1. Spirit Fanfics >
  2. Somos mais que amigos? >
  3. Simplesmente com verdades

História Somos mais que amigos? - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


Entããããão, deu um big da porra ontem onde o Spirit n tava deixando eu postar a porra do meu capítulo pq tava com o mesmo título, e eu fiquei tipo: QUE TÍTULO CARAI? Tipo, o título q eu tinha posto antes era "Aquele em que tudo muda" ou coisa assim, n lembro ;-;, aí meio q deu mó Delay da porra e o mesmo capítulo foi postado duas vezes, aí eu tirei um e tals, mas é isso

Capítulo 4 - Simplesmente com verdades


Continuando...

Narradora On

Ycaro: Sai fora o

Saiko: Não tá n é?

Ycaro: Eu não!

MeiaUm: Te manque rapá

Tawan: Porra Ycaro, se tu quer ver n precisa mentir n

Ycaro apenas se levantou bruscamente 

Ycaro: Não interessa qual dos dois, mas ou o Tawan ou Saiko vem me ajudar se n eu fico puto

André: Pq o Tawan ou o Saiko?

Ycaro:Controla o ciúmes meu fi, n te chamo pq tu n é alto

André: olha quem fala

Ycaro: Tawan fica com seu ciumento dos inferno, Saiko, vc me ajuda

Saiko: Mas que porra, tudo eu nessa casa tmb

Ycaro: Vem logo baitola

Os dois garotos estavam na cozinha, Ycaro fazendo o que parecia ser um brigadeiro de colher enquanto Saiko, apenas pegava o que ele pedia

Saiko: Ycaro? 

Ycaro: Diga

Saiko: ...

Ycaro: Saiko tá tudo b...

Ycaro disse se virando para seu amigo, mas foi interrompido pelo moreno que lhe deu um beijo sem mais nem menos, Ycaro até tentou argumentar, mas não resistiu a tentação que sentia e retribuiu o beijo sem mais nem menos

Ycaro: S-Saiko? P-Pq tu...

Saiko: Eu disse pra vc ter cuidado com quem mexe

Ycaro: Pois vá lhe a merda cu de boi

Saiko apenas riu anasalado, encarando o rosto vermelho e o semblante de seu rosto que misturava tanto raiva quanto vergonha 

Ycaro: Não mexa comigo assim...

Ycaro disse como um pensamento que apenas ele ouviu

Saiko: Hm?

Ycaro: N-Nada não

..........Quebra de Tempo..........

Tawan: Opa, agora sim mancho

MeiaUm: E doido, Skol Beats

Ycaro: Fiquem a vontade para darem PT, mas se morrer eu n pago caixão nenhum, e se ficar bêbado eu tiro daqui

Saiko: Ycaro, tu n vai beber n doido?

Ycaro: Não, eu n bebo 

MeiaUm: Já provou?

Ycaro: Já, e eu n bebo

Tawan: Bebê sim, acha q eu n sei seu ponto fraco?

Ycaro o encarou confuso, André e Saiko olhavam para Tawan com o mesmo olhar de intriga, Tawan vai em direção a geladeira e mistura coisas que pareciam ser: Vodka, diferentes cervejas, cachaça, um pouquinho de vinho e uma coisa que Ycaro nunca resistia: Uma latinha de Bluebarry foi colocada na mistura, com alguns morangos tmb, o peruano já estava voltando para a sala e logo intregou o copo com a mistura para Ycaro

Ycaro: Tu n fez isso comigo Tawan

Tawan: Fiz e faria dnv

Saiko: Crl Ycaro, se realmente gosta desse veneno?

MeiaUm: Como que tu sabe disso Tawan

Ycaro: Isso é entre mim e ele

Ycaro dizia corado olhando com um olhar mortal direcionado para Tawan, que recebi o olhar e o entendeu 

Tawan: Pq? Tá com ciúmes é?

MeiaUm: Meu pau, n sou o Saiko

Saiko: Crl mano, q q eu fiz velho? Pq tudo é eu agr, tomar no cu

MeiaUm: Beleza, vamos jogar vdd ou dsf, mas os desafios são obrigatórios, e se for verdade vc tem que dar um gole no veneno do Ycaro

Ycaro: Ei doido, tire o olho daqui visse

Saiko: beleza, eu faço um copo pra cada

Disse Saiko bruscamente se dirigindo a cozinha

Tawan: q q ele tem doido?

MeiaUm: Caralho Tawan, tu é lesado porra? Ele tá com ciúmes idiota

Tawan: Oshi mas... Aaaaaaah, saquei

Ycaro: eu n

MeiaUm: vc n precisa Ycaro

..........Pequena quebra de tempo..........

MeiaUm: beleza, Saiko, vdd ou dsf?

Saiko: vdd

MeiaUm: Vdd q vc é realmente hétero?

Saiko apenas vira a cabeça para o lado sem resposta e sem beber nenhum gole daquela mistura mortal, informando a todos que era uma mentira

Tawan: Iiiiih, doido, sabia disso não ó 

Saiko pega a garrafa que cai em Tawan, ele liga o olha com olhar de desdém, por André passar tanto tempo com Ycaro, Tawan passava bastante com Saiko, então eles sabiam quase todas as coisas um do outro, Saiko apenas faz a pergunta de iniciação e Tawan apenas o olha com raiva, escolhendo dsf

Saiko: Dsf vc a falar como descobriu q o Ycaro gosta desse bagulho

Ycaro: Tawan, EU JURO QUE EU TE MATO!

Tawan: foi mal ó doido, mas o Saiko tem informações o suficiente pra me fuder com está brincadeira

Saiko: vai logo, DESEMBUCHe CÃO

Tawan: Bem...

Flashback On

Tawan: Ycaro, precisamos conversar!

Ycaro: Caralho Tawan, se sabe q horas são? 3:30 DA MANHÃ! N DA PRA VC APARECER NA MINHA PORTA LÁ PRAS 18:00 N?

Tawan: para de drama, o que eu tenho pra falar é sério Carlos

Ycaro: ... Entra aí vai

Tawan: a onde vc vai doido?

Ycaro: pra vc me chamar de Carlos, a coisa tá preta...

Flashback Off

Tawan: e aí o Ycaro fez esse sangue de satanás pra mim e pra ele, ele me disse naquele dia q ele só bebia quando estava com problemas, e que só bebia se fosse isso aqui

MeiaUm: sobre o q foi a conversa?

Ycaro: N É A SUA VEZ!

Ycaro pega a garrafa e a gira, apontando para MeiaUm e ele

Ycaro: Vdd ou dsf?

MeiaUm: dsf q aqui o bagui é doido

Ycaro vai em direção a MeiaUm e sussurra algo em seu ouvido, para que apenas ele pudesse escutar

MeiaUm se levanta e fica de frente para Tawan

MeiaUm: Oi Tawan...

Tawan: O-oi André...

MeiaUm se aproxima devagar, cada vez mais vermelho e mais perto do encontro dos lábios do maior

MeiaUm: Tawan?

Tawan: O-oi?...

Os dois estavam muito corados e n tiravam os olhos um do outro, até que MeiaUm sai de perto dele, sentando-se novamente em sei lugar

Tawan: Ata ;-;

Ele diz ainda perplexo e corado, todos começaram a rir da reação de Tawan, exceto ele, é claro

MeiaUm agora gira a garrafa fazendo com que ela aponte para Ycaro e Anci, Ycaro já havia devido cumprir um dsf então:

Tawan: Dsf vc a sair na rua só de cueca, e n colocar as suas roupas até o jogo acabar

Dito e feito, Ycaro cumpriu aquele desafio sem muita vergonha, pelo fato do álcool já estar tendo efeito sobre ele, n q ele fosse fraco pra isso, mas ele foi o que mais bebeu, continuava a virar um copo atrás do outro

Depois de mais uns desafios, estavam todos sentados no sofá, Ycaro havia desistido de por o resto de suas roupas quando n conseguiu achar a sua calça, estava apenas com seu moletom por cima, MeiaUm já se encontrava no colo do Peruano dormindo, enquanto o mesmo acariciava seus cabelos que estavam soltos para fora do boné

Ycaro: Saiko...

Saiko que estava sentado ao lado de Ycaro tentando a todo custo n esmurrar o loiro por ele tentar pegar mais uma bebida

Saiko: Ycaro, vc n vai beber mais hj

Ycaro: vc é muito chato

Ele diz num tom choroso, fazendo com que Saiko solte um suspiro de estresse 

Saiko: Ycaro... Vc n vai mais beber hj

Ycaro: ent me dá um abraço?

Diz o loiro já abrindo seus braços

Saiko: o que isso tem a ver?

Ycaro: eu n sei, mas me deu vontade

Saiko apenas ri anasalado e abraça Ycaro, n q tenha durado muito tempo, Rodrigo embora n admitisse, adorova abraçar Ycaro, diferente de quando abraçava qualquer um, o abraço que vinha do menor era confortável para ele, lhe trazia uma sensação de segurança

Ycaro: Eu... Adoro o seu cheiro Rodrigo, seu perfume é muito bom

Saiko: A é? -Saiko diz com um sorrisinho maroto instalado em seu rosto (ava, achei q sorria pelo cu) e tmb levemente corado- q bom q gosta

Ycaro: tmb gosto muito do seu cabelo, é mó massa, eu imagino como seria passar as mãos neles e os acariciar, entreleçar os meus dedos nele... 

O loiro dizia com a voz arrastada, enquanto fazia os gestos com as mãos, fazendo Rodrigo corar mais

Ycaro: Deve ser... Bem... Legal

Rodrigo leva sua cabeça até as mãos do menor, o permitindo fazer o que ele queria, Ycaro se surpreende, embora já n entendesse mais nada por conta da bebida

Saiko: Carlos Ycaro Gabriel, n está na hora de vc ir dormir

Ycaro ia discutir, mas sentiu seus olhos pesarem na hora, e como se fosse mágica, apagou instantâneamente, fazendo Rodrigo soltar uma risada nasal enquanto estava estampado em seu rosto um sorriso maroto que expressava muita felicidade, enquanto estava fortemente corado

Saiko leva Ycaro em suas costas até o quarto e o deixa na cama

Ycaro: S-Saiko... Dorme comigo

Saiko: Vai dormir Ycaro

Ycaro: Pfvr, apenas hj

Saiko: o q vc n me sorrindo q eu n faço chorando

Ycaro: acho que é ao contrário n é?

O loiro permanecia com os olhos fechados, mas ainda ouvia o moreno perfeitamente (até pq se escuta com o ouvido e n com os olhos né)

Saiko: isso importa

Saiko disse se deitando ao lado do mesmo, Ycaro estava com a cabeça escorada no peito de Saiko que encaixou perfeitamente seu queixo sobre a cabeça do menor, o abraçando

Ycaro: nem... Um pouco...

Saiko percebeu q dessa vez Ycaro realmente havia dormido, depositou um beijo rápido na testa do menor q sorriu inconscientemente, fazendo Saiko rir baixinho

Tawan foi ao encontro dos dois no quarto e vou a cena dos dois abraçados que agora já se encontravam de conchinha

Rodrigo: Levou o André pro quarto já?

Tawan: n finja q eu n vi oq aconteceu lá embaixo 

Rodrigo com sua voz rouca e de sono apenas falou calmamente

Saiko: Vai se ferrar Tawan

Tawan riu e fechou a porta do quarto, indo ao encontro de MeiaUm q se encontrava no sofá ainda, o pegou nos braços (estilo noiva pq sim) e o levou para cima, beijou a buchecha do de sardas e saiu dali, indo para o sofá

..........Quebra de Tempo..........

3:20 AM

?: Tawan?...

Tawan: Hum? Oi? Quem tá aí?

Tawan diz acordando, tentando enxergar quem estava o chamando, já que n conseguia reconhecer a voz por conta do sono

?: Sou eu Tawan, o MeiaUm... (Ngm sabia né?)

Tawan: Ahm, Oq foi? Pq tá acordado?

MeiaUm: E-eu tive um pesadelo e... E-eu tô com medo...

Tawan percebeu os leves soluços que MeiaUm dava, se tocou então que o de sardas estava chorando

Tawan: Ei n chora... Vamo na cozinha, vou te dar um pouco de água com açúcar

MeiaUm q agora já chorava sem tentar esconder se dirigiu ao amigo q ainda permanecia sentado no sofá, e o abraçou escondendo seu rosto no peito do maior, apenas chorando baixo, para n acordar o restante do grupo, Tawan sente um aperto no coração ao ver o amigo daquele jeito, apenas retribui o abraço e passa sua mão pelos cabelos de André, os acariciando na tentativa de acalma-lo, coisa que funcionou, André já havia parado de chorar agr

MeiaUm: Dorme cmg?

Tawan: C-Claro...

Os dois sobem até o quarto novamente, mas dessa vez Tawan estava deitado na cama junto de MeiaUm, o de óculos n conseguiu dormir até ter a certeza absoluta de que o de boné estava dormindo calmo e tranquilamente, o que n demorou muito, os dois estavam abraçados dormindo serenos

E assim acabou a noite dos quatro amigos, simples e cheia de sentimentos reais, q foram expostos pela bebida, simplesmente com verdades










Notas Finais


Nada a declarar, n tenho opinião formada sobre esse capítulo, então é isso, q vc tenha tudo um bom proveito desse capítulo, e me perdoe por qualquer erro ortográfico e coisa parecida, sla, preguiça até de raciocinar, tá foda hein


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...