1. Spirit Fanfics >
  2. Sonserinos de Coração >
  3. A briga

História Sonserinos de Coração - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Olá Bruxinhos, como vocês estão?? Eu espero que bem, não eaqueça de sempre lavar a mão e ficar o máximo possível em casa, não conheço vocês mais me importo com a segurança e o bem estar de todos, mais um capítulo fresquinho❤❤❤❤ Meus bbs eu queria falar com vocês algo importante, essa fic e minha primeira e eu tô muito feliz por todas as favoritações, comentários e tudo mais. Só que ela não tá indo pelo caminho que eu queria pra mim ela tá muito confusa e eu não tô feliz com ela, não fiquem tristes eu não vou apagar mais sim dar um tempo até ver o que eu vou fazer, quando eu criei ela eu fiz por diversão e não sabia no que poderia dar mais agora eu quero terminar ela de uma maniera legal. Eu prometo que quando der eu volto com ela, mas eu vou criar outra tbm de Harry Potter só que mais elaborada e com uma história legal, espero que vocêse entendam, Até a próxima meu bruxinhos❤😭❤❤❤❤❤

LUMOS!!!

Capítulo 19 - A briga


LEIAM AS NOTAS INICIAS, LEIAM AS NOTAS INICIAS                    


Pov. Mel

Depois de falar com o Gael e fui estudar com os meninos, eles são muito divertido eu entendi pelo menos o básico e acho que consigo um nota boa nessa matéria. 

Os meninos foram embora e eu subi, tinha que conversa com o Draco a cena dele lá baixo foi muito infantil. Hermione pediu pra eu ir com calma ele tava muito nervoso. Bati na porta e entrei ele estava sentado na cama com as mão na cabeça.

- Maninho podemos conversa? 

- Claro. Vamos começar pelo fato de você ter perdoado o cara que abusou de você, e chegar com ele aqui no nosso Salão Comunal como se nada tivesse acontecido. - Ele cuspia as palavras, eu sabia que ele ia ficar chateado mais não pensei que era pra tanto.

- Draco eu sei que devia ter falado com você antes, mas foi muito aleatório e eu sinto que ele esta arrependido do que fez. E pensei que já era hora de eaqueçer de vez toda essa história, nunca pensei que você fosse ficar tão chateado. - Eu disse olhando nos olhos dele.

- Eu não tô chateado Malenie, eu tô com raiva. - Eu nunca vi ele desse jeito, estava estampado na cara dele o ódio. - Raiva por você ter perdoado o cara que te machucou, raiva por você não ter me contado primeiro e aparecer com ele no Salão como se nada tivesse acontecido.

- Maninho eu não sabia que iria esbarrar com ele, e iríamos acabar conversando. Eu tô disposta a dar essa chance, e queria que meu irmão ficasse faliz por eu ter superado meu trauma. - Eu estava quase chorando, nessa hora ele veio mim e segurou meus dois braços não com muita força mais o suficiente pra machucar.

- Eu. Não. Quero. Dar. Uma. Chance. Pro. Cabeça. De. Cenoura. - Ele disse com o mesmo olhar do Ítalo quando me batia, nessa hora eu dei um empurrão nele e olhei pro meus braços eles estavam com as marcas da mão de Draco.

- Mel me desculpa, eu não queria te machucar. - Ele tentava chegar perto de mim mais eu andava pra trás minha cabeça rodava e lembrava de todas as agressões, xingamentos e ofensas que o Ítalo fazia contra mim. 

- NÃO CHEGA PERTO DE MIM, VOCÊ TINHA PROMETIDO QUE SERIA DIFERENTE E QUE NUNCA ME MCHUCARIA. VOCÊ QUEBROU ESSA PROMESSA SEU MENTIROSO. -Eu chorava muito, Draco tentava se aproximar mais eu o empurrava com toda à força que tinha. Eu preciso sair desse quarto, respirar ar puro e colocar mimha cabeça no lugar.

Eu sai correndo com meu irmão vindo atrás de mim me chamando mais eu não tava ouvindo, chegando na salão o pessoal veio até mim me cercando.

- Mel o que aconteceu? - Gina perguntou me  pelos ombros.

- Malfoy o que você fez com ela? - Theo perguntou  Draco.

- Eu não queria foi involuntário , não era pra te machucar pirralha me perdoa. - Draco disse tentado chegar perto de mim mais sendo impedido pelos meninos. - Vocês vão me proibir de chegar perto da MINHA irmã? 

- Enquanto você não se acalmar sim. - Blás disse.

- Cara vamos deixar elas sozinhas. - Harry disse puxando Draco pro quarto. 

Só uma pessoa consegui me ajudar nessas horas eu precisava urgentemente falar com Luna, ela é minha irmã de coração e me entende como ninguém.

- Eu preciso da Luna. - Eu disse com um único fio de voz que me restava. 

Pov. Theo

Eu tô com muita raiva do Draco nesse momento, todos sabiamos o que ela tinha passado na casa antiga. Ele não tinha o direito de fazer aquilo mesmo que estivesse com raiva, machucar até sem querer não resolveria nada. Ele estava eaplicando tudo pra gente e quando disse que tinha a machucado eu agarrei o colarinho da camisa dele e levamtei ele um 10 centímetros do chão.

- Theo coloca ele no chão. - Blás pedia, mais não escutava tudo que eu ouvia era que ele tinha machucado minha irmãzinha do coração.

- Você machucou ela, você não devia ter feito aquilo Malfoy. - Eu disse entre dentes

- Eu sei a merda que eu fiz Nott agora me coloque no chão. - Ele disse. Eu não iria colocá-lo no chão.

- Theodoro Nott, coloque o meu namorado no chão agora mesmo. - Eu eacutei a voz da Herm's, eu soltei ele mas a pedido dela.

- Cadê a Mel? - Eu perguntei preocupado.

- Foi procurar a Luna com a Pan. E a Gina foi pro quarto se fosse você iria atrás dela. E vocês dois poderiam me dar licença pra falar com o Draco. - Todos a obedeceram eu sabia que minha ruivinha tinha ficado abalada, ela paga de durona mais é muito sensível.

Pov. Hermione

Os meninos saíram, Draco eatava sentedo na cama eu fui até ele e me sentei do seu lado.

- Draco porque você fez aquilo? - Eu perguntei calma não iria adiantar nada gritar com ele, só acabaria em briga.

- Eu estava com ódio ela perdou o cara que abuso dela e veio com ele no nosso Salão Comunal com se fosse normal, sabe que as vezes eu fasso coisas sem pensar mais não foi porquê eu quiz. Eu nunca machucaria ela por querer, eu só não pensei quando eu vi ela já estava me empurrando e com as marcas das minha mãos no braço, quando eu vi e me desesperei tentei chegar perto mais ela chorava, gritava e me empurava pra ficar longe. - Ele já estava chorando nessas horas.

- Amor você precisa ae controlar com esses acesos de raiva, imagina se ao invés da Mel fosse eu. Você gostaria de me machucar? 

- Claro que não, eu nunca me perdoaria como também não me perdo pela Mel. - Ele disse olhando pro chão.

- Então, a com tudo isso a Mel lembro de tudo que aconteceu com ela e o meio irmão. Isso mecheu com ela, da um tempo não fica muito emcima deixa ela quieta na dela. Quando ela quiser convesar ela vai te procurar, amor o que você fez foi muito errado, eu não tô com raiva nem nada só surpresa pelo o que houve. - Eu disse, não vou ficar do lado dele, a Mel merece o melhor e o Draco errou muito feio. 

- Eu sei vou dar um tempo pra ela, não vou insistir prometo quando ela quiser eu vou estar aqui pra ela. Mas agora eu posso ter minha namorada só pra mim? - Eu não tô com raiva do Draco estou chateada pela atitude, mas fazia um dias que não ficávamos sozinhos e eu tava com saudade.

- Ok eu te dou um pouco se atenção seu carente. - Eu disse rindo, ele me puxou pro seu colo eu me sentei de frente pra ele ficamos nos olhando por uns 10 segundos, ele colocou uma das mãos na minha cintura e outra na minha nuca me puxando pro beijo, eu amava as sensações que Draco me dava. Eu coloquei minha mão no seu cabelo e dei puxões de leves, ele foi decendo beijos até meu pescoço eu acabei deixando eacapar um gemido baixo que o inventivou a continuar, eu sabia que ele ia me deixar um chupão mas não me importava era bom ter ele tão perto,  com todas essas emoções acabei dando uma rebolada em seu colo.

- Dray... - Eu disse em um sussuro

- Oi amor, eu sei o que você vai falar desculpa não quero te apressar a nada. Quando você tiver pronta, eu vou fazer com que seja a melhor noite da sua vida. - Ele disse olhando nos meus olhos, sabia que era uma promessa. 

- Nas férias falamos disso, eu não quero perder minha virgindade na escola. Tudo bem por você? - Eu sabia que ele já tinha transado com metade das goratas dessa ecola, eu só não queria me sentir mais uma.

- É claro minha princesa, eu te amo. - Eu amava quando ele dizia isso era como musica para os meus ouvidos.

- Eu também te amo meu príncipe. - Eu disse e o beijei, depois disso fomos jantar todos estavamos conversando até a Mel entrar no Salão olhamos pra ela e ela só deu um aceno e foi se sentar com o namorado eles ainda não tinha conversado sobre o que aconteceu pelo o que eu conheço do Gael quando ele descobri, o Draco teria que lidar com aa crises dele e do Theo. 


Notas Finais


Adeus meus bruxinhos espero voltar em breve, a próxima fic eu posso criar lá pro meio da semana. Bjs😭😭❤❤❤❤❤❤

NOX!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...