1. Spirit Fanfics >
  2. Sonhos de um otaku qualquer >
  3. Tarde de filmes

História Sonhos de um otaku qualquer - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Tarde de filmes


Fanfic / Fanfiction Sonhos de um otaku qualquer - Capítulo 1 - Tarde de filmes

Bem meu nome não interessa mas eu tenho 15 anos e sou um otaku nunca e namorei ,fico pensando como seria olum modelo de uma waifu ideal 

Não sei porque mais eu sempre imaginei alguém menor do que eu  com um cabelo médio e castanho e com uma personalidade fofa assim como a minha ,em outras palavras uma pessoa que eu pudesse contar pra tudo desde um assalto a uma simples tarde vendo filmes juntos abraçados .

O primeiro pensamento que eu queria contar e exatamente esse uma tarde de filme ou sla fico imaginando como seria ela chegando na minha casa dizendo que estava com saudades e me beijando logo em seguida , após isso iríamos para a sala e indo comendo alguma coisa durante a tarde .

Uma das coisas que eu mais quero fazer na minha vida e isso que eu vou dizer 

Agente estando deitados vendo o filme ou a série 

E acabo me distraindo com ela eu provavelmente pensaria :como eu tenho sorte de tela comigo  ela e realmente muito linda , e nesse momento ela acaba olhando pra mim também  vejo em sua feição que está meio envergonhada mas não paramos de nós encarar fomos aproximando nossos rostos  aos poucos chegando tão perto ao ponto de sentir sua respiração  nossos lábios se encaixariam  como se fossem peças de quebra cabeça feitos um para o outro ,parariamos o beijo um pouco por falta de ar  e prosseguiriamos e quando terminassemos ela me olha com um sorriso sutil e singelo e diz eu te amo seguido de um abraço forte e voltaríamos a ver o filme com a cabeça encostada no meu peito aonde adormeceria.






Bem foi isso c vier mais alguma coisa na minha cabeça eu eu conto a vocês me digam se gostaram 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...