1. Spirit Fanfics >
  2. Sonhos Possíveis >
  3. Operação cupido Parte 1

História Sonhos Possíveis - Capítulo 131


Escrita por: MayKatchum

Notas do Autor


É isso aí, até que deu certo a mudança de horários. Desculpe gente, na Sexta eu fiquei meio enrolado e não consegui postar, mas agora voltaremos a programação normal com os mesmos horários de antes


Fiquem com a leitura!!

Capítulo 131 - Operação cupido Parte 1



— A-Ei, Dawn!
— O que foi?
— Você.. pode ficar um pouco?
— Claro, por que não?
Então ela voltou caminho e se sentou ao lado dele
— Então.. sobre o que quer conversar?
— A-É-É.. eu.. eu.. queria conversar com você sobre.. os nossos amigos
— O que tem eles?
— Eles estão todos conseguindo.. er.. como eu posso dizer? Seus objetivos
— Seus.. objetivos?
— É.. tipo, o Ash e a May, eles.. sabe
— Não entendi
— Não dá, eu não consigo, alguma coisa me fecha e as palavras não conseguem sair - Pensava o rapaz
— Lucas?
— Ah.. er.. esqueci que você está ocupada, você tem que pegar água, não é?
— Sim, mas não é nenhum compromisso que eu tenha que fazer correndo, se quiser eu posso ficar mais um pouco
— Não precisa! É sério, não quero tomar muito o seu tempo, o-obrigado
Ele foi embora e a menina prosseguiu o seu caminho. A noite caía e Lucas estava escrevendo algo em seu caderno, cheio de rabiscos e a lixeira cheia das tentativas anteriores que ele descartou, os companheiros do mesmo chegaram no quarto e ele se assustou, tentando esconder seu caderno, mas eles já haviam percebido
— Um? O que você tem aí? - Disse Gary
— Nada não!
— Ei, vamos, nos conte, se não é nada, por que está escondendo? - Disse Luke
— É só.. dever de cada
— Se fosse dever de casa, você não esconderia assim da gente - Disse Tyson
O garoto virou o rosto com uma expressão não muito boa, suspirando
— Ei, cara, tá.. tudo bem? - Disse Gary
— É, a gente estava só brincando - Disse Luke
— Não, não tá tudo bem. Eu andei pensando em uma forma de contar, mas não achei nada que pudesse ajudar
— Contar o que? - Disse Tyson
Ele só entregou o caderno e eles deram uma olhada
— "Contando uma história"?
— "Escrevendo uma carta"?
— "Pedindo outra pessoa para contar em meu lugar"?
Eles foram lendo as ideias que Lucas preparava
— Mas o que é isso? - Perguntou Tyson
Ele deitou-se na cama e colocou o seu rosto no travesseiro
— Eu gosto muito da Dawn, mas não sei como contar pra ela, eu pensei em alguns jeitos em que eu não ficasse nervoso, mas não consegui nada consistente
— Você gosta da Dawn?! - Disse Luke, um pouco surpreso
— Puff.. você não sabia? - Disse Gary
— Você já?!
— Mais ou menos, mas poxa, não era tão secreto assim
— Eu tinha as minhas dúvidas - Disse Tyson
— Tá. Já tentou falar pra ela? - Disse Gary
— Já, hoje mais cedo, mas não deu muito certo, fiz papel de bobo
— Então, nós vamos te ajudar. Amanhã é Domingo e temos o dia livre, vamos fazer você contar pra ela
— É, pode contar com a gente - Disse Tyson
— Valeu, galera
No dia seguinte, no Domingo, todos acordaram cedo para dar uma força ao seu amigo
— Tá legal, cara. Não vai ser fácil, a Dawn é uma garota difícil e mulheres gostam de se fazer de difícil, ela não vai aceitar por qualquer coisa - Disse Gary
— Então o que eu tenho que fazer?
— He.. tem que surpreendê-la
— Isso pode ser bom. As meninas ficam sem palavras e a única coisa que vão pensar é em dizer sim - Disse Luke
— Exatamente
— Vamos procurá-la - Disse Tyson
— Como assim?! Agora?! Mas está muito cedo!
— Ai ai, meu amigo, tem muito a que aprender, vamos lá - Disse Gary
Eles saíram do prédio e foram até uma certa parte do campus
— Tá, por que a gente está aqui?
— Por causa daquilo ali - Disse Gary apontando
O garoto olhou e viu Dawn com outras garotas andando tranquilamente
— Tá, qual é o nome do pacto que vocês fizeram? Como sabiam que ela estava aqui?
— Claro que não é isso. As meninas costumam sair para ir à academia todo Domingo neste horário e são liberadas às nove - Disse Luke
— Vamos ficar aqui de tocaia até a Dawn sair e você ir falar com ela - Disse Tyson
— Mas é aí que tá, tentar um simples "falar com ela" não dará certo, eu fico nervoso e não sei o que dizer - Disse Lucas
— É por isso que até às nove iremos prepará-lo - Disse Gary
Lucas passou por um treinamento para conversar bem com a Dawn e as horas passaram voando chegando o momento certo e as meninas sair da academia
— Pronto, ali estar ela - Disse Luke
— Beleza, ela estar ao lado da Leaf e da Shauna, eu vou tirar as duas de perto dela e você entra na cena - Disse Gary
— Tá ok
Gary avançou para conversar com as três
— Olá, meninas. Shauna, o Calem estava te chamando lá no quarto
— Sério? Ele já acordou neste horário?
— Sim, é.. já sim. E Leaf, me acompanharia?
Ela olhou para a garota que fez sinal positivo e os dois se foram deixando Dawn andando o resto do caminho sozinha
— Olha, não é que ele conseguiu mesmo - Disse Luke
— Tá pronto? - Disse Tyson
— Um pouco
— Já é o bastante, agora vai! - Disse o rapaz empurrando o menino
Ele saiu da toca de observação e ficou na frente dela
— Ah, olá, Lucas
— Olá.. Dawn
— Bem.. o que faz aqui?
— Er.. é-é...
Com Gary, a sua namorada percebeu o esquema
— Tá bem, qual é o plano desta vez?
— Plano? Que plano?
— Por que me tirou do lado da Dawn?
— Porque eu queria.. andar um pouco contigo
— Amorzinho, May e Red fizeram a mesma coisa quando você tentava se declarar para mim
— Urr!! Olha, eu tenho um amigo que estar afim da Dawn, que óbvio eu não posso contar quem é, então eu e os meninos estamos ajudando ele
— Entendi. Bem, então boa sorte pra vocês, volte lá para apoiar o seu amigo
Ela lhe deu um beijo na bochecha e foi embora e Gary volta ao local
— Engraçado você dizer isso, o-o que eu estou fazendo aqui?
— É, eu nunca te vi por aqui tão cedo
— Pois é
— Diz: "É você quem me faz acordar assim tão cedo" - Sussurrou Tyson, ali perto, para Lucas escutar
— É-É.. bem.. eu...
— Diz: "Eu queria conversar com você" - Disse Luke da mesma forma
— Eu.. queria conversar com você
Os dois comemoram e a garota respondeu
— Sobre o que?
Ele se desesperou e disse
— Quer saber, você deve estar cansada e tendo coisa para fazer, então.. pode deixar para outra hora
— Tá bem, se estiver tudo bem pra você
— Tá tudo ótimo
— Tá, te vejo depois então
A garota foi embora e os meninos se decepcionaram, foi quando Gary apareceu
— E aí? Como foi?
— Ah.. é melhor a gente tentar outra abordagem - Disse Luke
— Tá, vamos pensar em outra forma - Disse Gary
Um tempo se passou e agora os meninos estavam de olho na Dawn conversando com a Ruby
— Aí, ela tá conversando com a Ruby e ela teve todo aquele lance com o Alain, depois a gente fala com ela
— Calma aí, se a Ruby ir embora, ela fica sozinha de novo, se lembra? - Disse Gary
— Relaxa, ela já está melhor. Agora é a sua chance - Disse Luke
— Sim, mas quem vai tirar a Ruby de lá?
— Luke, vai lá - Disse Gary
— Alright, deixa comigo
Luke foi na frente e conseguiu tirar Ruby de perto da garota de cabelos azuis da mesma que Gary anteriormente, Lucas se aproveitou e tenta falar com ela de novo
— Não esquece do que a gente te falou, somente diz o que nós escrevemos
— Tá bem
Ele chegou perto da garota e ela já ia dizendo
— Olá, Lucas, é bom revê-lo, estamos nos encontrando muito
— É-É.. eu.. tenho que te falar uma coisa!
— Sim, pode falar
— E o que quer falar comigo? - Disse a menina sendo arrastada pelo rapaz
— Ah, eu?
— Sim, ei, o que é aquilo ali? O Lucas está conversando com a Dawn, me tirou de lá, só para ele falar com ela?
— Não é nada, deve ser apenas uma coincidência
— Não, não, você realmente me tirou de lá justamente para ele falar com ela
— Tá, você já sabe. Nossa, como você presta atenção nos detalhes
— Me conte, o que está acontecendo! Se não.. eu volto lá e atrapalho o que vocês estão armando
— Fica frio e fale - Pensava Lucas se preparando
— Estou ouvindo
— Dawn..








Continua...


Notas Finais


Cs são fodas, tamo junto e xau!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...