História Sonic XS - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais, Sonic The Hedgehog
Personagens Amy Rose, Antoine D'Coolette, Bark the Polar Bear, Bean the Dynamite, Big the Cat, Black Doom, Blaze The Cat, Bokkun, Bunnie D'Coolette the Rabbot, Chaos, Charmy Bee, Christopher Thorndyke, Cosmo, Cream the Rabbit, Cubot, Danny, Dr. Finitevus, Dr. Ivo "Eggman" Robotnik, E-123 "Omega", Ella, Emerl, Enerjak, Espio the Chameleon, Fang the Sniper, Frances, Gemerl, Helen, Honey the Cat, Iblis, Jet the Hawk, Johnny, King Arthur (Black Knight), Knuckles the Echidna, Mammoth Mogul, Maria Robotnik, Marine the Raccoon, Mephiles the Dark, Merlina the Wizard, Metal Sonic, Mighty the Armadillo, Miles "Tails" Prower, Mister Tanaka, Nicole the Holo-Lynx, Omochao, Orbot, Personagens Originais, Princess Elise the Third, Professor Charles the Hedgehog, Professor Gerald Robotnik, Ray the Flying Squirrel, Rotor the Walrus, Rouge the Bat, Sally Acorn, Sam Speed, Scourge the Hedgehog, Scourge the Hedgehog, Shadow the Hedgehog, Silver the Hedgehog, Sonic The Hedgehog, Sticks the Badger, Storm the Albatross, Tails Doll, Tikal, T-Pup, Vanilla the Rabbit, Vector the Crocodile, Walter Naugus, Wave the Swallow, Zonic
Visualizações 6
Palavras 2.419
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - A verdade cruel.....


Fanfic / Fanfiction Sonic XS - Capítulo 5 - A verdade cruel.....

...A noite...

Todos já teriam ido para suas casa, eu teria botado um pijama que a Amy havia me dado e no momento eu estaria tomando um chá feito pela Amy enquanto ela checava a traseira do anel do meu pescoço

Amy-parece que o efeito do nitrogênio perdeu o efeito--diz arrumando meu cabelo que ela teria tirado da frente da argola

-Entendo--digo tomando o chá de camomila dela para me acalmar

Ela se senta na minha frente e eu solto suspiro enquanto boto a xícara em cima de um porta copo na mesa

-tá tudo indo tão rápido....--digo jogando a cabeça pra trás--*eu sinto que algo está errando....assim como se algo estivesse faltando...*

Amy-hm? quer desabafar? eu sou uma ótima ouvinte!--diz sorrindo animada

Eu sentia um peso no meu peito....se eu não falasse eu ia enloquecer

-.....sim....mas preciso de um favor......

Amy-Claro claro, qualquer coisa!--diz animada porém meio curiosa

Eu olhei pra ela e digo

-Oque eu falar aqui não pode sair daqui.....ok?--digo meio séria

Ela parecia meio hesitante em responder, mas ela afirma com a cabeça

...

Eu contei tudo pra ela...

Sobre meu mundo...

Minha tia...

Sobre mim...

Ela tava meio surpresa mas ela entendeu minha situação

No final tudo ficou bem...ela jurou manter segredo até que eu decidisse falar com os outros

...

...No dia seguinte...

Eu e os outros estaríamos enfrente a uma caverna estranha

Todos menos Sticks-....

Sticks- que foi pessoal?--pergunta confusa com as mãos na cintura

Tails- Sticks, certeza que é aqui onde você viu os mesmos símbolos?---diz olhando envolta---eu não estou vendo nada parecido

Sticks-Sim! olha!

Ela segurou umas vinhas perto da entrada e puxou dando para ver os mesmos símbolos gravados nas pedras no topo da caverna

Sonic- eu estou começando a estranhar bastante isso tudo que está acontecendo--diz batendo o pé no chão e cruzando os braços

Eu respiro fundo criando 

-mesmo assim, temos que entrar

Olho pra eles e eles afirmaram confiantes com a cabeça

-certo.....vamos lá--digo olhando pra frente 

Eu saiu andando na frente enquanto os outros vinham atrás e assim que piso dentro da caverna ouço algo bater forte bater atrás de mim e na mesma hora tudo escurecer

-que?--solto confusa

Viro pra trás assustada vendo uma porta fechada e começo a socar ela desesperada

-Ei! ei!--berro cada vez mais alto tentando chamar alguém--pessoal?!

Eu não ouvia nem via nada ou ouvia nada, ela era feita de um gelo era muito grosso. Eu me afastei um pouco da porta e rolei rápido até a porta (pra quem não sabe é igual aquele golpe do sonic) eu tentei quebrar a porta com isso, mas acabei apenas dando uma cabeçada na porta

-ah...

Eu caiu no chão botando a mão na cabeça

-AAAI!!!--reclamo da dor bastante alto

...10 minutos de dor depois...

Eu já estaria recomposta com minha testa doendo, com certeza ia ter um belo galo amanhã e provavelmente teria que cuidar depois, eu olharia envolta vendo o escuro

-Tá tudo muito escuro.....--digo forçando a vista pra tentar ver algo

Eu ficaria de joelhos no chão tentando achar algo que ajudasse e acho um graveto

-achei!--digo meio animada

Eu pego algumas pedras que eu acharia no chão e começo a bater uma contra outra até sair faísca e acender uma chaminha

-isso!--digo animada

Eu juntei minhas mãos protegendo a chaminha para que não apagasse fazendo ela ficar de tamanho razoável, eu me levantei do chão e aponto a minha tocha envolta dando pra iluminar o local mas não dando para ver lá muita coisa, mas pelo menos teria uma luz para me guiar

-*deve ter outra saída em algum lugar...*--penso iluminando os cantos da caverna

Eu evitava ir mais pro fundo na caverna para não me perder, eu via símbolos estranhos embaixo do musgo da caverna, mas não entendia nada e eles eram diferentes dos meus

## FLASHBACK ON ##

Antes de ir embora eu fiquei mais um pouco na oficina do tails, eu via ele desenhando em um papel, então me aproximo e pergunto

-Hey tails!

Tails-Oi?--diz me olhando

-Oque tá desenhando?--pergunto curiosa

Tails-Ah tava vendo os símbolos na sua argola pra ver se eu acho alguma conexão--diz voltando a rabiscar na folha 

Eu curiosa olho vendo os desenhos, um cristal pequeno, espécie de diamante, um monte de círculos bagunçados e espinhos. Eu estranhei bastante pois eles não me seriam estranhos

## FLASHBACK OFF ##

 Eu parei enfrente a ida ao fundo da caverna, eu estaria hesitante nisso, mas respirei fundo me enchendo com coragem

-ok....vamos lá...

Eu começo a andar, me afundando cada vez mais dentro da caverna e parecia ficar cada vez mais frio a cada passo que eu dava pra dentro da caverna, eu podia chegar a ver minha respiração.....mas meu corpo não reagia a aquele frio de inverno

Eu continuei andando até que um forte vendo me pega desprevinida, eu cubro meu rosto com o braço e vejo a tocha ser rapidamente apagada voltando a escuridão e aos poucos o vento para

-ai não! Droga!

Eu não tinha outa opção a não ser seguir reto ao caminho que estava indo...

-*ótimo...sem luz e sem direção....que azar tremendo que eu tenho....*

Eu daria mas um passo porém escorregaria numa espécie de ladeira

-eh?--solto confusa-- AAAAAAAH!!--grito ao começar a escorregar rápido

Eu estaria escorregando numa especie de tobogã que não parecia acabar, já eu não parava de gritar

-AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!!!!!!!!!!! SOCORRO MEU DEUS!!!!

Eu vejo a luz no fiz do túnel do tobogã, me fazendo parar de gritar e me deixar com um fio de esperança

-Isso!--solto animada por sair daquele lugar

Porém quando eu entro na luz eu vejo uma altura absurda!

-Ai! droga!!!---digo alto ao ver a altura

Eu cairia daquela altura absurda porém não me machucaria pois cairia na água, a água era mais gelada que o frio parecia que congelaria até os ossos, Eu nadaria rápido até a superfície respirando bem fundo e iria pra terra firme

-"respirando fundo" *meu deus que frio!*

Eu me sentaria no chão me abraçando tremendo um pouco e olharia pra frente. Teria uma estrutura de pedra enorme parecendo mesmo como um templo, ele estaria coberto de gelo e cairia água do teto da enorme caverna

-Uma estrutura inteira embaixo da ilha.......como ninguém nunca achou isso???--digo confusa

O lugar haveria sua luz natural vindo da água, eu olhei pra água e haveria ruínas aquáticas no fundo assim como vários peixes e algas 

-esse lugar deve tá aqui a séculos....

Havia buracos no teto fazendo cair água como uma cachoeira

-*essa água deve vir do oceano envolta da ilha*

Eu começaria a andar pra dentro do templo porém ouviria algo rachar embaixo de mim

-hm?

Eu olho pra baixo e vejo que a ponte que estaria seria tão velha que estaria desmoronando

-vixi........

Eu vejo a ponte desmoronando perto de mim

-Hora de correr!!!

Eu saiu correndo com minha velocidade, as vezes sentia quase pisar em falso sentindo que cairia na água, porém finalmente chego até a entrada do templo vendo a ponte desmoronar por completo e me toquei de algo....

-........to ilhada nesse templo.....droga.......

Solto um longo suspiro e me vendo sem escolha decido entrar no templo, havia milhares de entradas, escadas e estatuas de gelo de diferentes de outros ouriços vestidos com roupas antigas e estranhas 

-isso é estranho....

Eu andaria mais um pouco pra ir em outro lugar, mas vejo meu fragmento brilhar de um jeito fraco

-hm? oque? *sinto que....tem algo por aqui*--penso segurando meu fragmento

...

Eu usei minha velocidade pra procurar por cada canto do templo, porém....esse lugar parecia um labirinto!!!!!

Esse lugar tem escadas que levam pra lugar nenhum, entradas que levam pro lado de fora do templo me fazendo várias vezes cair ou não cair na água e buracos que faziam eu quase cair!

 Mas eu continuei ver onde meu fragmento brilhava mais e no final só sobrou um lugar...

...

Eu estaria em pé me abraçando de frio...afinal eu caí na água 5 vezes!!!

-por que sempre tem que haver porões em templos?--penso levemente irritada

Eu começo a descer a escada devagar com medo de ter alguma armadilha...mas não tinha nada no final da escada apenas uma porta com um desenho de um diamante ou joia na frente

-ok...não adiantou muito descer essa escada--digo fazendo bico decepcionada

Eu ia me virar pra ir embora e procurar outra saída pra mim, mas vejo a porta se abrir de forma pesada

-...--fico quieta entrando---isso foi realmente estranho...

Olho envolta e era um corredor e no final havia uma estatua de gelo uma ouriço que usava uma roupa parecendo uma deusa ou coisa do tipo porém estava meio rasgada, tinha vários arranhões nos brações que um deles estaria com faixas, e poucos arranhões nos rostos, eu me aproximei e vi que em suas mãos ela segurava uma esmeralda quebrada que faltava vários fragmentos e ela estaria coberta de gelo raso

-Oque é isso?--Digo confusa

Eu me aproximo  mais da estátua e eu podia ver que ela teria chorado pelas lágrimas de gelo

-que faria uma escultura tão linda dessas chorando?--digo botando a mão no seu rosto

Ela teria uma expressão triste porém com um leve sorriso. Eu me aproximaria mais porém me afasto ao ver a esmeralda brilhar em colorido fazendo o gelo ao seu redor derreter me assustando um pouco, logo vejo uma das três cascatas de gelo que havia na sala, uma que brilhava ficava entre  duas das pilastras que ficava no canto direito, eu me aproximo hesitante dela e olho pra cascata vendo uma imagem se forma na mesma

-...!!

Era uma espécie de foto, era uma família, dois ouriços adultos e uma criança, uma ouriço branca azulada de olhos amarelos e uma ouriço marrom de olhos azuis, e uma criança...parecida comigo nessa forma de agora...........

-Q-que?--digo confusa--oque é isso?--pergunto confusa

Eu toco na cascata e me sinto meio triste, eu vejo outra cascata brilhar do outro lado da sala e vou até ela rápido, eu vi que era como um vídeo 

...

??? 1-Oi filha---dizia a ouriço adulta

??? 2-Oi mãe!--dizia a criancinha alegre--Cadê o papai?

??? 1- papai...ele...foi visitar a família!--dizia sorrindo leve---mas mudando de assunto, oque está fazendo minha pequena?--dizia em um tom gentil a voz familiar

??? 2-Eu to aprendendo a usar gelo!--dizia criando pequenos flocos de neve

??? 1-Sério? "ri" sabe....

Ela se senta do lado da criança e diz

??? 1-um dia você vai assumir meu lugar...como guardiã da oitava esmeralda, ai você vai ser capaz de fazer coisas incríveis...--diz abraçando a criança

Criança-sério?!--diz surpresa

Mulher-Bem, pelo menos é oque falaram pra mim, você chegou quando eu tinha 21, nós assumimos a esmeralda quando fazer 25 anos, eu farei daqui a 5 dias e juro....que vou te fazer a criança mais feliz do mundo!--diz sorrindo

A criança sorriu com suas bochechas vermelhinhas e disse

Criança-mas mãe! eu já sou feliz!--diz sorrindo

...

A imagem parou e a cascata atrás da escultura brilhou, eu subo a pequena escadaria e vou até ela rápido, logo também seria um outro vídeo. Era a mesma ouriço porém ela estava com uma face triste e leves arranhões no rosto, ela parecia fraca e como o braço enfaixado

...

??? 1- se você chegou aqui...minha filhinha...hah....desculpa...eu esqueci...por minha culpa....você não deve se lembrar de mim....--diz botando a mão no peito---então...vou me apresentar, eu sou Icely Mayrini, sua mãe....e---

Ela é interrompida ao templo tremer e cair um pouco aos pedaços

Icely-e não tenho muito tempo...logo a tempestade e o vórtex vai avançar mais, a tempestade vai destruir tudo e o vórtex vai sugar tudo...

...

-*tempestade...vórtex?*---penso confusa

Sinto minha cabeça latejar um pouco fazendo eu botar a mão nela mas continuo vendo a gravação com a mão na mesma

...

Icely- Eles mentiram para nós...não nascemos para usar a oitava esmeralda para tornar o mundo um lugar melhor--diz fechando o punho com raiva--...nascemos para nos sacrificar para que outros possam usa-la!--diz olhando pra frente com raiva

...

Eu me assusto com isso

-Q-que?--solto confusa dando passos pra trás

...

Icely- Seu pai...Luan, foi uma vítima da ganância do povo do templo do gelo subterrâneo, eles forçaram ele tentar controlar o poder da esmeralda do caos...ele foi ameaçado...ameaçaram nos machucar...machucar você...

Ela fecharia os olhos triste

Icely-no final........ele.....ele....

Ela pararia  de falar ao começar a chorar, ela botaria a mão na boca soluçando enquanto chorava

...

-*ele....morreu...*--penso triste com um enorme aperto no peito

...

Ela tiraria a mão da boca enxugando as lágrimas e diria

Icely-Ele foi totalmente neutralizado pela esmeralda....não sobrou nada...nada...

Ela olharia pra frente (em minha direção) ainda com lágrimas nos olhos

Icely- A oitava esmeralda do caos, ela é muito forte pode fazer coisas incríveis...porém é muito perigosa, ela contém um poder monstruoso dentro dela...ela tem o poder de separar continentes inteiros até dividi-los...ou até mesmo evapora-los...se a esmeralda quando completasse ela...e quebrar novamente....sinto que não sobrará nada do que sobrou....a tempestade e o vórtex vai tentar destruir tudo que estive na sua frente e nós...guardiãs o único jeito de impedir é...nos sacrifircarmos por isso...o problema é que...não sei oque pode acontecer com você...ou oque você vai fazer...

Ela estaria começando a chorar novamente

Icely-Luni.....

...

Me assusto ao ouvir meu nome ser citado por ela

...

Icely-Eu usarei meu poder para conter a tempestade e transformar todos desse templo em gelo puro para que eles não tentem usar mais ninguém....infelizmente eu também me transformarei em gelo para parar a tempestade...

...

Eu boto a mão na boca tentando não chorar

-N-não..........

...

Ela sorriria chorando e diria

Icely-Luni....minha filha...meu pequeno floco de neve....

Ela tentaria enxugar as lágrimas sem sucesso e diria

Icely-Desculpe por eu apagar sua memória...eu não queria que você sofresse com tudo que aconteceu aqui...e desculpe te deixar sozinha...no mundo de seu pai....mas sua tia cuidará bem de você....melhor que eu cuidaria...uma hora...você vai recuperar suas memórias... então eu peço...

Ela abaixa a cabeça e em suas mãos esmeralda que estaria faltando pedaços...

Icely-Me perdoe.........

...

A imagem pararia indicando que acabaria......

Eu estaria chorando ao ver aquilo, eu fico de joelho e me abraçaria começando a berrar e a chorar........pela primeira vez na vida.........eu senti meu coração doer....

Continua.........



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...