História Sonhos diminuem a distancia - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Vocaloid
Tags Incesto, Romance, Vocaloid
Visualizações 13
Palavras 1.294
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


pessoal eu esqueci de mencionar que nessa fanfic o len ta de cabelo grande entao imaginem ele de cabelo grande nao achei muitas fotos dele com cabelo longo espero que gostem desse capitulo :3

Capítulo 2 - Estamos juntos novamente


Fanfic / Fanfiction Sonhos diminuem a distancia - Capítulo 2 - Estamos juntos novamente

Como sempre acordei com uma preguiça mais forte do que eu que me impede de me levantar para ir pra escola, me viro e vejo meu irmão dormindo no futon que eu improvisei do lado da minha cama, ele estava cansado da viagem de ontem e eu aproveito pra ficar observando ele dormir. Ainda não acredito que depois de 3 anos ele esta de volta nem a miku acreditou quando disse que ele estava de volta na ligação que fiz pra ela ontem, ela quer vim dormir aqui essa noite pra matar a saudade dele afinal ela gosta dele tanto quanto eu crescemos juntas com ele sempre tomando conta da gente. Me levanto tomo um banho e me arrumo para a escola agora meu irmão ia ficar em casa tomando conta das coisas ate a nossa mãe voltar do trabalho, eu realmente não ligo pra roupas então vou pegar essa calcinha Box roxa afinal ninguém vai ver mesmo já que uso uma saia longa e minha camisa de farda mais amarrotada possível que parece que tirei de dentro de uma garrafa.

len –parece que voce não cresceu nada nesse tempo que tive fora continua uma tabua.

Escuto um comentário e quando viro de costas o len estava sentado no seu futon escorado na cama bocejando e me olhando trocar de roupas, eu começo a corar e em um momento de raiva eu taco um pote de creme pra cabelo nele.

–nii  san seu idiota pevertidooooooooooooooo!!!!!!!!

len –mas tenho que admitir que voce realmente ta linda desde que eu te vi pela ultima vez.

Aquele comentário do nii san me fez corar envergonhada e eu comecei a sentir algo quente no meu estomago. Termino de me arrumar e vou para a escola e no caminho miku já estava me esperando na metade do caminho não moramos muito longe uma da outra mas pelo visto miku já estava com sua mochila cheia provavelmente já estava com suas roupas para dormir na minha casa ela realmente queria ver o len nii san.

Miku –rin chan bom dia.

–bom dia, pelo visto vc vai acampar na minha casa hj...

Miku –ue mas não era pra passar esse final de semana la? Nao me diga que...

–hoje é sexta?

Miku –voce esqueceu que dia era de novo! Rin voce não tem mesmo noção de tempo.

Começamos a rir juntas enquanto andávamos a caminho da escola e miku estava falando que eu deveria me arrumar mais e fazer coisas como passar a camisa, não usar roupas maiores do que eu afinal minha farda fica enorme em mim tanto que as mangas cobrem minhas mãos, dar um jeito no cabelo ela sempre dizia que meu cabelo estava com tão oleoso e bagunçado que eu parecia uma mendiga e quando passamos por uma vitrine eu percebi que eu realmente pareço uma mendiga e comecei a rir de mim mesma afinal aquele era o meu jeito de ser e eu não queria mudar, já a miku era uma princesinha embora ela gostasse dos mesmos jogos e animes que eu ela não chegou ao meu nível de vicio por essas coisas, ela não era tão popular mas sempre foi linda e andava bem arrumada mas quando o assunto são animes e jogos ela se torna uma nerd assim como eu.

–ei miku  eu tava vendo uns jogos pra pedir mas alguns estão muito caro e são logo os melhores.

Miku –nem me diga, gastei meus últimos centavos no Omega Quintet.

–o nii san ficou usando meu computador  antes de eu sair, tomara que ele não apague sem querer os jogos que eu marquei.

miku –sabe rin, voce se lembra o por que de nois duas termos começado a jogar?

–lembro, meu nii san era um viciado assim como eu sou hoje, inclusive nem tive tempo de perguntar se ele ainda joga como um louco que nem antes.

Miku –como o nii san esta? Ele esta muito diferente?

–ele esta mais alto e seu cabelo esta longo, eu lembro que quando ele saiu daqui usava o cabelo curto e hoje esta tão longo que ele parece uma garota.

Miku –aposto que a cabelo dele é mais bem cuidado que o seu.

Miku fez um comentário engraçado a ponto de me fazer rir naquele momento, mas realmente meu nii san esta mais bonito que antes, e por que diabos eu to pensando nele toda hora? Chegamos na escola e entramos em nossa sala.

Assim que acabaram todos os tempos nos duas caminhamos para a minha casa e miku não parava de falar do trailer de um jogo que estava louca pra comprar, eu vi esse trailer e também queria muito esse jogo mas minha prioridade agora é outro jogo, estou economizando pra comprar ele por que é caro demais porem vale cada centavo. Assim que chegamos em casa minha mãe estava preparando o jantar, eu tinha mandado mensagem dizendo que a miku ia pra La e como ela sempre dorme na minha casa minha mãe já sabia ate qual eram as comidas favoritas dela.

–mae onde o len esta?

Mãe –ele saiu mais cedo pra andar um pouco pela cidade eu acho, deve ta matando a saudade da cidade.

Começamos a jantar e minha mãe estava comentando que eu ia ter que organizar algumas coisas no meu quarto por que as coisas do len estavam chegando e ele ia dividir o quarto comigo, eu não me importava afinal dividíamos o quarto antes dele ir. Miku já estava contando para minha mãe sobre algumas coisas que viu em uma loja de roupas, elas duas eram parecidas nesse aspecto de vaidade.

Miku –tinha uma camisa que eu fiquei louca para compr...

Miku para de falar quando sentiu alguém abraçar ela pelas costas e levar uma mordida na orelha.

Len –essa orelha tem gosto de morango, será que é a orelha da muku chan?

Muku –len nii san!

Miku se levanta da cadeira se joga encima do len abraçando ele, esses dois se dão muito bem mesmo, len se senta na mesa com a gente quando terminamos de jantar ele Poe uma sacola na mesa e diz:

Len –a nossa mãe disse que a miku vinha dormir aqui hoje então como eu sei que vocês duas vão passar a noite jogando eu fui comprar um presente para as duas.

Len tirou da sacola dois jogos iguais e deu um pra miku e o outro pra mim e nois duas quase não conseguimos conter a felicidade, era o jogo que eu estava juntando dinheiro para comprar star ocean 5 ate a miku estava louca por esse jogo. Subimos os três para o quarto para começar a jogar e len estava rindo da nossa felicidade afinal ele realmente não tinha mudado esse lado ele ainda era um viciado em jogos.

Len –miku voce cresceu muito desde a ultima vez que eu te vi. Em certos lugares cresceu mais do que um certo alguém.

Miku fica corada ao perceber que len estava olhando para os seus seios que eram bem maiores que os meus.

Miku –obri...obrigado onii san.

Eu chuto a perna do len e ele começa a gritar de dor e rir, que reação foi essa que a miku teve ate parece que ela gostou de ser elogiada por ele, algo dentro de mim quer que ele elogie só a mim e preste atenção só em mim. Assim que entramos no nosso quarto começamos a jogar os três como fazíamos antes e pelo visto vamos fazer muito mais daqui pra frente, aquela seria a primeira noite que nos três passaríamos juntos depois de 3 anos, eu estava feliz de ter meu irmão e minha melhor amiga ali comigo, nenhum de nos três fazíamos idéia que futuramente os nossos destinos se entrelaçariam.


Notas Finais


voces nao fazem ideia do quanto eu to louco pra que chegue meu star ocean 5 kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ate a proxima gente aproveitem o capitulo :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...