisso vai dar tudo certo e minha mãe já gosta de vc vai por mim.

Não estou mentindo minha mãe virou fã número 1 de Camila.

- Espero que sim.

Dou um beijo nela e saio do carro não a deixando tempo para pensa em besteira já abro a porta do carro e seja o que Deus quiser.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...