História Sorria amor, você está com o Jimin - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Comedia, Imagine Jimin, Jimin, Kpop, Romance
Visualizações 59
Palavras 738
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


안녕하세요
Mais um capítulo com muitoo carinhoooo!

5/16

Capítulo 5 - Brasil


Fanfic / Fanfiction Sorria amor, você está com o Jimin - Capítulo 5 - Brasil

Cá estava eu dentro do avião vendo a cidade de Seul (Coréia) ficando pequena, pois cada vez mais o avião ganhava uma altura maior. Foi uma boa viagem, eu amei esse país.

Senti uma porção de lágrimas se formando nos meus olhos, não acredito que já acabou.

Me lembrava de tudo do que aconteceu, comprei muita coisa, meu hotel foi pago pela BigHit pois acharam que eu roubei a carteira do Jimin e jantei com o próprio Park e comemos comida brasileira. 

Peguei meu celular e abri a galeria vendo várias fotos de tantos lugares da Coréia, parei em uma que estava o Jimin, Taehyung e Jungkook, meu pai, tinha até esquecido que tinha foto com eles, de tanta coisa na cabeça. Foi muito bom.

Abri meu Twitter e vi que havia uma selfie com os k-idol's já estava com mais de vinte mil curtidas e dez mil compartilhamento, UOU e vários comentários dizendo que eu era muito sortuda, eu tinha só mil seguidores e agora estou com mais de oito mil seguidores. Que bom.

[...]

Foram cerca de dezessete horas de avião para chegar aqui no México, porque esse vôo que estava, não era vôo direto, precisava pegar outro vôo que sai daqui alguns minutos para o Brasil.

Estava um pouco esquisito, tinha muitos jovens que me olhava com um olhar que não sei identificar, deve ser porque sou brasileira, mas eu não me lembro desse olhares quando fui para Coréia.

Enquanto estava sentada esperando meu vôo, uma criança veio até a mim e me cutucou.

- Oi? – Questionei confusa em português a criança.

Será que ela se perdeu dos pais?

- Êtes-vous la petite amie de Jimin? (Você é a namorada de Jimin?) – Disse  a menina.

Jimin??

Oxente. Que língua é essa que a doida tá falando. Não entendi basicamente nada.

Continuei a encarar a criança que aparentemente parecia ter uns oito anos e estava banguela. Mas a mesma parecia querer uma resposta.

- Ah.. yes – Sorri falso sem saber o que responder, pois não entendia a língua da pequena.

- Jimin est à moi. Je vais te finir (Jimin é meu vou acabar com você) – Disse a menina sorrindo estranho.

Parecia que ela falava francês. Eu não entendia um “a" da boca dela.

- Fille que fais-tu? allons! ( Filha o que você está fazendo? vamos logo!) – Chegou uma mulher que parecia a mãe da criança.

Logo a criança foi embora com cara feia pra mim e eu acenei confusa.

Oxe. Oxe. O que ela falou? Nunca saberei.

Não demorou muito para entrar no avião de novo para ir ao destino do Brasil, antes mandei uma mensagem pra minha irmã, avisando que daqui a quatro horas estaria desembarcando no Brasil e era para ela me buscar.

[...]

Meu celular acabou descarregando e o carregador portátil também. O avião já tinha chegando no Brasil e eu caminhava levando minha mala em busca da minha irmã.

Mas fiquei surpresa com muitos olhares em cima de mim e sussurros, parecia que as pessoas estavam falando de mim. Que loucura, desdo México esses olhares. Será que aconteceu alguma tragédia?

Observei de longe minha irmã, balançando o braço, assim achei ela e caminhei mais rápido até a mesma, o nome dela era Malu, Malu de maluca.

Fui abraça-la, mas ganhei um tapa no braço.

- AIII – Falei alto massageando o local da tapa – Endoidou de vez?

- Por que a ridícula não me explica isso? – Perguntou ela.

- Explicar o que horas? – Questionei confusa – Você não viu a sua irmã a uma semana e vem falar e fazer coisas sem sentido – Resmunguei.

Malu pegou o celular, digitou algo e virou a tela pra mim ver.

Havia uma machete “Jimin está tendo um caso com uma Brasileira” em baixo tinha uma foto do Jimin e eu no restaurante que o mesmo me levou.

- Mas que porra é isso? – Perguntei.

- Eu que digo, s/n. Que porra é essa e porque não me falou? – Disse ela cruzando os braços. – Você foi para Coreia e pegou o Jimin do BTS? – Falou Malu super alto. É maluca mesma.

Arregalei os olhos. O que aconteceu? Olhei em volta a maioria das pessoas estavam paradas a me olhar incrédulas.

- Ãn? – Murmurei desordenada.

- Vamos pra casa peste – Disse ela segurando minha mala e eu, a mesma saiu me arrastando. – Preciso saber de tudo.

Alguém me explica o que tá acontecendo? Porque eu buguei.


Notas Finais


Gostaram?
Então o que será da s/n? Kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...