História Sons of Chaos - Capítulo 38


Escrita por:

Postado
Categorias Bruno Mars
Personagens Bruno Mars, Dwayne Dugger, Eric Hernandez, Jamareo Artis, James King, John Fossit, Kameron Whalum, Personagens Originais, Philip Lawrence, Phredley Brown
Visualizações 23
Palavras 895
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 38 - Focus


Fanfic / Fanfiction Sons of Chaos - Capítulo 38 - Focus


   Sara pediu para que Bruno não contasse a ninguém que eles teriam um filho, sim um filho, pois desde que desconfiou da gravidez ela sabia que seria um menino mas não fazia ideia de qual seria o nome, com certeza Bruno iria querer homenagear seu outro ídolo, já tinha feito isto com Michael. Mesmo sabendo da gestação, Tiara ficou quieta e respeitou os pais. Ela deduziu que eles não contariam nada justamente por ver o sorriso estampado na cara deles e ninguém estava comentando a notícia do ano. 
   Aqueles dias tinham sido bem pesados, todos estavam cansados, esgotados psicologicamente, mas a turnê teria que voltar. A imprensa estava louca com o “sumiço” de Bruno Mars, alguns chegaram até a falar que ele estava doente e se tratando no Havaí. Felizmente ninguém soube o que houve, porém ele estava disposto a encontrar aquele maldito e mata-lo com as próprias mãos.
   Algumas coisas não estavam esclarecidas, Bruno sabia que tinha que contar para Phil que a morte de Urbana era culpa dele e Sara se sentia reprimida por não ter contado a Bruno sobre o estupro de Tiara e sobre as cartas de Dona Bernie. As cartas teriam que ser colocadas na mesa antes de qualquer outro passo. Ela levaria meses para conseguir ler todas, necessariamente 9 .
   A família pirou quando decidiram contar, Sara sempre ligeira, esperou um momento totalmente oportuno. Eric estava brigando muito com a esposa e isto estava afetando até a banda. Todos se reuniram para uma “intervenção” e os irmão acabaram literalmente saindo na porrada. Bruno ficou com a boca machucada e Eric com um corte na testa, devido ao anel no mindinho de Bruno que o acertou em cheio. Quando a pancadaria rolou quase todos tinham ido embora, restando somente Eric, Bruno, Sara e Tiara é claro.
   - Vocês tem que se acalmar porra, vocês são irmãos...
   - Cala a boca Tiara!
   - Cala a boca você Eric!
   Num momento único, Tiara começou a chorar na frente deles fazendo Sara atravessar a sala e ir abraça-la. Aquela cena deixou os meninos confusos.
   - O que está acontecendo contigo Tiara?
   - Peter...eu estou assim por que preciso contar uma coisa para você...para você e o Eric.
   Agora foi a vez de o irmão mais velho se preocupar e ir de encontra a ela. Quando as mãos dele tocaram o braço dela, o chorou se intensificou e ela se jogou nos braços dele, deixando Sara ao lado se emocionando muito.
   O papo foi intenso, Tiara acabou desabafando e contando o que houve com ela há muitos meses atrás, mas ela conseguiu o que queria ao pensar em contar aquilo. A fúria dos dois irmãos foi tão intensa e tão parecida que acabou fazendo os dois se encararem.
   - Não podemos deixar isso barato Peter! Ninguém machuca a nossa família meu!
   - Não vamos meu irmão, não vamos.
   O abraço surgiu naturalmente deixando Sara mais emocionada e Tiara satisfeita. Doeu muito relembrar tudo aquilo mas foi preciso e graças a aquela merda toda a união estava de volta.
   - Façam um favor para mim? Foquem na banda, na turnê e em suas mulheres. Eric, nunca mais rele a mão em sua esposa e Peter, tente estar presente nesta gestação.
   Eles até relutaram em deixar aquilo passar, mas depois de mais conversa acabaram aceitando o que Tiara pediu, afinal foi ela que sofreu, então era ela que decidia.
   Quanto as cartas, é muito difícil definir o que Sara sentiu ao ler elas durante toda a gravidez. Bruno estava na estrada e ela não conseguia sair de casa sem que um paparazzi filha da puta estivesse de tocaia para tirar fotos de sua barriga e do pequeno Michael, então ler imaginado a voz de sua sogra a deixava mais calma. O conteúdo delas não passava de recordações de Bernie sobre o casamento com Pete e todas as vezes que foi traída, aquilo tudo era um desabafo de uma mulher sofrida, mas que escolheu manter a família unida e acabou guardando tudo para si. Mas havia um fato que Sara ao ler, sentiu seu coração apertar tanto que a fez pensar que teria um infarto. Em uma das últimas cartas, Bernie contava sobre um caso que teve um pouco antes de se separar definitivamente do pai de Peter e nesta, ela contava que Tiara não era filha de seu esposo e isto se fosse conhecimento de todos na época, só traria mais dor e sofrimento. Estas cartas passaram mais de um ano e meio na bolsa de Sara, até que um dia elas foram descobertas.
    Mas antes de qualquer coisa, vamos a parte boa. Stevie Gene Teller Hernandez nasceu no dia 12 de setembro, com exato 3 kg e 53 cm, carequinha e com covinhas lindas igual a Michael quando nasceu. Assim que ele foi para o quarto todos tiveram uma surpresa. Seus olhos eram grande e verdes e Sara ficou deslumbrada quando viu.
    - Pena seu papa não estar aqui para ver isso amor.
   Bruno estava na estrada e quando soube que Steve nasceu fez questão de anunciar num show que fez em Portugal naquela noite.
   - Hoje é um dia muito especial! A mulher da minha vida deu a luz esta tarde a um menino lindo!
   - Uma salva de palmas para Stevie, Hoolingans! Phil berrou no microfone fazendo o estádio todo gritar em comemoração.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...