História Sorriso Bonito. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Bromance, Drama, Suícidio, Taekook, Vkook
Visualizações 10
Palavras 446
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ecchi, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


nesse capítulo aqui nem tem o que eu dizer.
aproveitem

boa leitura.

Capítulo 2 - Two.


Nesse mesmo dia, Jungkook acabou encontrando Taehyung sentado na grade de uma ponte, com os pés balançando no ar juntamente com os fios castanhos de seus cabelos, o rosto não demonstrava sentimento algum, parecia pensar em algo.

Os olhos se encontravam tristes, como sempre, e um filete de lágrima escorreu solitariamente enquanto ele abaixava a cabeça, deixando os fios de cor caramelizada esconder o rosto deprimido.

Ao ver a cena, Jungkook se encontrou congelado, não sabia como reagir e sua mente parecia não entender o que estava prestes a acontecer. Suas pernas pareciam ter sido criadas unicamente para correr até o menino sentado, e fora exatamente isso que fizera.

Segurou Taehyung pelo braço.

Hey, hyung! o que estava fazendo ai hein?” Perguntou num tom curioso, assim como uma criança faria, não queria acreditar que seu amigo estivesse prestes a acabar a própria vida.

Assustado, Taehyung passou a mão sobre o rosto, limpando inutilmente suas lágrimas.

E-Eu? Que pergunta, saeng!” Disse, com o tom cheio de incerteza. “Tava’ só observando a paisagem.” Mentiu por fim.

Mas é perigoso, olhe só essas pedras abaixo de você, Tae! se você caísse poderia ser partido ao meio, não faça isso!” Repreendeu.

Era exatamente isso que eu queria, Kookie. Pensou, mas somente ficou em silêncio, já sem estar em cima daquela grade, agora estava sentado encostado nela, na parte segura, ao lado do garoto moreno.

Jungkook...” Chamou após minutos de silêncio, o citado logo o olhou com os olhinhos de jaboticaba que continham, um brilho invejável. “Eu não quero voltar pra casa.”

Fica comigo na minha casa da árvore, hyung” Sugeriu. “Eu gosto quando você fica lá me fazendo companhia.”

Não, saeng, eu não quero voltar nunca mais pra minha casa...” Disse por fim, deixando o silêncio reinar novamente entre os dois.

Eu não sei como te ajudar nisso, hyung.

E uma risada sem humor foi ouvida por Taehyung.

Então... Eu... Vou ir pra casa hoje e vou ver o que eu posso fazer para sair de lá.

“Mas hyung e se ele-” Foi interrompido com uma mão em sua boca.

Se ele o fizer, então eu vou ter merecido. Ninguém apanha sem razão, não é?” Sorriu sugestivo, e seus olhos desmentiram sua auto-confiança, seu olhar exalava o mais puro medo.

Se levantou, e sem deixar que Jungkook falasse qualquer coisa, saiu correndo. Jungkook tentou segurar seu pulso para impedi-lo, mas falhou.

HYUNG!” Jeon gritara, mas não fora ouvido, o outro já se encontrava longe demais.

Apenas desejava que tudo ficasse bem. Por isso sacou seu telefone e digitou para Taehyung uma simples mensagem

Por favor, me encontre nossa cafeteria amanhã.  ✓ {15h00}    

E desligou o ecrã, suspirando pesadamente.


Notas Finais


hmkkkkjj

com amor e dedicação. 𝓓𝓐𝓝.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...